Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2020

MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

A graça da imperfeição - Alejandro D'Acosta

Imagem
Muitas vezes sou impactada pela forma ao ver um projeto e ela me atrai de tal maneira que tenho que saber mais sobre quem a cometeu. No caso da  Casa La Lom a, uma edificação no México de 2018 com projeto de Alejandre D'Acosta. Um volume inusitado em um terreno pedregoso, cujo conceito tentava conciliar as exigências de espaço e bem viver do cliente com as referências culturais e históricas do lugar.  Obviamente fui em busca de conhecer mais sobre o arquiteto e achei algumas obras emblemáticas que me fizeram mergulhar mais em seu afazer arquitetônico.  Do seu facebook trouxe algumas imagens de obras e desenhos que sempre revelam as intenções e traços dos projetistas. Outro projeto seu, em parceria com a arquiteta Claudia Turrent, usa barcos e materiais reciclados para uma vinícola no vale de Guadalupe, no México. Seu conceito foi baseado em uma união da área ao mar, por isso o uso de barcos como elementos da construção. E por fim essa habitação na costa do pacífico, a Rayban Hous

Festa Junina em tempos de isolamento social

Imagem
São João, quadrilhas, fogueiras, quantas belas recordações de infância! Beijos na quermesse, sorte dos namorados, quentão, pipoca e pé de moleque.  Bandeiras!!! E gente!!! Muita gente!! Mas em tempos de isolamento social, onde quem se preocupa com a comunidade entende a importância de se proteger e aos outros nesses momentos, como comemorar as festas juninas sem o contato físico??? Em primeiro lugar quem sabe pensando na origem da festa? O Santo que batizou Jesus e acabou enredado sem cabeça pelas danças de Salomé é reverenciado com muita alegria. Devia ser boa gente o cara que nasceu de uma mãe que tanto ansiava por um filho e só o teve em tempos tardios. Mas se formos olhar com lupa a história, veremos que na verdade as festas de solstício de verão no hemisfério norte eram de origem pagã e saudavam a fertilidade. E festa de fertilidade, meus caros, tem fogueira, vinho e cantos bacantes. E muito amor! Não a toa a paleta de cores resultante das comemorações é muito quente. Os tons terr