Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2016/04/23

Planejar e aprimorar - duas sugestões de leitura


Estes dias achei um papel perdido dentro de um livro (sempre faço isso - deixo rastros do que penso espalhados de forma física pelo mundo). Era um planejamento para estratégias de consultoria para o comércio. Eram os anos 90. Para quem não viveu, uma época bastante complicada para se trabalhar. O que me chamou a atenção no que escrevi? 

Duas abordagens para a crise: uma negativa e uma positiva. A positiva era justamente tratar a crise como oportunidade de crescimento.

E é bem assim. Não existe muito choro nem vela. Ou se enfrenta ou se morre na praia.Minha geração é mais calejada porque a gente saía de uma crise para entrar em outra. Novas gerações que vem de momentos mais calmos talvez não saibam muito bem como enfrentar esses dias de vacas magras. 

E uma das maneiras de enfrentar profissionalmente é justamente se aprimorando, procurando nichos, procurando maneiras de aprender e evoluir. Se for possível faça cursos de formação, pós graduações. Leia. Leia muito e pesquise.

Estou lendo dois livros muito interessantes que recomendo para vocês. O primeiro faz parte de uma coleção e é sobre como Planejar espaços para o Design de Interiores
O que ele tem de interessante? É um guia prático de como elaborar projetos de interiores que pode ser útil para quem está estudando, para quem já é graduado e até mesmo para as pessoas que curtem a profissão.
Traz uma farta ilustração com fotos, roteiros e desenhos que nos mostra o quão elaborado é o trabalho de quem lida com espaços. E que um bom projeto é bem mais que uma ideia e alguns riscos ou mesmo um desenho digital, mesmo que lindamente renderizado.

E quando apresenta os croquis, hoje também conhecidos com "sketches", que a segunda sugestão se torna mais evidente. Sketching para Arquitetura e Design de Interiores do móvel ao edifício é um poderoso auxiliar para o desenvolvimento dessa ferramenta tão atrelada ao afazer arquitetônico. 
Vários estudantes de arquitetura perguntam: é indispensável saber desenhar? E se eu não domino a técnica, como faz?
Não, não é preciso que você seja um artista e desenhe com perfeição. Mas sim, você precisa aprimorar o desenho a mão livre. Além da expressão do que se cria, o ato de desenhar a mão leva à outras formas de olhar o que se faz.

Treinar o olhar e o traço com um roteiro bem prático e bem bacana faz com que esse aprendizado seja muito mais prazeroso. 

Assim lembre sempre que o sucesso se faz de talento sim, mas muito mais de suor. Todo grande profissional se dedicou à aprender sempre. Á aprimorar sempre e nunca ficou satisfeito com o que sabia. Sempre quis e quer saber mais. 

Você pode querer ler também:


Nos siga também nas redes sociais 

Twitter  Flipboard  Facebook  Instagram  Pinterest  snapchat: arqsteinleitao

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More