Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

29 ideias para deixar a criatividade fluir

Fantástico vídeo, devíamos assisti-lo várias vezes por mês para não esquecer de nenhuma. São atos simples, mas que deixamos de lado em função da produtividade. Quando a vida nos pede muitas vezes que apenas tentemos ser felizes.  


29 WAYS TO STAY CREATIVE from TO-FU on Vimeo.

E qual é a sua versão ?

Versão by lenarastein featuring tops

Cada vez mais a verdade é uma versão. Antigamente, e isso quando eu era pequena, as verdades costumavam ser buscadas em enciclopédias. Elas eram críveis para nós, que as buscávamos em  um mundo que mudava bem mais devagar. A minha confiança em jornais e livros se abalou quando morava em Brasilia. Época da Ditadura militar, censura de imprensa. Comecei a comparar o que sabia estar acontecendo e o que saia nos jornais. Devia ter uns 14 anos, mas me lembro bem do sentimento de que nem tudo o que se lê nas manchetes é o que realmente acontece. Depois me surpreendi com uma versão da nossa história lida em um pais vizinho onde nossos heróis eram vilões. E compreendi que a versão depende do lado de quem vive a história. 


"Quem controla o passado, controla o futuro: quem controla o presente controla o passado. E no entanto passado, conquanto natureza alterável, nunca fora alterado. O que agora era verdade era verdade do sempre ao sempre. Era bem simples…

Uma história de amor

Porque hoje é domingo, é verão, é tempo de ser e estar com. E nesses nossos dias de comunicação virtual instantânea e real nem tanto, nada como uma história que tenta romper essas barreiras contada de forma criativa. 

Uma história filmada em NOKIA8 e vencedora de competição. Muito bom !

Splitscreen: Uma História de Amor.



Splitscreen: A Love Story from James W Griffiths on Vimeo.

Sagrada Família em contínua execução

Um dos prédios mais fantásticos que já vi na vida é o Templo Expiatório da Sagrada Família de Antonio Gaudí. Gaudí é aquele arquiteto da Catalunha que construiu obras louquissimas e absolutamente maravilhosas. E estava pesquisando no meu G.mail e achei uma correspondência de 2005 (!) com fotos das obras da Sagrada Família. Achei que seria de todo interessante compartilhar aqui.

Quando Gaudí assumiu o projeto e a execução do prédio ele ainda era um jovem arquiteto e levou toda a sua vida burilando e interagindo com ele. Quando morreu ainda faltava muito para que ficasse concluído. E estimativas atuais dizem que isso só ocorrerá lá por volta de 2030. E o mais interessante é que Gaudí não só modificou o projeto existente, como não fez um planejamento como estamos acostumados a conceber. O prédio foi se fazendo. A medida que os anos passavam, ele ia acontecendo. E quase que A Sagrada Família e Gaudí eram uma mescla. Tanto que quase nada restando do que Gaudí pensava de como deveria ser a f…

Manutenção da madeira

Nessa época de verão muita gente migra para o litoral e é hora de pensar na manutenção de portas, peitoris, as vezes casas inteiras de madeira. Eu tenho uma preferência declarada pelo uso dos stains. Abaixo reproduzo um artigo sobre a diferença entre verniz e stains. Tudo bem, ele é feito por alguém que trabalha numa empresa que produz stains, mas está tudo explicadinho como eles funcionam e as diferenças básicas. Uma delas, a manutenção. O Stain você só reaplica e quando muito limpa a superfície, se houver desgaste do material. 


E para quem quiser testar um produto com apelo mais ecológico tem o Eco Stain AQUI









Autor Rafael Ferreira 

Ainda são comuns as dúvidas dos usuários quanto às diferenças entre verniz e stain. Na hora de escolher o acabamento para madeira, é bom conhecer bem para ficar com o melhor.

As dicas valem para todos: arquitetos, engenheiros, pintores, construtores e proprietários de imóveis. Quem conhece as vantagens e diferenças entre vernizes e stains de alta qualidade ec…

Pequeno, mas cheio de personalidade

Comprou seu apartamento ? Vai fazer a vistoria e se dá conta o quanto ele é pequeno ? Calma, espaços existem para serem aproveitados. E mesmo sendo reduzidos, podem ter personalidade e muito charme. Além de serem muito funcionais. Veja esse exemplo de 48 m2 que achei AQUI




Pesquisando espaços alheios

Arquiteto gosta de pesquisar espaços alheios. Quando saímos nossos olhos ávidos correm por detalhes, enxergam defeitos, querem saber como as coisas foram feitas e se, na prática, funcionam. E vez por outra reunimos um acervo de fotos daqui e dacolá. Clientes nos mandam coisas que gostam e essas vão se juntando às nossas e vem daí que as vezes dá vontade de repartir. 
Uma amostra de como usar cores fortes, sem cansar demasiado. Um espaço de repouso com as práticas lareiras de etanol que democratizaram o ficar olhando as chamas sem necessidade de muita obra (ou nenhuma na verdade)   
 I
Toques delicados de amarelos trazendo vida e luz. Notem que a sutileza, em todas as artes, é sempre mestra do bom gosto. 
Verde ? Madeira ? No banheiro ? Sim e porque não ? O seu sonho é importante e nunca deve ser desmerecido. Sua casa é seu reino. Faça valer essa máxima. Crie um jardim nas alturas e se permita colher verduras frescas mesmo morando em apartamentos.
E se faltar verba, que nunca falte o bom g…

Recanto Zen

E quem nunca sonhou com um recanto todo zen, só para estar consigo mesmo ? Há muitas maneiras de fazer isso, com mais ou menos espaço, com mais suntuosidade ou apenas em um pequeno detalhe como um jardim de mesa ou uma pequena fonte.

Independente de crenças ou costumes, creio que há em nós uma necessidade de um lugar em especial dentro de nossas casas que nos tranquilize, que nos remeta a um local ancestral de quietude e paz.   

Uma sala inteira, um espaço clean e ao mesmo tempo etéreo e simbólico. Um estado de espírito. Um conceito. Mais que uma tendência, um recanto zen ou seja lá o nome que quiser dar, deve vir de dentro. É um espaço para se ser. Para se estar com. Para meditar. 




Reforma cria studio minimalista

Essa reforma criou esse belo espaço minimalista em Turim, na Itália. Projeto do Studiota (gostei do nome). E gostei plasticamente de vários detalhes internos. Essa escada , por exemplo, é maravilhosa. Leve, o detalhe do corrimão rasgado na parede e da prateleira no meio dela é genial MAS...eu juro que detestaria subir por ela. Descer então nem pensar. Nada acessível. Já os gatos iriam adorar.

Agora esse quarto...maravilhoso. Nada a ver comigo, mas que ele está sucinto, isso está. Gosto muito dessa linguagem de rasgos.


Fotos e fonte

Da cama se vê a lua

Olha o Loft da reforma ganhando vida e ocupação. O Marco não aguentou esperar a conclusão e se mudou de colchão e geladeira para o novo espaço. Da cama do casal se vê a lua, as estrelas....e no horizonte a Serra da Cantareira.

Metade do primeiro piso ainda é canteiro de obras, mas já dá para cozinhar. No piso superior a mudança ainda está encaixotada, uma viga do antigo telheiro (todas foram aproveitadas!) que será usada para suportar a bancada de trabalho. 
Colaboração de Oscar Muller



Bacana mostrar obras de gente como a gente, que vai fazendo aos poucos e não abre mão de seus sonhos. 

De onde vem as boas ideias ?

É o que nos mostra de forma bem divertida Steven Johnson no vídeo abaixo. 

Casinha na praia

A nossa noção de privacidade tem muito a ver com o olhar do outro, mas quando esse olhar é o da natureza, essa falta de privacidade se confunde com a liberdade. Amplas áreas envidraçadas, essa casa mexicana (projeto de Elías Rizo Arquitectos em Jalisco) permite ao seu morador que interaja com o mar, com o vento, com a visão e a amplitude. Devem haver alguns problemas de ordem prática, por exemplo, manter limpos esse vidros todos, mas essa concepção de casa de praia me agrada. Um local para se estar. Um local para se abrir. Um local para contemplar.













Fonte e fotos