Estúdio com 30m2 tem construção econômica e resultado belo

Imagem
O  BAAQ  é um escritório de arquitetura mexicano que desenvolveu este projeto para um estúdio de descanso, o Chiapas Studio. Os requisitos eram economia na construção e manutenção. O resultado ficou muito interessante.  Com cerca de 30 m2 a construção aproveita a ventilação natural e como a região tem verões quentes, aproveitam a grande cobertura em bambu para criar uma varanda coberta para ser usada nos dias quentes. Para os dias frios, a parte inferior, com paredes de painéis de cimento e poliestireno de alta densidade, abriga como sala de estar.

Estúdio sustentável, funcional e poético

© Hiroyuki Oki

Com uma profunda compreensão da cultura vietnamita e clima, Tropical Space está comprometido com o uso de práticas de construção ambientalmente amigáveis ​​e seleção de material sustentável.

E é partindo desses conceitos que o estúdio de arquitetura vietnamita Tropical Space projetou o estúdio de um famoso artista local: 
Le Duc Ha. Um cubo de 7m x 7m x 7m. O Terra Cotta Studio.

Arte, sustentabilidade e meu número de sorte! Obviamente esse projeto tinha que me chamar a atenção. O nome já traduz muito da atividade do proprietário. 
© Hiroyuki Oki
 A concepção do projeto é extremamente funcional. Um cubo de tijolos de argila vazados e que abriga uma plataforma de  bambu com três andares que serve para secar os trabalhos do artista. No centro uma grande abertura ovalar onde a luz entra e inunda a oficia e uma área de relaxamento e tomada do chá. 

© Hiroyuki Oki
A concepção do projeto é ambientalmente pensada. A estrutura de tijolos vazados ajuda na ventilação e conforto térmico em um ambiente tropical.

© Hiroyuki Oki
 A concepção do projeto é poética. A estrutura de fechamento protege mas não afasta o artista da natureza e do entorno que lhe trazem inspiração.

© Hiroyuki Oki
A concepção do projeto é cultural. O projeto tem características da cultura Champa. 

A concepção do projeto é generosa. Subindo pelos andares e corredores as pessoas podem observar e desfrutar tanto da bela paisagem do entorno como da oficina do artista.  
© Hiroyuki Oki
A concepção do projeto é multisensorial. Com um valor simbólico da função, o local de trabalho do artista ocupa o centro do piso térreo e é o local onde se pode interagir com o significado da sua obra, escutar o seu sentido, observar as sombras e a luz.  

A concepção do projeto é previdente. Sendo uma região sujeita a inundações, as obras ficam resguardadas nos andares superiores. Mas ao mesmo tempo ficam à vista da luz e das pessoas.
© Hiroyuki Oki
 A intenção dos arquitetos era que o local espelhasse a emoção do artista e que as pessoas pudessem ter um contato maior com a sua arte. Acho que conseguiram. 

Localização: Dien Phuong, Dien Ban, Quang Nam Province, Vietnã
Área : 49 m² 
Arquitetos:  www.khonggiannhietdoi.com
Fotografias: Oki Hiroyuki

Leia também:

Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest snapchat: arqsteinleitao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros