Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

Construção comercial sustentável na Alemanha

Fonte: Portal Fator Brasil – 20.06.2008

Alemanha - Maior fabricante mundial de tetos solares automotivos, a Webasto acaba de inaugurar uma nova sede na cidade de Gilching, na Alemanha. Com investimentos de 30 milhões de euros, as novas instalações contam com quase 20 mil m² de área construída e já se tornaram referência na Europa entre as chamadas construções sustentáveis.

O telhado do prédio, por exemplo, com 1.150 m², é de vidro coberto com fotocélulas capazes de produzir até 46 kW, atendendo integralmente as necessidades de eletricidade do prédio. Para se ter idéia, essa quantidade de energia é suficiente para manter mais de 4 mil lâmpadas de 11 watts continuamente ligadas. Considerado a maior superfície modular semitransparente da Europa atualmente, o conjunto do telhado ainda protege o interior do edifício dos raios solares.

Entre outras atividades, a nova unidade de Gilching é responsável pelos testes de aquecedores de carros da Webasto. Na sala onde acontecem esses te…

Reciclagem de lâmpadas fluorescentes

Fonte: SBT - 17.06.2008 Brasil - O descarte de lâmpadas é hoje um grande problema ambiental por conta dos materiais tóxicos. Visando a atender esse mercado, um engenheiro paulista inventou uma máquina que recicla lâmpadas fluorescentes. Uma reportagem do Jornal do SBT mostrou a invenção e como algumas empresas passaram a dar novo destino às lâmpadas inutilizadas.

O Brasil consome cerca de R$ 100 milhões de lâmpadas fluorescentes por ano, mas apenas 6% passam por algum processo de reciclagem. O engenheiro Roberson Nery explicou que a idéia surgiu porque grandes empresas não sabiam como descartar esse material. Em 2004, o engenheiro colocou a idéia em prática, conseguindo a reciclagem de todos os componentes dessas lâmpadas. Atualmente, são cerca de 200 clientes em todo Brasil, com meta de abrir 80 novas unidades.


OLEDS

Fonte: In Forum Associated Press - 19.06.2008 Estados Unidos - Novos diodos emissores de Luz, uma tecnologia que está sendo denominada como o futuro da iluminação, têm ultrapassado as lâmpadas fluorescentes em eficiência energética, de acordo com uma companhia em Nova Jersey. A Universal Display Corp. disse que os diodos produzem 102 lúmens, que é uma unidade de medida do fluxo luminoso da iluminação, por watt. A maioria dos modelos fluorescentes utiliza de 50 a 90 lúmens por watt e as lâmpadas de tungstênio em torno de 13 watts.

Os OLEDS já são utilizados em displays de celulares e em um modelo de televisão Sony, mas ainda não são comercializados como nova forma de iluminação.

CIDADES

As cidades, sinto-as febris como adolescentes, dançando sobre as pistas da sua própria luz, consumidas por uma inquietação difusa, cruéis, livres, impuras, amantes, absolutas de novo, com toda a sua sujidade inaugural. Sítios de queda e construção, leviandade e levitação, onde os acontecimentos se precipitam em cadeia e a verdade pequena de cada um existe verdadeiramente, alertando a composição química do todo a cada passo. Dizia às vezes que as cidades cansam, de desalmadas. Fazes-me falta - Inês PedrosaUma cidade, com suas ruelas e caminhos infinitos é um caos a organizar. Seus espaços escondem vidas e hábitos que nos fazem cidadãos e participantes da organização de uma sociedade. Nossos hábitos nos fazem animais sociáveis, egressos das cavernas e formadores de núcleos. Núcleos que fazem civilizações e formam culturas. Hábitos que fazem edificações que se amontoam e ruas que perdem suas identidades com uma rapidez infinita. Nossas cidades refletem a nossa ausência de valores, o noss…