Pular para o conteúdo principal

O dia que esbarrei em Carlos Bratke

Entre as noticias de partidas desse plano - e são tantas que a gente mal tem tempo de respirar, que já parte outro. Hoje foram Zygmunt_Bauman ( "Vivemos tempos líquidos. Nada é para durar") e Carlos Bratke

A arquitetura seria a antítese da liquidez que não perdura. Teoricamente o arquiteto vive de erigir. De tornar perene. De fazer um sonho acontecer de forma concreta.

Quando enfim me formei, lá pela década de 80, eu tinha meus ídolos. Um deles era Carlos Bratke.
Carlos Bratke: Edifício Jacarandá, São Paulo
Ele tinha uma ousadia, uma maneira de expressão que eram para mim, na época, muito inspiradoras. Tinha uma secreta vontade de trabalhar com ele. Dessas vontades que ficam guardadas dentro da gente. Principalmente quando a gente aqui não é atirada e não vai bater na porta dos ídolos com a cara e a coragem (e a produção da faculdade que era a única coisa que tinha para mostrar). O tempo e a experiência me mostraram que isso nem é loucura. Que muitos profissionais curtem quem é ousado e que a única coisa que pode acontecer é levar um não na cara. O que por si só já é igual a não fazer nada.
   
Residência em Brasília II / Carlos Bratke /Imagem: Joana França
Enfim, fiquei acompanhando a produção do Bratke de longe. Nesse meio tempo fui conhecendo mais a trajetória de seu pai, Oswaldo Bratke, e me encantei pelo seu processo de trabalho, pela sua preocupação com o bem estar dos usuários.

Uma residência não é verdadeira pelo impacto que possa provocar, mas por seu conteúdo. É o ambiente em que a pessoa, mesmo só, não se sente desamparada.  Oswaldo Bratke

Fonte
E fui mudando o foco da forma do filho para o conteúdo do pai. Fui achando outros ídolos dentro da Arquitetura. Até que um dia esbarrei (literalmente) em Carlos Bratke...

Mas não da forma como gostaria de ter feito. Estava em uma Bienal em Buenos Aires (a mesma onde vi uma palestra de Zaha Hadid e fiquei no mesmo hotel de Eolo Maia). Era uma exposição de obras de arquitetura e eu, super entusiasmada, me afastei para fotografar um painel e dei um encontrão na pessoa atrás de mim. Que obviamente não gostou e expressou em alto e bom som. Sim. Era Carlos Bratke.  

(Por coincidência todos morreram cedo. E em plena produção)    

 Há momentos em que ou se transforma o limão em limonada (puxa!!! Tu é Carlos Bratke!!! Sou super tua fã, te admiro demais, etc, etc) ou se enterra o sonho de outrora em um buraco que se abre no chão e nos engole em vergonha pura. (adivinha qual a minha escolha...)

Por isso hoje, quando vi que o Bratke tinha encerrado sua passagem nessa terra, ainda em plena atividade profissional, fiquei triste. Lembrei de tantos momentos em que ele esteve ligado à minha própria trajetória. E passou um filme na cabeça, da inspiração dos primeiros anos, à passeios pela Berrini em São Paulo, onde sua obra se mostrou mais profícua.

Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

snapchat: arqsteinleitao 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Fogão a lenha gaúcho

Esse Fogão a lenha gaúcho foi outra proposta interessante que vi na Expoacabamento 2012. Essa foto aí de cima é do folder da empresa e mostra a possibilidade de usa-lo em uma cozinha mais moderna. E ainda pode ser usado como serpentina, esquentando a água. 

Vamos combinar que comida feita em fogão a lenha tem outro sabor. E esses fogões campeiros, sejam gaúchos ou mineiros, tem um baita charme. Mas nem sempre se consegue construí-los em casas ou apartamentos (nesse último não se esqueça que eles necessitam de chaminé).

Outras possibilidades, de alvenaria ou metal. E para quem quer construir um de alvenaria, veja DICAS AQUI







E o açúcar ? Usa ou não na argamassa para evitar rachaduras nas churrasqueiras e/ou fornos? Veja a opinião de especialistas AQUI
Autor : Elenara Leitão