Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Casa de Átrio em NYC - antes e depois

Escrever blog não é moleza, tem dias em que a inspiração não ajuda, não aparece nada de interessante nas pesquisas diárias e é hora de apelar para ...o Google. Coloque Architecture e clique : estou com sorte e eis que surge esse projeto prá lá de bacana no Brooklyn, New York: a Atrium House

Eu adoro essas imagens de antes e depois. Normalmente depois de pronto o projeto a gente se esquece do caminho que seguiu. E esse é justamente o ponto mais interessante dos projetos.  Esse lote, como já tinha uma ocupação integral e não houve ampliação, se beneficiou dos regulamentos de zoneamento de NYC e o arquiteto pode optar por um tipo de projeto bem raro na cidade, uma casa de átrio. 
O prédio oferece a máxima exposição para o espaço exterior e uma sensação de privacidade íntima. O proprietário é um contador de histórias, músico, ator, criativo e artista e a ambientação segue a sua personalidade. O muro de ligação entre os espaços fechados é revestido em tábuas de pinho que foram serrados em vi…

Museu da Água - Espanha

Eu sou fascinada por museus. Eles nos ajudam a entender a arte, o passado, a ciência, aquele algo mais que nos distingue como espécie inteligente. Já escrevi algumas matérias sobre eles. Veja AQUI.


Aqui no RS temos um exemplo de Museu muito interessante e que transformou a vida turística da cidade onde está instalado, é o Museu do Pão em Ilópolis. 


E esse Museu espanhol também me pareceu muito interessante pela proposta e projeto. 







Um museu dedicado à água e sua história é a proposta desse projeto na Espanha. Assim como o Museu do Pão no RS, esse museu espanhol une dois galpões de pedra de um moinho de água, do final do século 19, e uma estrutura de pedra adicionada na década de 1970, quando o complexo foi um matadouro municipal. Nesses três espaços foram projetadas galerias e salas de exibição, e a eles foi adicionado um pavilhão de madeira nova. 


A água liga os vários espaços com três piscinas fina que por sua vez, formam um circuito com um canal de irrigação do Rio Lanjarón.  Custo tota…

A rua mais bonita do mundo

Faz parte da modéstia Porto Alegrense se referir à Rua Gonçalo de Carvalho como a rua mais bonita do mundo, com seu túnel formado por árvores verdes. E eu a vejo da minha janela, como podem ver na foto abaixo. Fica no bairro Independência em Porto Alegre.


Ela foi decretada Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental de Porto Alegre em 2006 e eleita como "uma das cinco melhores ruas para se viver em Porto Alegre, em 2004. Seus moradores lutam para que ela não se descaracterize (vejam AQUI ). 




Porto Alegre é uma cidade com ilhas de verde por alguns lugares e eles são um  verdadeiro tesouro para a cidade e seus habitantes. Andar por uma rua como a Gonçalo de Carvalho é como entrar num oásis de paz e ar mais puro no meio do burburinho da cidade. 





Mobiliário para quem gosta de ler

Essa cadeira no mínimo interessante foi projetada por Fishbol.  Não sei se ela é exatamente confortável, no site diz que pode ser usada com almofadas, mas que chama a atenção, isso chama. Principalmente de quem curte uma bela leitura.




Outro detalhe interessante é essa porta que tirei de um site que não recordo mais onde foi. Fechada ela parece uma simples prateleira de livros. Aberta: Surpresa ! É uma porta que leva a outro ambiente.





Madeira líquida - uma possibilidade de uso ?

Segundo cientistas alemães do Instituto Fraunhofer de Tecnologia Química (TIC), sim. Eles desenvolveram uma substância chamada Arboform que poderia vir a substituir o plástico, com algumas vantagens segundo eles. Entre essas a de ser reciclável. 
Já existem alguns produtos utilizando esse bio-plástico, mas agora os cientistas anunciaram que conseguiram reduzir o nível de substâncias sulfurosas utilizados na sua fabricação. Isso aumenta a sua possível utilização em ambiente doméstico, como podemos ver nos dois exemplos acima, da luminária de LED e da cadeira.
Fontes :
http://www.msnbc.msn.com/id/28283260/ns/technology_and_science-innovation/t/greener-alternative-plastics-liquid-wood/ http://www.dw-world.de/dw/article/0,,3938912,00.html

LOW3 Casa autosuficiente

A casa auto-suficiente LOW3 foi desenvolvido para o Solar Decathlon Europe 2010, Madrid, sendo premiado vencedor na categoria de Design de Arquitetura. 
O próprio nome encerra o conceito dos 3 Low: baixo custo, baixa energia e baixo impacto. Ou seja, a casa tem que ser econômica, eficiente e confortável sem comprometer o meio ambiente
Para mais informações, visite o site oficial do projeto: http://www.low3.upc.edu.


Fontes : http://www.behance.net/gallery/LOW3/1806139
http://www.engenhariaearquitetura.com.br/canal/1/Arquitetura.aspx

Coleta do lixo em Porto Alegre

Estamos em plena vigência da nova coleta de lixo orgânico em Porto Alegre feita por meio de containeres. Meu bairro, que é central, fez parte da etapa inicial e posso então opinar e contar o que venho observando. Em primeiro lugar devo comentar que Porto Alegre já foi uma cidade bem mais limpa uns anos atrás, mesmo com a coleta normal, mas isso a custa de garis que faziam a varrida cotidiana e pesadas multas para quem colocasse o lixo em horários não permitidos. Já tenho observado que os Porto Alegrenses não gostam muito de proibições e reclamaram um monte sobre as multas. Bom, ultimamente a cidade tinha piorado bastante na limpeza e toda iniciativa que a melhore tem meu aplauso. 
Os containeres são interessantes, colocados em uma vaga de carro em ruas que assim o permitem. Nas outras fica na calçada, como na minha, que tem proibição de estacionar em certas horas. Esses dias vi o caminhão que recolhe o lixo em ação: braços mecânicos recolhem o container, despejam o lixo e o recolocam n…

Museu de Arte Contemporânea de Milão

Projetado por Daniel Libeskind, o Museu se inspira no Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci como uma maneira de impactar a vida turbulenta e dinâmica de quem vive na cosmopolita Milão. 

Atitude

Estava lendo uma reportagem com uma consultora de beleza francesa que dizia que as brasileiras são muito lindas e coisa e tal, mas que são todas muito iguais: falta aquilo que diferencia. O que eu chamo de atitude.

Atitude é nossa marca perante o mundo, aquilo que percebemos e transparecemos por atos, imagem, posturas. ATITUDE.

Eu vejo por exemplo que existe uma tendência a que os blogs tenham uma linguagem muito clean, muito branca. Talvez um contraponto à inundação de efeitos que reinava uns tempos atrás. Tudo é muito cíclico, as fases se alternam, mais barrocas, mais minimalistas, mais ousadas, mais conservadoras...

Ruim para quem é ousado em épocas conservadoras. Pode ser queimado na fogueira, pode ser ignorado e morrer pobre e ignorado sem ousar pensar que anos depois suas obras serão vendidas por milhões de dólares. Não que ser conservador seja de todo ruim, desde que seja uma verdade de dentro e não de fora. E quando as verdades são de dentro, em geral, somos mais generosos com a…

Prevenindo riscos de quedas em ambientes - idosos

Nossa expectativa de vida vem aumentando e o número de idosos também. E é preciso que se observem alguns cuidados com as residências, adaptando algumas condições para evitar quedas, um dos mais perigosos acidentes domésticos que podem acontecer. Já escrevi sobre isso AQUI no blog. Algumas outras dicas que devem ser observadas :


Iluminação, deve ser clara pois melhora a visão e não deve haver pontos de desequilíbrio, nem pontos cegos nem muito brilhantes para não gerar desconforto. O uso de sensor de presença é muito interessante também para iluminar automaticamente os pontos de passagem e os interruptores devem estar em pontos estratégicos dos ambientes. Muitas vezes é bom prever o uso de chaves paralela, as chamada hotel, que permitem a luz ser acesa e apagada de dois pontos distintos - porta do dormitório e ao lado da cama, por exemplo.Carpetes e tapetes merecem cuidados especiais. Alguns tem que ser simplesmente eliminados. Outros trocados se estiverem com furos ou rasgos. E os abso…

Olhar feminino na arquitetura

Olhar feminino na arquitetura faz diferença ? Faz sim. Pela minha experiência com sócios homens pude perceber que o ponto de vista sobre a concepção das soluções varia sim. E bastante. E se complementam. E que bom que assim seja, porque a multiplicidade de olhares é que faz um bom projeto também.

No que olhamos o mundo diferente dos homens ? Não sei ao certo, talvez nosso olhar seja mais sutil, mais difuso e o deles mais objetivo. Talvez nossos pré-conceitos sejam diferentes. E viva a diversidade.

Não estou advogando que um seja melhor que o outro. Estou apenas ressaltando uma experiência que considero interessante.

"O arquétipo da Mulher Selvagem, bem como tudo o que está por trás dele, é o benfeitor de todas as pintoras, escritoras, escultoras, dançarinas, pensadoras, rezadeiras, de todas as que procuram e as que encontram, pois elas todas se dedicam a inventar, e essa é a principal ocupação da Mulher Selvagem. Como toda arte, ela é visceral, não cerebral. Ela sabe rastrear e cor…

Deu branco II

Já falei aqui sobre esse hiato que dá na gente - o BRANCO TOTAL. Ele é recorrente de tempos em tempos e sempre chega carregado de ansiedade. Até porque o sentimos em épocas em que precisamos muito produzir. E nada. A gente olha a tela do computador ou a folha em branco. E nada. Isso quando as ideias não se embaralham e nada sai de novo....


Nessas horas é bom lembrar da sustentabilidade. Reduzir. Re-usar. Reciclar


REDUZIR - sim, nas horas do branco é bom lembrar de descarregar o cérebro. Ele deve estar entulhado de pensamentos, tarefas e coisas que ocupam espaço das mais importantes. Ou prioritárias. Então é sempre bom jogar para fora. Deixar sair. Como ? Pegue um papel (as costas de um usado ou de uma propaganda que você não pediu servem) e faça uma lista das coisas que estão na cabeá, sem normas. Apenas faça. Deixe a nuvem sair. Depois largue num canto e vá tomar um copo d'água ou um café. Depois de um tempo, olhe a lista e com lápis de cor vá sublinhando conforme suas prioridades.…

Arquitetura - uma experiência sensorial

Nos acostumamos a pensar a Arquitetura como uma experiência mais que tudo visual, mas ela reúne bem mais do que apenas esse sentido. Arquitetura é em tudo uma experiência sensorial que envolve tato, envolve olfato, envolve aroma, envolve sentidos que nos fazem vibrar.

Um exemplo é o pavilhão temporário de Peter Zumthor para a Serpentine Gallery em Londres. Todo o envolvimento do espaço leva as pessoas até um jardim interno. O conceito é que o espaço interno faça com que novos sons e aromas sejam sentidos pela população em meio ao burburinho urbano, permitindo novas descobertas e sensações.




Fonte

Nossas memórias são formadas de várias nuances de cor, cheiro, aromas e sentimentos. Usá-las no conceber projetos é talvez uma dimensão a ser incorporada com mais paixão no ato de projetar. Aromas de temperos diversos ornando corredores que levarão a templos ou restaurantes pode aumentar a percepção do espaço e a sensação de descobri-lo.

Prédios e cidades são mais do blocos de materiais, mesmo que…

Sanitário discreto, econômico e inodoro

Esse vaso sanitário premiado é um modelo da Lagares Produccions de Disseny, Ele possui três elementos básicos em sua composição: a máxima higiene, nível de consumo mínimo de água e pode ser usado em qualquer espaço. O vaso fica escondido dentro de uma pequena caixa enquanto não está sendo usado e pode ser usado como um elemento de decoração do banheiro. E com a vantagem do pequeno consumo de água, 2,5 litros.



Ambientes com madeira

Usar madeira ou não ? Existem alternativas como o uso de madeiras de reflorestamento como o caso da residência da artista Heloisa Crocco em Porto Alegre, ou mesmo o uso de madeiras de demolição. Há quem jure que como a madeira é um material que pode ser plantado e portanto renovado, ela é sustentável. Enfim, o que é verdade é que a madeira é um material nobre que confere aconchego e nos traz uma sensação de abrigo e conforto. Principalmente em climas frios como o nosso clima sulino. Talvez por isso tenham surgido cada vez mais fakes da madeira. É piso de PVC imitando madeira, é madeira plástica feita com resíduos de vários materiais, é cerâmica com cara de madeira. Tudo isso vem ao encontro do desejo das pessoas de terem um ambiente assim com os de cima que são efetivamente belos. Eu não sou contra o uso da madeira per si assim como não sou contra o uso dos fakes também. Acho que cada caso deve ser analisado e então sim, definida a melhor solução. O que acham vocês ?

Loft todo bacana em NY

Essa reforma bem bacana foi feita em NY, unindo dois apartamentos e os transformando na residência de uma grande família (cinco pessoas mais dois cães). 


Aberturas estratégicas, usos de materiais aconchegantes e grandes portas deslizantes criaram esse espírito de loft tão nova iorquino.




Projeto de http://www.aplusi.com/




Fotos e fonte da matéria AQUI