Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Casa sobre caixa d'água com espaços muito charmosos

Uma escada florida levando à vários espaços em uma casa que foi construída sobre uma antiga caixa d'água com 86 anos. Um complexo projeto para uma residência em uma vila simples numa cidade chinesa. 

Um projeto de baixo orçamento, com pouco tempo para execução e tolhido pelos códigos de construção em um bairro muito apertado e que resultou em um pequeno espaço de 34 m2, mas cheio de conteúdo para uma família de seis pessoas. 



Nas fotos das áreas internas se percebe a delicadeza do projeto e como os espaços se conformam fazendo com que o proprietários possa ter felicidade e dignidade. Como os arquitetos descrevem em seu site: 
Quando a porta fechasse, ele seria rei como desejasse.Pequenos detalhes como a pintura clara que diferenciaram o volume do resto das construções marcou o volume de forma harmoniosa e fez diferença no projeto.








Fotos e projeto @Wutopia Lab Local: Xangai, China - 2015
Gostou? Compartilhe em suas redes sociais Nos siga também nos outros canais
TwitterFlipboardFacebook

Cinco bares restaurantes cheios de charme

O escritório de arquitetura australiano Biasol é responsável pelo projeto dos cinco charmosos bares e restaurantes que mostramos a seguir. 
O Feast of Merit é um restaurante que oferece alimentos eticamente sustentáveis em um ambiente criativo com reaproveitamento de materiais e mobiliário em Richmond, na Austrália. O desafio foi transformar o que era um café decadente em um ambiente charmoso e com um serviço de qualidade.




Bang Bang é um bar e restaurante com inspiração asiática. Sua fachada é considerada como patrimônio e no interior os arquitetos primaram pelas texturas ricas que transmitissem um ambiente de alto astral e diversidade. 


Little Hugh situado em Melbourne tem toques geométricos gerados pelo computador e estilo mais minimalista. A paleta de cores é um dos pontos altos do projeto, combinando madeira clara com tinta azul-petróleo.   

O Little Oscar é um restaurante bar com comidas americanas e coreanas. Esse estranhamento é também reproduzido na escolha dos materiais, ond…

Uma linguagem universal onde todos somos fluentes. E você talvez nunca tenha se dado conta disso

Nesse nosso mundo de Babel com distâncias virtuais curtas e acesso físico facilitado (se você tem dinheiro e não é refugiado), a comunicação direta e rápida é um atrativo instantâneo. Saber várias línguas ajuda bastante, ter um tradutor simultâneo (sempre lembro de Star Trek e do seu tradutor universal...) mas e se eu te dissesse que sim, existe uma linguagem de alcance poderoso onde todos somos fluentes?

Tudo bem, confesso, eu também nunca me tinha dado conta até escutar esse TED Talk onde o ilustrador Christoph Niemann falou sobre ela.


Quem ainda lê blogs?

Falando por falar eis-me aqui, já tarde da noite, tentando fazer algo já tão ultrapassado nesses dias que correm: ESCREVER. Não apenas escrever em vez de gravar um vídeo ou postar uma imagem, mas escrever em um blog.  Quem ainda lê blogs? As palavras ainda tem lugar nos tempos de agora? Mergulhar na leitura demanda tempo, demanda foco, demanda domínio da linguagem e da compreensão de textos. E demanda também aprofundamento por parte de quem escreve para que o que saí da mente possa ter alguma relevância.
Há técnicas para caçar palavras chaves e a escrita acaba sendo mais dirigida aos robôs do Google que ao coração e mente do leitor. E mais do que nunca me lembro da frase que aprendi no mestrado da Engenharia de Produção: diga-me como me medes e te direi como produzo.
Quem ainda me lê, procura o quê? Informação sem dúvida, mas estará também interessado em saber o que pensa e sente essa pessoa que tecla? 
O que sentimos ao ler as frases de tantos arquitetos? Conseguimos vislumbrar o tanto de su…

Libeskind falando por 17 palavras de Arquitetura

Estamos acostumados a julgar a obra de arquitetos pelos olhos. Olhamos seus projetos, sejam desenhos, maquetes eletrônicas ou mesmo fotos quando já estão prontos. Visualizamos os espaços que criaram e eles falam ao nosso senso estético que é muito baseado na visão.
Mas e quando os percebemos por palavras? Quando eles falam de 17 palavras que inspiram a Arquitetura e sentimos suas obras e suas almas expondo suas visões.
É o exercício que me permiti ao ouvir o vídeo onde Daniel Libeskind compartilha algumas palavras (e ele o faz em uma contraposição muito interessante com os opostos) e nos mostra a sua essência ao criar. Podem não concordar com a sua posição, podem até não gostar de suas obras, não é o fundamental. O foco é sentir a paixão e como as palavras podem expressar todo um afazer arquitetônico nos mostrando que Arquitetura se faz de todos os sentidos, mas principalmente de conteúdo e posicionamento.
Linbeskind nos fala de fascinação, de como a arquitetura é feita de otimismo já qu…

Arquitetura para ser "Instafriendly" e a obra de Bjarke Ingels

Nossa maneira de projetar estará sendo diretamente influenciada pela massiva exposição das imagens em redes sociais? É a indagação que faz um texto muito interessante que acabei de ler e que chama-se "O instagram está mudando a maneira como projetamos o mundo?"  
E ele alerta que o design tanto de espaços como de objetos, mesmo de comida, está tomando lugar como preocupação e foco dos empreendedores preocupados em atrair não apenas mais clientes, mas também garantir uma propaganda as vezes gratuita das pessoas que postam essas imagens nas suas redes sociais. É o que denominam de espaços "Instafriendly". E lembremos dos painéis preparados para as fotos de muitos locais. Ou mesmo de espaços urbanos que garantem que a localização vai ser vista e reconhecida com grandes letreiros. 
E não apenas locais ou cidades, mas a própria maneira de vivenciar arte está sendo modificada pela intensa exposição que nos colocamos na vida digital.
Há estudos que mostram que uma grande par…

11 ideias bem diferentes de estantes e cabides para guardar e mostrar coisas

Todo mundo ama uma lista com trocentas ideias para servir de inspiração. Não fosse assim, os aplicativos de imagens nem fariam tanto sucesso. Instagram e Pinterest que o digam!

Além das imagens mais obvias, sempre encontramos projetos de coisas absolutamente inusitadas, seja pelo resultado, seja pelo aproveitamento total ou parcial desses objetos que no cotidiano costumam ter usos bem diferentes. 

Primeira casa impressa em 3D do mundo

Era uma casa muito engraçada, parecia uma mistura de Flintstones com casas de gnomos, tudo isso com inspiração no futuro. É a proposta que foi feita na Holanda, entre a Universidade Técnica de Eindhoven , o município de Eindhoven e algumas empresas para a construção do que chamaram de a primeira casa impressa em concreto 3D do mundo. 

Desenhar a luz - resenha do livro

A luz e a arquitetura estão intrinsecamente ligadas. Já disse Le Corbusier que "a arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob a luz." E é verdade. O arquiteto Rogier van der Heide nos fala em um vídeo TED do porque a luz precisa da escuridão e de como são complexas e belas essas interações entre sombras e luminosidade.
Mas e como representar a luz em todo o seu esplendor em um desenho em duas dimensões? Muitos artistas se debruçaram sobre isso para criar magnificas obras que nos encantam e que são explanadas de forma bem simples - e até poética, nesta obra de Peter Boerboom e Tim Proetel, chamada de "Desenhar a Luz".

Muro esconde volume em vidro em casa na Bélgica

O escritório belga de arquitetura "Goavert e Vanhoutte" nos surpreende com essa casa de 2015, chamada de "Residence DBK" localizada na cidade de Knokkeem. As fotos são de Tim Van De Velde.