Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Casa econômica e pensada à longo prazo em projeto premiado

Imagem
Uma casa para um casal jovem feita para economizar recursos e energia e que possa se expandir conforme as necessidade. É o que vemos no projeto de 148 m2 da Casa para PAU E Rocio da  NUA Arquitectures, escritório de Arquitetura espanhol. A paisagem rural foi determinando na concepção do projeto desta casa cujos espaços e formas ora privilegiam a privacidade para a rua, ora se abrem à melhor orientação solar local para permitir uma iluminação natural mais otimizada.  Os materiais e o correto uso das energias naturais faz com que o consumo de recursos energéticos sejam minimizado. E além da economia de execução, fundamental em tempos econômicos menos afortunados, o projeto já prevê uma futura expansão, evitando que os espaços se sucedam sem um prévio planejamento.   VEJA AQUI OUTRA OBRA DO NUA ARCHITECTURES - Um centro social de baixo custo Prêmios :  na categoria de Habitação Unifamiliar da VIII Muestra de Arquitectura del Camp de Tarragona.

Ampliação cria área cheia de luz e charme

Imagem
Uma ampliação cheia de charme em uma tradicional casa geminada vitoriana inglesa fez com que os fundos da casa tivessem uma estética muito mais contemporânea neste projeto de YARD Architects . Os espaços não apenas mais amplos, mas mais luminosos, em ambientes que se conectam e promovem uma maior socialização, são complementados pelos tons claros e linhas retas do mobiliário. O contraponto de mais aconchego é dado pela madeira (carvalho branco) e pelos amplos panos de vidro que unem interior e exterior. Os tijolos mantem a ligação com a proposta original da casa. Fotos de Richard Chivers Gostou? Conta para a gente a sua opinião. Nos siga também nas redes sociais  Twitter:  @arqsteinleitao Flipboard:  Revista ARQUITETANDO IDEIAS Facebook :  https://www.facebook.com/ElenaraLeitao Instagram:  http://instagram.com/arqsteinleitao Pinterest:  https://br.pinterest.com/arqsteinleitao/arquitetando-idei

9 Padarias que inspiram

Imagem
Caro leitor/leitora, esta que vos escreve sofre um grave problema em relação à arte da paciência.  Não domino. E não é por falta de treinamento. Uma das coisas que me propus a aprender foi a fazer pão porque eles necessitam de um ritual que envolve crescimento...e espera. Já contei aqui como fazer pão  e quem tiver a paciência de ler vai ver que não me saí de todo mal. E assim, inspirada por esse alimento milenar e para mim, altamente fascinante e gostoso, trago algumas referências de padarias que achei belas. Começo, porém, por uma imagem instigante que une a imagem do pão à arquitetura milenar africana e que, pela curiosidade, resolvi postar aqui para iniciar nosso passeio pelas padarias. Curioso, não? E passando então às padarias onde um ambiente gostoso ajuda a abrir o apetite...   Padaria cheia de charme na China  Madeira e inspiração nas antigas padarias de bairro Um interessante trabalho em madeira nesta padaria  Uma padaria minimalista na China do

Ideias para casamento ao ar livre - simples e sustentável

Imagem
A festa de casamento é um dos acontecimentos marcantes da vida social em nossa sociedade ocidental. Mesmo os menos românticos acabam se rendendo às festividades que reúnem amigos e parentes em torno da cristalização do amor das pessoas. Enfim, se você pretende se casar, mas não quer ou não tem condições de gastar uma pequena fortuna em uma festa mais tradicional, que tal pensar em uma forma mais criativa? E talvez até mais racional de comemorar?  Em 2012 eu fiz uma postagem que chamei de eco casamento onde falei de três princípios básicos da sustentabilidade que seriam reduzir, reutilizar e reciclar. De lá para cá essas ideias se tornaram mais usadas nessas cerimônias e reuni alguns exemplos de como fazê-lo para um casamento ao ar livre. Usar garrafas é sempre uma ideia bem vinda e econômica. Elas podem ser usadas das mais variadas formas. Como suporte para arranjos de flores ou até mesmo como elementos da decoração e mobiliário. Caixotes e baldes também são elementos q

Casas usando princípios de Permacultura

Imagem
Através de uma reportagem em jornal impresso (sim, ainda leio em papel) tomei conhecimento do IPEP - Instituto de Permacultura da Pampa . E entre vários projetos interessantes fiquei curiosa por uma casa popular em adobe , com 80m² e com um custo bem baixo (teria usado apenas 32 sacos de cimento). Além de um sistema de captação de águas da chuva, usa um banheiro seco que economiza água.  Na imagem acima vemos a Casa Mãe (ver vídeo abaixo), um prédio construído seguindo princípios de permacultura, usando fardo de palha e telhado de Santa Fé que também é bastante comum no Uruguai e sul do Brasil. E abaixo um esquema de vaso sanitário seco que pode ser melhor compreendido AQUI .

Ideias de Casa de campo para chamar de sua

Imagem
Estou lendo um livro bem interessante de Nuccio Ordine chamado a Inutilidade do Inútil . E embora ele fale sobre conhecimento e arte, nada mais absolutamente inútil em uma sociedade capitalista que o nada fazer. Obviamente que o lazer acabou se transformando em uma indústria e longe de ficarmos contemplando as nuvens, acabamos muitas vezes entrando em uma atividade frenética nos momentos de folga: seja consumindo em centros de compras, seja viajando para locais da moda. Ou simplesmente tendo um luxo em uma sociedade em que muitos não tem teto para morar: tendo uma segunda (ou terceira casa). No campo. (Já falei sobre várias delas AQUI )    De uma casa de campo o que queremos nós? Falando por mim, quero espaços onde possa viver momentos de liberdade. Sem muitos armários onde acumular coisas que não preciso. Quero simplicidade.     Amplas varandas e/ou janelas de onde possa curtir uma bela natureza. Dependendo de onde se localize o meu campo, se mais frio ou mais tropical, vou def

Projeto centro agrícola de baixo custo ganha prêmio internacional

Imagem
Um projeto acadêmico que reúne baixo custo, respeito à cultura e tradição da arquitetura local ganhou o  Ciclo de Prêmio de WA 25. A comunidade agrícola com produção de alimentos, que pretende ajudar a diminuir a pobreza em regiões da Jordânia, é projeto de Hiba Suheimat (2017) com supervisão da  Dr. Fatima Mayada Al-Nammari. O projeto, que levou em conta a maneira como os agricultores locais manejavam a terra e como construíam suas casas e prédios, tem cinco funções principais: zona de serviços de processamento de alimentos alimentos mercado restaurante base comunitária de serviços   O interessante é ver como se chegou a um resultado simples, usando materiais locais, como a lama e pedra, para um centro que reúne tradição e propicia a interação entre os produtores agricultores e a população consumidora que pode encontrar os produtos, compra-los e até consumi-los ali mesmo. Tudo isso em um ambiente rico em cultura e beleza.  Fonte Nos siga