Pesquisando espaços alheios

Arquiteto gosta de pesquisar espaços alheios. Quando saímos nossos olhos ávidos correm por detalhes, enxergam defeitos, querem saber como as coisas foram feitas e se, na prática, funcionam. E vez por outra reunimos um acervo de fotos daqui e dacolá. Clientes nos mandam coisas que gostam e essas vão se juntando às nossas e vem daí que as vezes dá vontade de repartir. 
Uma amostra de como usar cores fortes, sem cansar demasiado. Um espaço de repouso com as práticas lareiras de etanol que democratizaram o ficar olhando as chamas sem necessidade de muita obra (ou nenhuma na verdade)   
 I
Toques delicados de amarelos trazendo vida e luz. Notem que a sutileza, em todas as artes, é sempre mestra do bom gosto. 
Verde ? Madeira ? No banheiro ? Sim e porque não ? O seu sonho é importante e nunca deve ser desmerecido. Sua casa é seu reino. Faça valer essa máxima. Crie um jardim nas alturas e se permita colher verduras frescas mesmo morando em apartamentos.
E se faltar verba, que nunca falte o bom gosto.

Fotos colhidas em várias fontes na Web - perdi os links, se alguém souber me avise que eu coloco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Zerno, uma semente para o amanhã

Um dos efeitos da pandemia que assola o mundo no começo da segunda década do século XXI é um desejo de volta a uma vida mais em contato com ...