MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Ciclovias

Umas de minhas maiores frustrações é não saber andar de bicicleta. Quando eu era pequena e ainda usava as bikes de rodinhas, nos mudamos para Porto Alegre, em um lugar movimentado. Resultado: nunca pude me expandir. Tentei aprender uns anos depois, mas acabei desistindo. Para meu consolo(?) minha irmã e minha mãe também não sabem pedalar. É genético...

Mas isso não me impede de reconhecer que a Bici é um meio altamente civilizado de transporte. Econômico, não agride o meio ambiente e ainda nos ajuda a manter a forma. Mas andar de bicicleta em uma cidade como Porto Alegre é algo extremanete perigoso. Já tivemos vários acidentes graves porque as bicis dividem o espaco com os carros. Ou seja: faltam ciclovias. Há maquiagens. Uma vez pintaram faixas separando os carros das bicicletas em uma via altamente movimentada...E agora fizeram uma ciclovia bonitinha, ligando nada a coisa nehuma. Mas melhor do que nada.

Foi por isso que achei genial esse conceito da faixa que viaja junto com a Bike !
Chama-se Light Lane, idéia dos designers do Altitude, Inc. A bicicleta vai deixando um rastro de laser enquanto vai andando. Bela idéia !

Comentários

  1. Toda a tentativa é válida.
    Gostei da idéia.

    Aqui em SP também é complicadíssimo transitar de bici.
    Um alto número de atropelamentos, o caso mais recente na Paulista que o ônibus passou por cima de uma moça me deixou chocada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros