Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2004

MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Ciro Perondi

"A arquitetura é um discurso sobre a vida. Você preenche uma folha em branco com aquilo que há dentro de si. Então, se você leva uma vida "pequeno-bruguesa", lê livros medíocres, escuta música ruim e assiste a determinados programas de televisão, seu imaginário será pobre. Logo, sua arquitetura também será pobre. O que fazemos na Escola da Cidade é ensinar o aluno a refletir sobre a arquitetura e, de alguma forma, educar as pessoas para o Brasil, formar cidadãos conscientes da realidade do seu País e do tipo de arquitetura que eles devem ou não praticar." Entrevista para AU nº128/nov. de 2004

Conselho de Arquitetura e Urbanismo - CAU

O Senado Federal aprovou hoje, 24 de novembro de 2004, por unanimidade, na reunião da Comissão de Assuntos Sociais, o Projeto de Lei nº 347/03 que regulamenta a Arquitetura e Urbanismo e cria os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo - CAU Conselho Diretor do IAB-RS A tramitação do projeto pode ser acompanhada na página www2.senado.gov.br/sf/ entre em Atividade Legislativa/link Matérias e digite o número do Projeto (347) e o ano (2003)

Cartier-Bresson, os livros e a Praça

Véspera de finados, segunda luminosa de primavera com gosto de ressaca eleitoral. Fazer o quê em um semi-feriado ? Tomar um banho de civilização e correr para a Praça da Alfândega em Porto Alegre para percorrer as barracas da 50º Feira do Livro que acontece todos os anos e torna mais linda essa cidade. Uma parada aqui e acolá e eis que o bolso fica mais leve e a biblioteca mais apertada. Dois livros do Prof. Ivan Izquierdo , Tempo de Viver e Silêncio por favor ! E ainda O lugar da Crítica da Ruth Verde Zein e Habitat Latino- Americano do Roberto Segre . E nada para levantar a moral e se sentir em pleno primeiro mundo do que fazer uma visita à exposição de fotos OLHO VIVO com fotográfos brasileiros e as fotos (imperdiveis) de Henri Cartier-Bresson. Está no magnifico prédio do Santander Cultural .

Paulo Mendes da Rocha - Entrevistas

Imagem
" Essa é uma questão mais particular, porque tudo é público. A idéia de espaço já envolve o público. Não há espaço privado. O conceito de espaço contém a dimensão pública, uma dimensão pública de seja o que for. Você vê a casa da dona Zica, da Mangueira, que fazia a feijoada. A casa dela se tornou pública. Não há espaço privado, é público se é espaço." A revista Carta Capital está reproduzindo no seu site http://www.carosamigos.com.br/ uma entrevista muito interessante com o arquiteto Paulo Mendes da Rocha. (como o link antigo não existe mais, consegui resgatar a entrevista AQUI ) PS: Entrevista para o jornal El País (2015) O que está em debate em São Paulo é a estupidez do automóvel Entrevista para o Vitruvius