Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Verb - um móvel que você monta - divertido e multi funcional

Verb: Um sistema super colorido, divertido e multi funcional. 

Amei essa ideia que é feita de três elementos básicos: duas meia esferas e um bloco de conexão. Com eles é possível fazer mesas, bancos, luminárias, enfim, uma infinidade de utilidades ou adornos. Projeto do designer Marlon Darbeau que diz que "o
seu interesse está na reinterpretação de coisas tradicionais e/ou familiares, com a intenção de desenvolver objetos novos, surpreendentes, bonitos e desejáveis". O limite é a sua imaginação.

Eu gostei demais. E gostei muito das outras propostas do rapaz. Por exemplo, a Peera parece uma maleta, mas pode ser um banco. Veja mais de suas propostas AQUI





Fonte : Mocoloco

Abrigo sustentável com parede e telhado verde - ECObitat

Um sistema pré fabricado para habitações ou abrigos de emergência que parte de uma placa de OSB, usa materiais recicláveis e que pode ser ampliada de maneira bem flexível e ainda ser facilmente transportável. Parece tudo de bom, não?

Mas tem mais. A ECObitat pode ser facilmente adaptada a diversos tipos de terrenos já que o seus sistema de pernas telescópicas permite que seja implantada em diversos tipos de topografia sem grandes alterações.

Tem mais? Sim. Usa paredes e telhado verde, sistema de reuso de água, painéis solares para aquecer a água e sistema eólico para a eletricidade. Tem isolamento termo-acústico e proporciona um abrigo eficiente com materiais facilmente encontráveis e com transporte rápido.

Quer mais? É projeto de um brasileiro - Felipe Campolina



Fonte

Espaços de trabalho muito brancos

Branco é luz. E em dias de muita emoção e cansaço físico e emocional, o branco revigora.
Separei alguns ambientes de trabalho muito brancos para servir de inspiração. 
Já falei porque o branco me inspira, me limpa a mente. Talvez eu não seja exatamente a cliente para esses espaços muito limpos, já disse e repito que sou muito acumuladora. Mas tenho um grande fascínio por eles.
A limpeza das formas, a ausência de muitos adornos. A organização. Meu lado alemão talvez que grite mais alto nessas horas. E cá entre nós, pelo fascínio que eu tenho pela Escandinávia devo ter algum Viking perdido no DNA.
Então, vou economizar inclusive nas palavras e apelar para o sentido mais usado na arquitetura: a visão. Deliciem-se com os espaços. Tem para vários gostos. Para os mais clássicos, para os românticos, para os criativos. Para os mais modernos e os mais nostálgicos. O branco é polivalente. Como a luz.






Fonte das fotos: Google e Pinterest

Espaços e a água

O meu método de escrever no blog nem sempre segue uma sistemática. Em geral os assuntos me chamam. É como a leitura. Quando passo por uma livraria, muitas vezes nem sei o que procuro, passo os olhos por livros e um ou outro me chamam. Suas capas, sei lá, um que me diz que devo ler ou ter aquele exemplar.
Com os assuntos que trago aqui também. Hoje a água me chamou. Agua e espaço. Projetos que usam a água como elemento que compõem, que traz emoção, que se encaixa. 
Estranho falar em usar a água como elemento de composição em um tempo em que ela falta em alguns estados que nunca tinham passado por isso. Enquanto a seca era algo do sertão, para os do centro era uma preocupação longínqua. As vezes era folclore. Embora já de muito se soubesse que a água era um bem escasso, que podia ser finita, era tratada como algo sem fim. Imaginem que a tratada a peso de ouro pela população através do poder público era usada por alguns para limpar calçadas! Coisa de gente sem estudo, diriam alguns. Pior q…

Kids Pod - um anexo para os netos cheio de estilo

Me apaixonei por esse projeto quando o vi em uma correspondência da Contemporist. Fiquei super curiosa imaginando que fosse um mercado ou um charmoso restaurante natural. Imaginem como fiquei fascinada ao saber que ele é um anexo para os netos do casal para quem o arquiteto já tinha feito um projeto.
Fala sério se vocês não queriam algo assim para os seus netos? Eu, se os tivesse, adoraria ter feito esse projeto!
Projeto de Mihaly Slocombelocalizado em um vinhedo na Austrália. A ideia era reproduzir a sensação de uma casa de árvore, misto de abrigo e proteção. Usando materiais como concretopolido,revestimento de madeira, esquadrias dealumínio e madeira compensada como revestimento das paredes, o prédio se assemelha a um retângulo que se ilumina a noite e cujas venezianas amplas permitem que a luz natural entre trazendo a luz do dia com intensidade. 
Arquiteto  Mihaly Slocombe

Fotografia Emma Cross

Para os que quiserem ver como uma obra se faz, se constrói com experimentação, com aquela …

Fala do Arquiteto

Quando se pensa em Arquitetura se pensa em imagens. Por mais tratados que se tenha escrito, são as dimensões de espaço que nos vêm à mente. Talvez por isso as formas se sobressaem na nossa apreciação da arquitetura.

Tantas vezes ouço de pessoas leigas elogios às fachadas e formas como :" que linda/interessante/criativa arquitetura". Como se fosse isso. A forma. A Arquitetura é muito mais que a forma. É conceito. 
Eu não consigo conceber uma análise de uma obra sem entender as intenções do autor. Aquela história de colocar uma planta baixa na minha frente e pedir opinião é algo muito surreal. Não existe. Alguém para traçar algo, pensou. Analisou. Se debruçou sobre um problema, ponderou todos os condicionantes, refinou com a sua bagagem e experiência e chegou a uma solução. A sua solução. 
Por isso é difícil falar de uma obra sem escutar o arquiteto. E se não podemos escutar a sua voz, sem ler as suas propostas para aquele projeto. E aí chegamos a uma questão interessante. Arquit…

Centro de Vida - Design sustentável e saudável

Um Centro de Vida que oferece um ambiente repleto de verde e cheio de luz natural só pode favorecer os pacientes. Um ambiente hospitalar ou uma casa de repouso, pela própria atividade que contém, deve ter uma solução arquitetônica que relaxe e faça bem para todos os usuários, sejam as equipes de saúde, sejam os pacientes. O Vida Saudável Centro SK Yee, projeto de RLP Partners (RLP) é um exemplo disso.
Com estrutura de ferro com baixa pegada de carbono, telhados e fachadas verdes (A cobertura verde alcança mais da metade do prédio) e os ambientes ligados à espaços abertos, os projetistas garantiram além de um ambiente agradável, uma boa ventilação natural cruzada.A ventilação cruzada é a que garante, pelo projeto, que o vento possa fluir naturalmente pelos ambientes pela colocação estratégica das aberturas.
A arquitetura, mais que soluções técnicas, deve se preocupar em oferecer soluções que sejam sustentavelmente saudáveis para seus habitantes. Cidades que ofereçam condições …

Iluminação pública inovadora mais barata e sustentável

Iluminação pública mais barata e mais sustentável ? É o que nos apresenta esse produto desenvolvido por uma empresa em colaboração com a Universidade Politécnica da Catalunha, na Espanha.

Iluminar ruas e locais públicos sem depender da geração de eletricidade convencional é o que promete o Eolgreen F 104. Como? Usando postes com energia solar e turbina de vento (a partir de brisas de 1,7 m/s segundo os seus fabricantes). A promessa é uma redução de cerca de 20% do custo em relação à energia convencional.

Segundo o site da empresa a turbina eólica trabalha com uma potência máxima de 400 Watts e é feita com materiais resistentes que se auto limpam.
Se consegue a iluminação através de um gerenciamento de fluxos entre a turbina eólica, os painéis solares, a bateria de lítio (autonomia de 3,5 noites consecutivas) e a luminária.

Achei um sistema bem interessante. Tomara que funcione a contento. Resolveria muitos problemas, especialmente em áreas de difícil acesso de energia convencional. A…

Conteiner - pense neles como uma solução

Lá vai meu bloco vai, só desse jeito que ele sai.....lá vai nosso bloco a voltar da folia, seja do descanso, seja da festa, seja do sonho de ter feito tudo isso. Acabou o carnaval. Hora de encarar o ano que recomeça. 
Mas.....fica um gostinho de quero um recanto. Um lugarzinho gostoso e não muito caro onde me esconder da rotina. Já pensou em usar um container? 
Já falei várias vezes sobre a utilização desse retângulo de metal que serve para transportar mercadorias, as mais diversas, pelo mundo, ligando costa a costa, continente a continente. Eles têm uma vida útil determinada. E depois...depois ficam feito ferro velho. Até serem redescobertos para servirem de suporte para casas, lojas, estantes. Até pequenos prédios são feitos deles. Na verdade alguns são até bem grandinhos.
E aí você pensou: bacana! Vou viver em uma casa de lata. Feia, mas barata e com a vantagem de reutilizar algo que poderia ir para o lixo. 
Feia? Não! Vejam nos exemplos abaixo que existem muitas maneiras de aproveitá-…