Postagens

O Studio Clio fica na memória

Imagem
  A simpática casinha na Cidade Baixa que tantas memórias afetivas e culturais passa para outras mãos. Não sei o que vai acontecer com ela. Lembro que antes de abrigar o Studio Clio , foi o Studio Flavio Del Mese.  Muito antes das viagens e os registros se tornarem corriqueiros, o viajante Flavio nos encantava com os slides de suas viagens em concorridas apresentações. Meus pais eram assíduos frequentadores.  Mais tarde, em 2005, quando meu pai passou meses em um hospital, soube que o Chico tinha lançado um projeto inovador em Porto Alegre: o Studio Clio. Conhecia o Chico e sua família de férias em Garopaba, depois de projetos para seus pais, avós e ele mesmo. Sempre tive grande carinho por todos eles. Já nesta época, o Chico tinha se tornando o Prof Dr Francisco Marshall, um apaixonado pelo helenismo, pelo humanismo, pela História e pela cultura. Tudo isso ele, e sua equipe, tinham em tão alto grau que não permaneceu só para eles. Criaram um espaço que fomentasse a difusão das mais va

Perdemos bibliotecas públicas e com elas um futuro mais inovador

Imagem
Estes dois prédios, tão distintos, tenho na memória com afeto e gratidão. São duas bibliotecas onde passei horas preciosas pesquisando e aprendendo. A primeira é a Biblioteca pública do estado do Rio Grande do Sul , localizada em Porto Alegre, cidade onde passei anos de minha infância e onde moro atualmente. O outro é a Biblioteca Central do Campus Darcy Ribeiro da Un B, em Brasília, cidade onde morei e comecei a cursar arquitetura. A pequena que cruzava a Praça da Matriz em Porto Alegre e entrava no prédio imponente, construído na primeira metade do século XX, com projeto de Affonso Hebert, subia as escadas de um edifício escuro em que o pé direito monumental e as salas silenciosas e ricamente detalhadas guardavam tesouros que a impressionavam pela possibilidade do conhecimento. Ali li e aprendi. A jovem que iniciava o curso de Arquitetura em um campus, na época afastado de casa, passava os dias por ali e muitas vezes se refugiou nas imensas salas do recém inaugurado palácio do saber,

Fachadas cobertas de musgos com baixa manutenção

Imagem
Não sei vocês, mas quando eu penso em construções e musgos sempre imagino algo como abandonado e meio místico, uma casa de fadas, duendes e druidas. Pois uma empresa holandesa, a  Repyre , bolou uma forma de fazer o musgo crescer em concreto e em reboco de concreto. Projetaram um concreto com nutrientes na sua composição e que retém água, fazendo deles um ambiente perfeito para o musgo crescer.    Fantástico, mas porque fazer isso? Já não acontece de forma espontânea em construções que estão em locais sem muito sol?  Em primeiro lugar todos já estão conscientes da utilidade de paredes e telhados verdes . Conforme matéria do site Material , " além da estética, por meio da evapotranspiração da água retida, o musgo pode resfriar a estrutura. A fachada verde protege a estrutura das forças do clima, o que pode contribuir para prolongar a vida útil da estrutura. Finalmente, o musgo tem propriedades de purificação do ar. "  E o sistema proposto pela Repyre não necessita apoios exter

Entre Cida Moreira e a gratidão pela herança

Imagem
Hoje acordei muito Cida Moreira, cantando rouco e poderoso como o sol que auge na cidade fria de inverno. Um cansaço atroz e patético na alma, no corpo, na cabeça, no tudo que me contorna. Um tempo de música para recuperar, ao lado do copo d'água que já li que hidratar ajuda. Chorar também. Mas ando desidratada de lágrimas, tantas já caíram em tempos passados. Agora não mais. Não estou mal. Não se preocupem. Estou sobrecarregada. Aquilo que acontece quando a gente ultrapassa os limites. E não recarrega. Ou recarrega meia boca. A bateria arria, pifa, vai pro saco. Funciona devagar. É o que me acomete. Nem as palavras me salvam. Nem as escritas nem as lidas. Cada página vira um amontoado de letras onde algumas fazem sentido para logo sumirem no buraco negro da mente repleta. Ao lado das informações diárias, das manchetes enviesadas, das fofocas, das coisas sérias, dos horrores. Nem os gatinhos fofos conseguem mais tapar a escuridão que nos acomete. Mesmo em dias ensolarados. Queria e

10 dicas de como escolher um bom sofá para ver tv

Imagem
Hora de comprar um sofá novo para ver TV. É necessário que a gente pense em vários aspectos já que é uma compra que não é barata e a intenção é que dure algum tempo. Ou seja, um investimento a se pensar. Então tenha as medidas do espaço onde ele vais ser colocado para poder escolher com propriedade. Abaixo coloco 10 dicas do que prestar atenção ao comprar seu novo sofá para a sala de TV. Não esquecendo a distância entre a TV e ele.   1. Escolha um sofá que tenha o tamanho certo para o seu espaço . Não escolha um sofá que seja muito grande ou muito pequeno para a sua sala. Por isso a importância de medir bem o espaço onde ele ficará.   2. Escolha um sofá que seja confortável . Se você vai assistir TV por muitas horas, você precisa de um sofá que seja confortável para você. Eu aconselho que sente no sofá, deite se for preciso, para sentir como se sente nele. Não se deixe levar apenas pela impressão estética, faça um test drive. 3. Escolha um sofá com um bom apoio para a sua coluna . Se v

13 dicas para uma decorar uma sala com pouco dinheiro

Imagem
Não está fácil para ninguém é um chavão nem sempre verdadeiro. Ninguém quem, cara pálida? Para os que vivem de salário apertado ou para quem é pequeno empresário sobrevivente em tempos difíceis. Ou para a grande maioria das pessoas que precisam ter um ambiente bacana nas suas salas, mas com poucos gastos. Mas lembre-se que orçamento apertado ou limitado não significa o que a gente chama de economia torta. Leia mais sobre isso na postagem Bom, bonito e barato II . Vamos então para as  13 dicas para uma decorar uma sala com pouco dinheiro 1. Seja criativo e use o que você tem.  Olhe com carinho e muito foco para as peças que você possui e pode aproveitar. E aí se torna bem palpável que peças boas duram mais. Um sofá em bom estado, uma mesa de boa resistência que possa ser modernizada com cadeiras novas, ou mesmo renovadas com troca de revestimentos.   2. Pesquise e compare preços .  Sempre necessário. Pesquise, olhe, compare. Lembre que bons preços podem ser encontrados em lojas outlet,

10 erros de arquitetura e execução que encarecem uma obra

Imagem
As obras de arquitetura são cada vez mais complexas e caras, e os erros de projetos podem encarecer ainda mais uma obra. Como arquitetos e engenheiros precisamos trabalhar cada vez mais em equipe, é importante que todos os envolvidos na concepção e execução de um projeto estejam alinhados para evitar erros que possam encarecer uma obra. Neste texto, vamos listar alguns dos principais erros de projetos de arquitetura que podem encarecer uma obra.  1. Usar materiais inadequados , como madeira ou metal forjado, na construção de uma obra. Isso reduz a durabilidade da construção e aumenta o risco de acidentes. 2. Usar uma estrutura inadequada . Esta pode causar problemas no funcionamento da obra, como na transmissão da energia ou na manutenção.  3. Não planejar ou executar a obra de forma adequada . Isso pode causar danos na estrutura da construção, na qualidade do material usado e na durabilidade da obra.  4. Usar bens públicos como estrutura de uma obra sem o devido planejamento . Isso p