Estúdio com 30m2 tem construção econômica e resultado belo

Imagem
O  BAAQ  é um escritório de arquitetura mexicano que desenvolveu este projeto para um estúdio de descanso, o Chiapas Studio. Os requisitos eram economia na construção e manutenção. O resultado ficou muito interessante.  Com cerca de 30 m2 a construção aproveita a ventilação natural e como a região tem verões quentes, aproveitam a grande cobertura em bambu para criar uma varanda coberta para ser usada nos dias quentes. Para os dias frios, a parte inferior, com paredes de painéis de cimento e poliestireno de alta densidade, abriga como sala de estar.

11 ideias de casas elevadas do chão

Morar é um dos anseios humanos com vários significados culturais, sócio demográficos, sociológicos. Um dos principais talvez seja o da segurança, mas sentido âncora, de fixação em algum lugar, ressalta muito essa palavra. Tanto que Morar vem do latim morãre que significa demorar. Se formos atrás de sinônimos, veremos alguns como enraizar, estanciar e como antônimos errar, vagar.

Mas o verbo também pode ser usado para definir o como gostamos de morar
"Viver de acordo com algumas regras, condições ou situações específicas: preferia morar sozinho."

Há quem goste de morar errante, como toda a contradição que esse termo encerra. Há quem curta morar nas árvores ou sonhe em morar nas nuvens. E há quem se deslumbre em ter uma casa um pouco acima do chão. E não estou falando de morar em um edifício, mas em elevar a casa, seja lá pelas razões que forem: terreno íngreme, proporcionar melhor conforto térmico, segurança contra predadores, sejam humanos ou animais, ou simplesmente aproveitar a vista de algum lugar.

Para inspiração de sonhos, reuni 11 ideias de como fazer uma casa longe do chão. Ou da água.

Uma mini moradia de apenas 27 m2, projeto de Front Architects, cuja inspiração foram os outdoors rodoviários. Me lembrou uma postagem que fiz sobre moradias para sem tetos em outdoors. Pode ser vista AQUI.
Uma cabana elevada na Ilha de Fleinvær na Noruega pode fazer com que a experiência de temperaturas mais extremas seja desfrutada de maneira bem mais agradável.
Para quem quiser ter a experiência sem construir uma morada elevada, há várias para alugar como esta Hospedaria Rabun Gap.
A Vista Espelhada, um abrigo de 15 m2 na China, cuja imagem se reflete nas águas. Foto de Kang Wei.
Uma casa elevada móvel. Rolling Huts é projeto da ASKA Architects, usando conteineres e serve para receber amigos do arquiteto Tom Kunding

 Outro projeto que estou procurando mais detalhes. Mas que está aqui pela imagem de tranquilidade que me passa. Quem não gostaria de algum tempo em um lugar assim???
Um terreno em declive na beira das águas, a Golding House (1973) de Scott Tallon Walker é feita com estrutura em treliças de aço. 
Um resort na China, o Tree top houses, projeto de AZA Architects 
Vivien Gimenz Architecture usou o conceito de módulos elevados que formaram áreas de convivência na reestruturação de um complexo habitacional de 185 moradias coletivas na cidade de Marcel Cachin.

Não achei muitos detalhes desse refúgio nas montanhas. Talvez isso aumente seu charme. Parece um lugar para morar sozinho e apenas conviver com a natureza. Um lugar incrível para refrescar a mente e escrever.  
Usando conteineres com estrutura metálica de modo a deixar um espaço para guardar os carros.
E para terminar, uma imagem muito interessante das fortalezas marítimas Maunsell, que foram construídas como defesa do Reino Unido na  Segunda Guerra Mundial. Lembram a primeira imagem aqui da postagem e talvez nos levem à uma reflexão sobre os tempos que estamos construindo e como afetam nossas vidas e nosso desejo de morar. 


Imagens : Pinterest

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais Nos siga também nos outros canais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros