Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

7 Ideias de aproveitamento de paredes com tijolos aparentes

Sou particularmente fascinada pelo aproveitamento de materiais de construção existentes, especialmente se for uma parede de tijolos antigos e bem assentados. Eles dão sempre uma aparência muito aconchegante e ficam particularmente interessantes em decorações em estilo industrial.

Já falei sobre o uso de tijolos na decoração , de como pode ser aproveitado em cozinhas, em paredes charmosas e em fachadas

Agora mostro mais maneiras de compor ambientes com paredes de tijolos aparentes.
1 - Em uma sala pode ser composto com prateleiras mais modernas que mesclam ferro na estrutura e sofás com almofadas mais aconchegantes e peludas. Outra combinação interessante é usar muitas plantas que contrastam com a rusticidade do tijolo.
2- Mesclar o branco com uma parede de tijolo aparente é outra bela combinação que confere elegância ao ambiente.  
3- Passando em forma de relógios (e se for uma coleção deles, ainda melhor) e elementos que lembram histórias de tempos idos e vividos fazem com que o tijolo …

Arquitetando forros - 10 ideias para se inspirar

O forro é um elemento muito importante nos projetos e nem sempre é muito valorizado com revestimentos ou uso de elementos que o realcem mais e o façam ser parte impactante do projeto.
Que tal se inspirar em 10 ideias usadas por profissionais nos seus projeto?
1- Usar a madeira de demolição em contraste com o forro escuro ajudou a demarcar áreas nesse restaurante. 

2- Um rebaixo de forro com elementos vazados, sejam tabuas de madeira, caixotes ou mesmo paletes pode ser uma solução não muito cara que pode mudar a aparência do espaço. 
3- Uma ideia bem simples que pode render bons efeitos. Usar elementos como filetes de gesso, fios ou mesmo pintura podem fazer um espaço crescer.
4- Um espaço vazado pode ganhar um forro em vidro que proteja do tempo e ganhe em sensação com uma vegetação sobre ele.
5- Uma boa ideia de tratamento de forro em corredores ou pelas estreitas e compridas. Mistura de materiais e alturas variadas com iluminação estratégica.  
6- Usar elementos em contraste com o restant…

Forma segue a ficção (ou as histórias dos usuários e executantes)

Talvez a Arquitetura tenha ficado em uma vertente muito ligada à forma e que acabou por formar uma noção um pouco diferente do que a arquitetura e os espaços representam para a vida das pessoas. Afinal, antes de tudo, edifícios se destinam às pessoas e suas histórias. 
É o que vemos nesse TED Talk de 2015 em Londres, onde o arquiteto Ole Scheeren conta como os estilos de vida e os hábitos culturais da região nortearam vários de seus projetos, em uma visão mais humana da função. 





13 respostas a um futuro estudante de arquitetura

Uma das melhores coisas de se escrever um blog é receber as opiniões, dúvidas e sugestões dos leitores. Eu adoro!!! Volta e meia algum estudante vem me perguntar sobre como é a Arquitetura. Caso desse garoto abaixo. Vou tentar responder com calma.   


Olá, me chamo João Victor, tenho 16 anos e participo de um projeto de Orientação Profissional onde me foi proposto realizar uma pesquisa a fundo sobre algumas profissões que me interessem e, como deve imaginar, Arquitetura foi uma delas. Então peço que, se possível, doem um pouco de seu tempo para responder as perguntas abaixo. Agradeço desde já


1. Há quanto tempo exerce a profissão?
Joao Victor, fiz vestibular em 1974 e me formei em 1982. Já na faculdade comecei a fazer estágios em escritórios de arquitetura. E desde a formatura tenho trabalhado em escritório próprio.


2. Descreva a função ou cargo que melhor representa o que você faz. Não há necessidade de citar a empresa que trabalha.
Como sou profissional liberal, ou seja, trabalho para mi…

Zap Zap e Cartas para o Prefeito - vamos ampliar nossa voz?

Já pensou se os arquitetos pudesse escrever cartas aos prefeitos falando de seus anseios e expectativas para a cidade? Seria muito bom, não é verdade? Afinal a cidade é nosso habitat e o prefeito (e suas ações) tem uma importância em nossa vida cotidiana que é fundamental em nosso bem estar e qualidade de vida na nossa cidade.
Uma das eleições mais relevantes para nossa vida cotidiana é justamente a que elege Prefeitos e Vereadores. A sua boa, ou má, atuação reflete diretamente em nosso dia a dia. (Fonte)
Pois há um projeto mundial chamado Letter to The Mayor - Cartas para o Prefeito - que foi criado pela Storefront for Art and Architecture que já percorreu várias cidades no mundo e vai ocorrer em São Paulo esse ano. 

50 cartas de profissionais e instituições foram escolhidas pela curadoria e vão estar expostas em um evento gratuito no Pivô Arte e Pesquisa, localizada no famoso edifício Copan em São Paulo. 

E se eu que quiser participar?????

Pois pode. A artista Giselle Beiguelman criou um…

Casa pequena e barata - Wasp House

Um lote super pequeno, com cerca de 25 m2 (!) e um programa para dois irmãos gerou essa casa, a Wasp House, com 73 m2. O grande trunfo? A escada, quase escultural, que é ponto focal e ao mesmo tempo espaço de convívio, de relaxamento, de leitura. Localização: Ho Chi Minh City.
Com um custo total em torno de U$ 27.000, incluindo móveis, a casa é feita de tijolos e concreto aparentes e grades de metal. 
A escolha dos materiais e detalhes formais bem enxutos foi em função do orçamento mais enxuto. Uma mostra de que se pode fazer um bom projeto, mesmo em um bairro mais popular e com um poder aquisitivo mais baixo. 
A luz interna é garantida pelo vidro no telhado e das alvenaria de tijolos com furos. 
A casa tem um programa simples: térreo de serviços e convívio. E um quarto por andar.
A grade no portão tem a função de servir de suporte para trepadeiras que vão garantir privacidade e proteção contra a poeira da rua.  
(Via) Projeto : Space Tropical Fotos: Quang Dam





Veja também outro projeto do Spac…

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É tão bom ter retorno, não é verdade? Em uma delas, o Jadher me pede para falar de mais histórias da vida acadêmica. E embarquei nessa pergunta como se entrasse no túnel do tempo (tinha uma série assim na TV). E reuni aqui algumas lições que aprendi na faculdade de Arquitetura. E nem todas sobre Arquitetura.


1- Fiz vestibular com 17 anos e caí em um mundo super novo. Universidade, gente andando para lá e para cá, cheios de grau e arrotando sabedoria, com livros de filosofia e autores importantes debaixo do braço. Uma das primeiras provas foi de metodologia científica. Era com consulta. Passei os olhos pela prova e de cara me pareceu que os livros e apostilas que podíamos olhar não traziam as respostas que o professor pedia. Com o rabo dos olhos vi meus colegas, toda a sala, olhando nos livros, consultando e escrevendo. Lógico que me senti uma burra. M…

Estúdio sustentável, funcional e poético

Com uma profunda compreensão da cultura vietnamita e clima, Tropical Space está comprometido com o uso de práticas de construção ambientalmente amigáveis ​​e seleção de material sustentável.
E é partindo desses conceitos que o estúdio de arquitetura vietnamita Tropical Space projetou o estúdio de um famoso artista local: Le Duc Ha. Um cubo de 7m x 7m x 7m. O Terra Cotta Studio.
Arte, sustentabilidade e meu número de sorte! Obviamente esse projeto tinha que me chamar a atenção. O nome já traduz muito da atividade do proprietário.  A concepção do projeto é extremamente funcional. Um cubo de tijolos de argila vazados e que abriga uma plataforma de  bambu com três andares que serve para secar os trabalhos do artista. No centro uma grande abertura ovalar onde a luz entra e inunda a oficia e uma área de relaxamento e tomada do chá. 

A concepção do projeto é ambientalmente pensada. A estrutura de tijolos vazados ajuda na ventilação e conforto térmico em um ambiente tropical.
A concepção do projet…

Casa de férias recoberta com redes de pesca

Uma pequena casa de férias inspirada nos galpões que armazenam feno numa ilha holandesa chamada Texel. Quem disse que a Arquitetura precisa ser grandiosa para ser interessante? Uma pequena residência que usa sua forma como adaptação ao meio como a cultura local sempre fez, mas com uma linguagem moderna. E com algumas diferenças.

Os galpões são fechados e protegidos. A casa de férias é aberta e convidativa ao encantamento com a paisagem e a natureza. Aliás, esta interação entre o interior e exterior fazem todo o charme dessa pequena casa de 135 m2.

A estrutura da casa é de madeira e o telhado e fachadas foram recobertos com borracha e redes de pesca coloridas. 
(Via)









Benthem Crouwel Arquitetos

Nos siga também nas redes sociais

TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest snapchat: arqsteinleitao