Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Abundância de chamas e imagens - como falam de amor os arquitetos?

Ouvindo cartas de amor de grandes poetas e escritores me peguei pensando: Como se expressam os arquitetos quando amam? Procurei então alguns exemplares em rápida pesquisa na web e confesso que não achei muitos. Talvez os arquitetos amem de forma mais discreta. Ou se expressem concretamente em formas e cores que perdurem eternamente em suas criações.... 

O tema do 53º Sarau Literário Zona Sul que aconteceu no Café do Margs (Porto Alegre) a convite da AJEB, tinha o sugestivo nome de "Homens Poetas e a abundância de chamas", inspirado em uma das cartas lidas e que deu origem ao nome da postagem. 

Cartas de amor. Quem nunca escreveu e/ou recebeu uma? Nem que seja para deixar guardada no meio da falta de coragem de se expor. Uma pena. Cartas de amor fazem bem. Não apenas para quem as recebe, mas mesmo para quem furtivamente, se apropria das palavras de outrem para sorrir pelos sentimentos que são belos. Felizes os enamorados!
E as pessoas que não se contentam em escrever? Tem que de…

13 Ideias super criativas para paredes

Estava em uma palestra almoço sobre o pintor francês Édouard Vuillard no Studio Clio, me deliciando com a excelente gastronomia do local e com a palestra do professor José Augusto Avancini quando ele fez uma observação que me calou fundo. Era sobre as casas europeias e a "síndrome da parede vazia". Que aliás não os acomete, ao contrário das culturas mais novas americanas. 

Fiquei pensando sobre isso e confesso que não achei nenhuma pesquisa que corrobore essa teoria. Mas me vali então de minhas lembranças pessoais e da memória afetiva das casas de minha infância. Todas as paredes eram repletas. Tudo bem que sou meio acumuladora e adoro guardar coisas e objetos que me lembrem o passado e que, embora achando bem bacana certos espaços minimalistas e sua higiênica e elegante limpeza, me agrada que minhas paredes falem de vida e que sejam cheias de criatividade!  

Assim separei algumas ideias para todos os tipos de anseios e necessidades de abastecer paredes de mensagens e  recorda…

12 Ideias de como usar espelhos na decoração

Espelhos são dos recursos mais valiosos em uma ambientação, especialmente de ambientes pequenos. Vamos ver algumas ideias de como usa-los em vários ambientes?

 1- Molduras antigas: Ou mesmo esquadrias podem se transformar em charmosos meios de embelezar a sua sala de jantar.
2- Hall de entrada ou canto de quarto: Mora de aluguel? Está com orçamento apertado? Um espelho, mesmo aqueles comprados prontos, pode ficar bem charmoso sobre um caixote. 
3- Reaproveitando: cavaletes e toda espécie de adornos que podem ser cavocados nos guardados podem embelezar uma entrada. E o espelho em uma antiga moldura amplia a decoração. 
4- Fotos de família fazem uma bonita combinação com um espelho retangular e podem ficar ótimos em uma entrada ou em um dormitório. 
5- Qualquer penteadeira fica muito elegante com um espelho emoldurado com uma charmosa moldura trabalhada que pode ser garimpada em sebos de móveis. 
6- Simplicidade e elegância. Um aparador simples e um belo espelho de moldura mínima fazem toda …

Casa de chá de Buda

Tudo o que andamos precisando nesses dias agitados, um local para retiro espiritual. Neste caso, uma casa de chá budista criada em total harmonia com a natureza que a cerca. Localizada em Tangshan, na China, é projeto do arquiteto Han Wenqiang, do Archstudio.cn


Uma forma absolutamente elegante, enxuta em formas e que se mescla à paisagem no grande terreno às margens do rio onde se situa. Poucas alterações foram realizadas e poucas árvores tiveram que ser removidas.
Aliás as árvores foram homenageadas e preservadas em seus espaços naturais, onde suas formas se revelam em toda a sua beleza. 
O prédio de quase 170 m2 tem cinco espaços definidos, a entrada, a sala de meditação, a sala de chá, o salão e o banheiro, como se fossem troncos de uma árvore. 
Os materiais naturais, da madeira aos seixos dos jardins se harmonizam com o concreto e o vidro e garantem um espaço de intensa beleza e em tudo propício ao encontro consigo mesmo e com a divindade. 
Veja também:  Casa de chá: transforma o anti…

Upcycle House - novo projeto sobre as ruínas da antiga casa

Vocês não tem aqueles dias em que dá vontade de fazer tudo de novo? Eu tenho - e na verdade estou no meio de um deles. Mas a gente para e pensa que também não dá para jogar fora o que se acumulou de experiências e vida, não é verdade? E se desse para fazer tudo de novo, aproveitando o que já se tem? Bacana, não é mesmo? Pois foi o que esse estúdio australiano fez. Usou os materiais e elementos de uma antiga casa para um novo projeto que batizou de
Eco-xperiment, ou como eles mesmos definem em seu site:  Um lugar para praticar algumas abordagens experimentais para arquitetura sustentável. O arquiteto Alexander Symes aproveitou os materiais do antigo prédio existente no terreno para dar uma nova roupagem e construir uma nova proposta. Já mostrei AQUI um exemplo semelhante de projeto feito no Paraguai. Chamamos isso de upcycle.
A diferença do upcycle para a reciclagem é que essa última usa energia para transformar algo velho em novo, enquanto o primeiro usa resíduos em fim da vida naquela fu…

Arquitetas/os e o amor: uma relação complexa

O modulor de Mestre Corbu espargindo amor...encontrei em uma postagem com 105 cartões para o Valentine's Day (o dia dos namorados lá de fora). Mas poderia muito bem representar a relação de muitos profissionais com a Arquitetura. Um profundo, apaixonante, as vezes esquizofrênico, namoro cheio de excelentes momentos, muitas DRs e várias expectativas....
Lembro disso nesse início de junho, perto do dia 12, quando se comemora aqui no Brasil o dia dos Namorados e vemos as lojas, TVs e redes sociais se encherem de corações e mensagens enamoradas, cooptando os apaixonados a exercerem o seu papel no nosso mundo (ocidental). O qual seja, consumirem ao mostrar o seu amor. Seja em joias, flores, roupas, jantares ou horas de êxtase em motéis, o dia deve ser marcado pelo que se considera romantismo.
Não me entendam mal: adoro demonstrações de amor. (agora mesmo escrevo para vocês escutando Bethânia derramar canções de saudades e amor). Fico imaginando que o amor ao lado de quem se ama é tão go…