Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Livros e o tempo

Imagem
F alando em livros, meu pai ganhou um ótimo : Onde foi parar nosso tempo ?  Do jornalista Alberto Vilas, ele nos remete a um tempo em que havia tempo para coisas como escrever cartas, fazer furinhos em lata de azeite, revelar fotos rebobinar fitas VHS...e se pergunta: onde foi parar esse tempo em que não fazemos mais isso ? Me lembrei do meu tempo de estagiária em Arquitetura em que gastava um tempo ENORMEEEE raspando papel vegetal e passando cera para fazer sombra. Era um processo refinado, a gente passava durex por trás e passava cera de sapato com algodão. Ficava lindo, mas tomava um tempo danado. Isso sem falar no uso do normógrafo . Muito divertida a leitura, recomendo. E sendo esse mais um para nossa enorme coleção de livros, separei algumas imagens de como guarda-los em um ambiente. Fonte   Fonte Fonte Fonte

Organizando a biblioteca

Imagem
Quero !!! Adorei esse vídeo porque todos os que lêem muito imaginam que seus livros possam se auto arrumar...

Museu Fryderyc Chopin - interatividade em prédio histórico

Imagem
Hoje participei do almoço Clio onde o pianista Tiago Halewicz nos contou sobre sua experiência ao visitar um dos mais interessantes museus de Varsóvia que foi reinaugurado em 2010 nas comemorações do  bicentenário de Fryderyk Chopin. A gastronomia ficou a cargo dos chefs Leonardo Magni e Liliana Andriola . Cardápio Entrada Fios de repolho com cenoura caramelada, creme azedo e caviar Prato principal Mil folhas de pato e cogumelos ao perfume de mangerona e molho de natas Sobremesa Torta de queijo fresco com calda de frutas vermelhas Enquanto degustávamos esse excelente menu fomos brindados com uma visita a um museu, ultramoderno em termos de interatividade, localizado em um palácio. O antigo palacete Ostrogski foi reformado por um escritório de arquitetura italiano   e recebeu uma série de equipamentos audiovisuais que o tornam acessível a todas as faixas etárias e tipos de público. É possível fazer uma viagem pelo mundo do compositor de maneira autônoma e de acordo

Casas acessíveis para idosos

Imagem
Nessa semana, no dia 24, vamos comemorar os 90 anos de meu pai. Essa é uma data fantástica e com certeza sei que sou uma privilegiada por contar com meus pais comigo. E nessa trajetória enfrentamos algumas doenças que lhes trouxeram algum tipo de dificuldade. Minha casa, como bom exemplo de uma arquitetura e ambientação de alguns anos atrás, não foi pensada para pessoas que podiam um dia envelhecer. Nem o meu edifício. Há muitos anos atrás eu tive que colocar uma tala de gesso e ao chegar na garagem me deparei com o que ? Seis degraus entre o elevador e o piso da garagem. Subi sentada. Mas hoje meu pai tem maior dificuldade por uma séria artrose no quadril. Pensamos em fazer uma rampa, mas como ela teria que ter uma inclinação muito alta (12,5%), foi decidido que o elevador vais ser rebaixado até o térreo. Mas isso é obra para o ano que vem. No meu apartamento tivemos que fazer algumas adaptações. As principais foram nos banheiros . Tapetes soltos sumiram, e luzes mais claras foram

PRÊMIO ECOLEO DE DESIGN

Imagem
A Ecoleo, primeira revenda de madeira certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council) - Conselho de Manejo Florestal - da América Latina promoveu um concurso em 2009 para premiar o melhor projeto de design que utilizasse madeira certificada. Segundo seu catalogo , " os produtos deviam causar o mínimo impacto no meio ambiente e o uso de recursos naturais devia ser racional. Além da madeira certificada materiais complementares podiam ser utilizados desde que fossem de baixo impacto." Categoria Profissional 1º LUGARna categoria profissional foi esse rack de  NAGIB ORRO Foto : Marcelo Cabral Alguns outros projetos apresentados  Chaise longue Estaia da Pluri Ideias   A Venilia é um vaso de parede  produzido com madeira certificada e cerâmica, criação de Rafael Alonso

Greenvana Eco Store - comprinhas basicas

Imagem
Fonte : Greenvana No Facebook alguns amigos e parentes curtiram a Greenvana , e eu fui lá conferir. E achei a Greenvana Eco Store . E babei nessa bolinha para lavar roupas sem precisar usar detergentes: a  Eco Laundry Ball . Vejam o vídeo abaixo de como funciona. Já comprei uma e quando chegar eu conto como foi a experiência. Comprei também uns produtinhos de beleza, um oleo de argan para os cabelos e um serum organico. E acho que vou comprar um desses daqui para minha gatinha. Acho que ela vai amar.

Trabalhando em meio a arvores

Imagem
Esse intrigante projeto abriga a sede de duas empresas em Paris - a Pons e Huot. Possui salas individuais para os diretores, escritórios abertos para os outros funcionários, sala de reuniões, sala comum de lazer, cozinha e é claro vegetação exuberante.  Uma edificação industrial do século 19 com sua tipica estrutura em aço foi restaurada e ganhou uma unidade de madeira sólida de carvalho e os espaços individuais foram marcados por cúpulas em acrílico que formam um ambiente ao mesmo tempo individual e público, pois a transparência foi usada de maneira a garantir essa visibilidade do ambiente. As árvores Ficus Panda se harmonizam com o ambiente de trabalho, o tornando leve, humano e bonito.   Projeto de Christian Pottgiesser - Veja seu site  AQUI Fonte CONTEMPORIST

Sol, luz e energia

Imagem
Ontem no twitter surgiu a grande questão de quem se preocupa com o meio ambiente e gostaria de fazer a sua parte, mas de maneira compatível com o seu bolso: " Porque tudo que é sustentável em termos ambientais é tão caro?" Bem, nem tudo porque essa realidade vem mudando na medida em que há demanda. Mas ainda faltam várias iniciativas, uma delas levantada por uma adolescente de 15 anos é a participação mais ativa do poder executivo exigindo o uso de energias, materiais e técnicas mais sustentáveis em seus projetos. Me lembrei de uma excelente iniciativa que já tinha colocado aqui no blog em 2008. É uma ONG que tem um super prático de aquecedor solar com projeto grátis ! E acrescentei um video do you tube com a primeira parte da entrevista do Augustin que é o fundador da ONG.    Aqui pelo sul do país estamos vivendo dias de muito frio. Por um lado isso é gostoso porque podemos nos aconchegar, tomar um bom vinho tinto gaúcho - que faz bem à saúde e ao espírito. Por outro lad

Arquitetura nas entrelinhas - Isay Weinfeld

Imagem
“Se eu estou fazendo uma residência e o casal pede para escolher a maçaneta mais barata possível para o quarto de empregada, eu me incomodo. Não sei fazer assim, não suporto a diferença, a discriminação. São meus valores. Tal situação mexe comigo e na hora eu perco a vontade de fazer o projeto.” Isay Weinfeld ( fonte ) Hotel Fasano Fonte             Casa Sumaré Fonte Bar volante, com combinação de cedro, freijó, tauari, timbaúba, aço inox, acrílico e couro Isay Weinfeld, Etel Interiores. Fonte Interiores Modernos Fonte Quando o arquiteto acha o seu estilo, é o começo da decadência. Não acho depreciativo pensar que não tenho estilo. Porque essa é a graça da coisa. Estilo restringe o meu trabalho porque odeio a repetição." Isay Weinfeld

Inovação Inclusiva

Imagem
Mudança de paradigmas. Fazer mais por muito menos para muitos. Essa a mensagem do vídeo abaixo onde o cientista indiano Raghunath Mashelkar nos mostra o que ele chama de Engenharia de Gandhi. Seus exemplos são o carro mais barato do mundo o Tata Nano, próteses e tratamentos de saúde. E foi utilizando um ensinamento de um antigo professor : Foque e você pode alcançar , que ele é hoje presidente da Global Research Alliance, uma rede de institutos de "P&D" dos Estados Unidos, da Europa e da Ásia. Sua ideia é que “ preço baixo e sustentabilidade estão substituindo preço alto e abundância como motores da inovação .” Utilizando as potencialidades da cultura indiana eles conseguem vencer desafios de sua sociedade e lançar lições ao mundo.   AS CINCO REGRAS DA INOVAÇÃO GANDHIANA 1. Desenvolva um profundo compromisso de servir os que não estão servidos 2. Articule e abrace uma visão clara 3. Fixe metas muito ambiciosas para nutrir um espírito empreendedor 4.

Fachadas Homeostáticas

Imagem
Este é um sistema inovador para construções sustentáveis. Essas intricadas linhas labirínticas que revestem a fachada são na verdade feitas em um material flexível que se dobra como um músculo e filtra o calor e a luz, ajustando-se de maneira natural, sem necessidade de ajustes técnicos. A homeostase é a capacidade de um ser vivo se autorregular, modificando-se, se necessário.  A empresa norte-americana Decker Yeadon Architects usou esse conceito para criar esse novo material que reage automaticamente ao calor que recebe, dilatando-se ou contraindo-se. Este sistema regula as condições ambientais do edifício com baixo custo de energia  Fonte : http://www.plataformaarquitectura.cl/2011/02/09/fachadas-homeostaticas-para-edificios-verdes/

Pensando a Arquitetura para todos

Imagem
Nesse instigante texto o colega e amigo Oscar Müller fala sobre a Arquitetura Inclusiva, ou seja a Arquitetura para todos. Como arquiteto e urbanista venho sendo instado a escrever sobre o tema da acessibilidade universal, tão em foco ultimamente. Já li bastante a respeito, e há tanta informação disponível, tantos detalhes muitas vezes repisados, que prefiro tratar o tema sobre um ângulo menos visitado, fincando um pé no real, e tecendo algumas considerações mais conceituais relacionadas com as responsabilidades dos profissionais que buscam atender a esta urgente necessidade social. Acho mais útil comentar os aspectos conceituais, pois o que se pode ver nos espaços e edifícios públicos, me parece um desperdício do esforço na direção da melhora do problema. Dou um exemplo: o equipamento mais simples e comum que vemos diariamente, são aquelas pequenas plaquinhas metálicas em Braile, coladas nos elevadores, para auxiliar os deficientes visuais no momento de pressionar o botão correto.

Ecooler - ar condicionado de maneira natural

Imagem
Essa dica super bacana é do amigo e colega Wagner Goncales que mora na Holanda.  O Ecooler, bolado pelos designers Mey kahn and Boaz Kahn é um dos ganhadores do iida Awards 2010.  Ele é simplesmente um ar condicionado sustentável constituído de um sistema modular interligados por um conector. Essa ligação cria uma tela muito bonita e que pode ser preenchida com água em sistema fechado. Baseado em elementos da arquitetura islâmica esse sistema tem várias vantagens de acordo com o seu site: É silencioso e sustentável, já que usa a evaporação como meio de resfriamento. O resfriamento produzido é natural e preserva a umidade do ar. Trabalha com os sentidos humanos através do som da água circulando, o aroma refrescante de argila úmida, a umidade, as gotas acumulando sem sua superfície contribuem para uma agradável sensação de frescor como se fosse em uma caverna.  Este sistema mantém uma ligação harmoniosa com o exterior e interior, e cria uma tela de respiração entre o homem e o

Planejamento que não planeja, barranco que desbarranca...

Imagem
Com esse excelente texto, o arquiteto e urbanista Oscar Müller nos brinda com reflexões sobre as tragédias anunciadas que acometem as encostas de nossas cidades, vitimas de ocupação irregulares e descaso público. Vale a pena a leitura.    Fonte Os dramáticos acontecimentos desta época de chuvas chamaram atenção de todos nós, mas para o olhar do arquiteto, é a ocupação da encosta, antes da chuva, a prender nossa atenção. Para nossa maneira enviesada de ver as coisas, o protagonista principal desta novela que se repete anualmente não é a chuva, mas a ocupação da encosta. Não é de se estranhar portanto, que neste mundo globalizado onde a troca de informações ocorre tão rapidamente, dois arquitetos (eu aqui em Sampa e o Wagner lá na Holanda) tenham se debruçado sobre a questão, chegando a conclusões que passo a descrever. As questões envolvendo habitação popular nas ocupações em encostas são as óbvias, as favelas cariocas o exemplo mais conhecido de todos, e até mesmo ali o

Grandes ideias para espaços muito pequenos - cozinha

Imagem
Passeando na web achei esse blog e essa brilhante ideia de cozinha modular dos designers Kristin Laass eEbelt Norman . Seu foco é proporcionar funcionalidade para quem precisa cozinhar em um espaço muito pequeno. Ele ocupa 1 m2 fechado e pode ser utilizado como mesa de jantar. Quando aberto revela geladeira, fogão, forno e armários ! Realmente bem bolado ! E mostra como um conceito bem estudado e resolvido pode auxiliar a vida das pessoas

Sendo turista em Veneza

Imagem
Vi finalmente o filme O Turista . Tirando a história obvia cujo mistério matei desde o inicio, as cenas em Veneza são absolutamente glamurosas. Assim como é glamuroso o hotel Danieli que aparece no filme.  Localizado proximo à Praça de São Marcos o Hotel Danieli reúne três belissimos palácios dos séculos XIV, XIX e XX. Segundo o site Blog do Luxo o "Palazzo Danieli Excelsior, datado do século XX, teve seu interior todo reformado e re-mobiliado em 2008, com projeto assinado pelo renomado arquiteto e designer de interiores Jacques Garcia . O mais antigo dos três palácios, o Palazzo Dandolo, é decorado por tradicionais chandeliers em cristal de Murano, colunas de mármore rosa ricamente ornamentadas, antigos e preciosos tapetes, além da elegância do trabalho em ouro presente nos tetos dos ambientes comuns. Este incrível palácio remonta ao século XIV e pertenceu à nobre família veneziana Dandolo. As portas principais deste palácio, entalhadas à mão, se caracterizam por retratar a

Mobilia para seu gatinho

Imagem
Fonte Se gatinho (de 4 patas) vai adorar essas sugestões de mobiliário. Eu gostei desse daí de cima. Além de parecer muito divertido para os felinos, não vai destoar muito em apartamentos ou casas mais modernas. Fonte Esse daqui foi outro que eu gostei demais. Ele é um sistema, tem caixas casa, tem kit comedor. Mas eu juro que fiquei tentada a pegar caixas de papelão, fazer recortes e deixar minha gatinha testar...Vocês não ? Fonte Esse outro é para gatos bem nascidos. Ou endinheirados. Que queiram acompanhar seus mascotes humanos com toda classe. E é um charme, não é mesmo ? Fonte E quem quiser dar um ar sofisticado e fazer seu gatinho feliz sem gastar muito, temos essa sugestão acima que custa algo como $113,00 e é muito interessante, sem dúvida.

Banheiro charmosos

Imagem
Fonte     Achei muito charmosa essa pequena queda d'água sobre a pia. Criação de Mal Corboy Design Outra ideia que me apaixonou por suas formas orgânicas foi essa cuba da Bagno Sasso. Fonte Fiquei imaginando como seria legal ver a água rolando na espiral todo dia. Fonte   Esse lavabo, projeto do arquiteto Leo Romano , na casa Goiabeiras, foge do obvio e por isso mesmo me encantou. Combinação de cimento, madeira e granito levigado* deram ao ambiente um ar rústico, sofisticado e aconchegante. * LEVIGADO: é um polimento "incompleto" aplicado em granitos e mármores, com o desgaste da superfície por meio de abrasivos de granulometria grossa que confere uma superfície áspera, mas plana. Proporciona um efeito mais rústico e a pedra não fica tão escorregadia. Fonte PINIweb

Construa o futuro pensando local

Hoje resolvi seguir o conselho do Tarot e fazer tudo devagar. Em geral corro da cama, faço café idem, passo os olhos no jornal e corro para o note. Parei. Fui fazer minha ginástica ao som de Bethânia, e resolvi aproveitar os minutos de Steep (aquele aparelhinho que simula caminhada sem ser esteira) para ver uma palestra do TED . Eu adoro essas palestras, aprendo muito com elas. E é uma maneira de fazer com que eu passe de 10 a 15 minutos no aparelho. Pois bem, olhem só o que achei ! Uma maravilhosa visita à Escola Verde com John Hardy. É uma escola auto-suficiente em Bali que ensina crianças a construir o futuro de maneira sustentável. Prédios incríveis feitos em bambu por mão de obra local e três preciosas lições: SEJA LOCAL DEIXE O MEIO AMBIENTE LIDERAR ENSINE ALGO QUE SEUS NETOS POSSAM CONSTRUIR . Translated into Portuguese (Brazil) by Nadja Nathan

Escritório e quarto de hóspedes em espaços pequenos

Imagem
Adorei esse sistema Combi Bed da Häfele para criar espaços polivalentes. Para nossos modernos apartamentos cada dia menores, nada como um mecanismo que transforme um quarto de hóspedes em escritório como se fosse um passe de mágica.

Onde você trabalha melhor ?

Imagem
Os novos escritórios tem sido pensados com locais de lazer, onde os empregados possam descansar nos seus horários de folga. Abaixo alguns exemplos de espaços comerciais bem agradáveis e criativos: Fonte   Fonte Fonte Fonte   Mas cá entre nós, onde realmente você trabalha melhor ? Jason Fried apresenta sua teoria sobre como os escritórios não são bons locais para trabalhar. Segundo ele, as interrupções a que somos submetidos em reuniões, por exemplo, acaba por tolher a produtividade. E diz ainda que nenhum trabalho criativo consegue ser bem feito em 15 minutos. E eu concordo. Talvez por isso muitos de nós ainda acabam por usar horas extras para poder terminar algo que poderia ser feito na rotina de um dia de trabalho. E dispensar horas de lazer para o ...lazer. Para a leitura, para ver vídeos como esses. Vale a reflexão.  Traduzido para o português (Brazil) por Rodrigo Ferraz

Projeto, pra que te quero

Imagem
Cada vez mais vejo clientes me procurando com o prazo de execução já no limite, com tempo mínimo para elaborar o projeto. Compreendo que o tempo é a grande commodity moderna e sigo atrás dele como todo mundo. Mas para que eu realmente possa ser a solução para o meu cliente, é necessário um tempo minimo para discussão do projeto, apara de arestas, resolução de todos os pontos necessários. Esse tempo é variável para cada problema apresentado, mas é ele que vai garantir que a execução seja rápida e sem transtornos. Porque sempre alerto, mudar no papel é fácil e barato. Mudar na obra é complicado e caro. Portanto, se você quer tirar partido de seu arquiteto, descreva para ele seus sonhos, suas necessidades e a cada solução que ele lhe trouxer, discuta, esmiúce, pergunte todos os detalhes de como seu espaço vai ficar na verdade. E não tema o tempo que isso lhe irá custar. Será recompensado pelo resultado final.