Pular para o conteúdo principal

Harmonização do vinho - ambiente, comida, aroma



Vinhos. Cercados de mistérios e rituais, sagrados e profanos, vinhos pedem locais especiais para serem guardados, vinhos simbolizam uma relação especial com a vida, com a sedução.  

Já falei muitas vezes em ambientes especiais para degustar o vinho, em cantinas e em locais para a sua degustação. Mas ainda não tinha falado aqui na sua harmonização. Vinho também simboliza harmonia. E por isso gostei demais desse texto leve e bem humorado do mestre Schiffini sobre harmonização de vinhos.    

  Harmonização de vinhos por mestre Schiffini

Harmonização, você pode começar pelo vinho ou pela comida.. 

Você pode harmonizar pela cor, pelos aromas, pelo sabor e pela textura do vinho.
Você pode harmonizar pela cor, pelo aroma, pelos sabores e pela textura das comidas.


O vinho possui resumidamente 5 componentes:

  1. álcool percebido pelo calor que sobe, que queima do estomago para a boca.
  2. açúcar residual percebido na ponta da língua
  3. acidez percebido pelo frescor ao colocar o vinho na boca, faz a boca aumentar a saliva.
  4. taninos percebido por secar a boca e ser amargo
  5. CO2 , gás carbônico, percebido pelas borbulhas, só em espumantes. 
 


As comidas podem ser:

  1. mais ou menos salgadas, o sal serve para realçar os sabores.
  2. mais ou menos adocicadas.
  3. mais ou menos amargas: exemplo: aspargos, alcachofra
  4. mais ou menos acidas azedas: tomate e seus sucos, iogurtes e o umami, glutamato de sódio para realçar o sabor. 
  5. além disso podem ser mais ou menos secas.
  6. e mais ou menos suculentas .

Agora segundo as pesquisas de Pietro Mercadini


  • Uma comida doce (sobremesa pede vinho mais doce): caso contrário é melhor beber água.
  • uma comida seca, pede vinho que molhe a boca, ou seja com boa acidez.
  • uma comida suculenta pede um vinho que seque a boca ainda mais se a suculência vier de gordura e ou oleosidade exagerada.
  • cuidado com o sal da comida, ele realça o sabor do vinho para o bem ou para o mal: um vinho tânico ficará muito mais seco e amargo. Exemplo: os peixes, bacalhau já são salgados.
  • Tanto o álcool como a acidez são usados pelos garçons para limpar
  • as mesas engorduradas dos bares.... Logo um vinho bem alcoólico vai bem com um risoto bem amanteigado e com bastante queijo parmesão
  • Agora o risoto deverá ser de algo como funghi, se for de legumes, vegetais, pera, algo ligeiro pediria vinho branco mais delicado, floral frutado, e aí vinho branco não costuma ter tanino e é difícil ser muito alcoólico....


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Curta no Facebook  Assine no Flipboard

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

A prática do urban sketching - recomendação de livro

Um dos hábitos mais prazerosos da vida é viajar, mesmo que seja na própria cidade. Percorrer caminhos com calma, caminhar e parar, olhar e registrar. Não apenas com o celular, mas também com as mãos. Acha complicado? Pois este pequeno grande guia vai facilitar bastante esta fascinante descoberta da prática do desenho urbano (urban sketching).

O livro tem um formato quase de bolso, é ricamente ilustrado e super didático, com páginas em branco para exercícios práticos, após cada explicação. É um excelente companheiro de passeios e pode ser utilizado sem contra indicações e sem parcimônia. Na versão brasileira não vem acompanhado de canetas (nem sei se vem em outra versão, mas vi a recomendação e repasso). Mas fiquei tão fascinada que, além do lápis comum, comprei quatro canetas artísticas PITT pretas para treinar.   
O que é urban sketching? Existe uma organização chamada de Urban Sketchers com regras e com um blog onde as pessoas podem publicar seus desenhos. Eles organizam encontros …

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.