Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Juhani Pallasmaa, arquiteto dos sentidos

Imagem
FONTE O arquiteto finlandês Juhani Pallasmaa é um clássico para quem enxerga a Arquitetura não como formas, volumes e cores, mas como uma forma de interação com os sentidos humanos. Já resgatei aqui no blog uma entrevista em espanhol onde ele fala como resgatar o elemento erótico na Arquitetura .  Segundo ele mesmo, l a arquitectura es el arte de la lentitud y el silencio . E nada melhor para comprovar como ele concebe a sua criação ver uma casa que ele projetou para si mesmo, um local onde seria possível " esquecer o barulho do mundo exterior e ouvir apenas o próprio batimento cardíaco ". FONTE Minha próxima leitura é o seu livro Os Olhos da Pele. Fiz questão de comprar o livro impresso (há links para download do PDF na web) porque quero ter a sensação tátil de pegar as páginas, poder sublinhar, voltar atrás. É uma sensação bastante diferente da leitura em um tablet ou leitor digital. É mais ou menos a diferença de fazer uma visita virtual e percorrer um préd

Acessibilidade NBR 9050 (2015)

Em boa hora algumas Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas referentes á acessibilidade foram disponibilizadas de graça, entre elas a NBR 9050 - Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências a edificações, espaço mobiliário e equipamento urbanos Válida a partir de 11/10/2015 

Ideias para expor suas canecas

Imagem
Canecas. Muitos são apaixonados por canecas e xícaras , adoram não apenas comprar, ganhar ou garimpar. Mas também gostam de guardá-las de maneira charmosa.  Separei algumas ideias que podem agradar muitas pessoas e que são fáceis de serem feitas. Vamos ver algumas? Molduras : Sim! Elas afinal são como tesouros para a gente, nada mais simbólico que emoldurá-las. Podemos usar porta retratos antigos, molduras idem ou ainda comprar as peças e fazer (para os que são mais habilidosos). Um gancho no meio e eis a sua coleção exposta em grande estilo! Esculturas: Usando variados materiais pode-se pensar em fazer formas nas paredes. Restos de madeira são excelentes. O importante é que sejam resistentes e possam aguentar os fixadores para que não se corra o risco das canecas quebrarem. Talheres: Uma solução bem lúdica. Especialmente para quem tem faqueiros que não usam mais. Ou para quem quer deixar exposto o que usa. Encaixes estratégicos podem ser feitos em peças de madeira

Hotel L'Igloo - reforma com charme

Imagem
Sabe aqueles dias em que blogueiro e arquiteto necessita se sentir glamouroso? Sim, embora muitas pessoas pensem que as duas atividades são cheias de emoções e muita festa, elas exigem muito suor, pesquisa e trabalho.  Nesses dias nada melhor que lembrar de férias. E férias em um hotel que seja diferente do que já se viu. É o caso dessa reforma no Mont d'Arbois. Com uma vista privilegiada o antigo hotel necessitava uma repaginada para aumentar os espaços e reorganizar os existentes. Foram acrescentados 45 novos quartos, novas áreas de lazer além de alojamentos para os funcionários. O charme extra ficou por conta de como os novos quartos foram concebidos: caixas que saem da antiga edificação, com pé direito duplo e grandes áreas espelhadas que privilegiam a vista maravilhosa para o Mont Blanc.  Agora só me resta ganhar na mega sena para poder me hospedar ali com toda a pompa e circunstância. Projeto:  http://www.ateliercos.com/ Gostou? Conta para a

Loja de livros feita em papelão

Imagem
Tenho visto várias iniciativas de estimular a leitura através de vários tipos de programas. Aqui em Porto Alegre já temos livros nas ruas, levados por bicicletas e táxis. Acho isso maravilhoso porque quanto mais facilitado o contato com os livros, mais rica a sociedade pode se tornar. Por isso resgatei esse projeto de loja de livros efêmera ( e que bem poderia ser uma biblioteca) feita em papelão para um Festival de Arquitetura em Londres.  Papelão é um material super versátil e barato. Pode-se inclusive aproveitar as embalagens de eletrodomésticos (fiz um exercício com eles no início na minha graduação).   A Foldaway Bookshop foi concebida para ser uma loja de livros de arquitetura, facilmente montável e que pudesse ser reciclada após o seu uso.  O objetivo era sensibilizar empresários para uma solução mais sustentável e que pudesse ser reproduzida em vários pontos de venda.  É um projeto que já tem alguns anos e desconheço se foram realmente usadas no mercado. Se

Purificando o ar urbano e fazendo joias

Imagem
Poluição. Quando eu era pequena (e isso faz muito tempo) ficava impressionada com a nuvem que via sobre a cidade de São Paulo nas viagens. E a comparava com céu límpido da minha então despoluída Porto Alegre. Hoje creio que muitas crianças nem conhecem o que seja um ar de cidade limpo.  Dentre as soluções paliativas para para limpar o ar, achei interessante essa torre metálica, proposta pelo Designer Daan Roosegaarde em colaboração com pesquisadores. Sua função? Purificar o ar. É uma projeto colaborativo e gratuito e segundo os criadores, tem a capacidade de sugar e purificar um 30.000 metros cúbicos de ar a cada hora. Obviamente é premente atacar as causas que geram a poluição urbana, incentivando o transporte público eficiente, promovendo o aumento da cobertura vegetal nas cidades (telhados verdes), incentivo ao uso de bicicletas, meios de transporte e combustíveis não poluentes. E repensando o como produzimos o que consumimos. Sabemos que não são medidas de curto prazo

4 contêineres - uma casa

Imagem
Uma casa para um casal com filhos que desejavam um espaço flexível. Resultado conseguido com quatro contêineres. O contêiner tem sido cada vez mais usado para habitações , bares , lojas e escritórios . Nesse caso, na 4 Conteiner House, o projeto se desenvolve em dois pisos. No primeiro, onde foi utilizado um contêiner, estão as atividades comuns e dormitórios. No segundo piso estão os outros contêineres que abrigam um local de estudos, de atividades múltiplas e uma área verde.   Achei super interessante como os tetos dos contêineres foram protegidos com madeira reusada e isolamento em lã de vidro, uma preocupação que nunca deve ser descuidada, já que eles não foram projetados para essa finalidade. Projeto de  Atelier Riri ( Via ) Gostou? Conta para a gente a sua opinião.  Twitter:  @arqsteinleitao Flipboard:  Revista ARQUITETANDO IDEIAS Facebook :  https://www.facebook.com/ElenaraLeitao Instagram:    http://instagram.com/arqst

Nu masculino na arte ocidental - arte como fator de humanização

Imagem
"Quando eu ando assim meio down.... " E era bem assim que andava essa semana. E como já estava em Porto Alegre, paralelo 30, me restava o caminho certeiro para me sentir gente, para me humanizar. Abastecer minha alma. Além da dose extra de leituras (romances, livros técnicos e mais uma conta na Amazon) lá me fui eu para mais um almoço Clio . Dessa vez para um tema instigante: homem pelado. Ops!!! Como assim Dona Arquiteta!!! Homem Pelado???  Pois sim, apesar de todas as nossas censuras culturais e pudores ainda existentes em pleno século XXI, a produção do nu artístico que vem retratando os corpos masculinos é bastante bonita e antiga. E para quem descrê dos pudores de hoje, recebi um aviso do You Tube de que muitos consideraram o vídeo da exposição sobre essa produção que aconteceu em Paris em 2013 como ofensivo. E ele é belíssimo, retratando um homem dos dias de hoje em poses de obras clássicas. De um bom gosto imenso. Enfim, deixei o link lá embaixo para quem quiser

Materiais no Design de Interiores - Leitura

Imagem
Que eu adoro ler não é segredo. Já falei sobre vários livros que li e gostei aqui no blog, técnicos ou não. E também da experiência da leitura. Sou uma convicta de que ler é uma das experiências mais apaixonantes da vida. Ler te ensina, ler te abre novas visões, ler te instiga a sempre aprender mais e mais. E embora já tenha adotado a leitura virtual e lido vários livros nos tablets da vida (e até na tela do PC já li) ainda é com livro de papel que consigo estabelecer essa relação especial de cumplicidade. Eu já tinha lido um livro dessa coleção da GG, o Sustentabilidade no Design de Interiores , e agora me deliciei com o Materiais no Design de Interiores. (Ainda está na fila o Mobiliário para o Design de Interiores). A leitura de livros técnicos nem sempre é muito agradável, algumas vezes ela te exige atenção e um envolvimento que passa meio longe do puro prazer. Não é o caso desse livro.  Começando pelo assunto. Materiais. A Arquitetura é feita de detalhes. A Arquitetura e/ou