Estúdio com 30m2 tem construção econômica e resultado belo

Imagem
O  BAAQ  é um escritório de arquitetura mexicano que desenvolveu este projeto para um estúdio de descanso, o Chiapas Studio. Os requisitos eram economia na construção e manutenção. O resultado ficou muito interessante.  Com cerca de 30 m2 a construção aproveita a ventilação natural e como a região tem verões quentes, aproveitam a grande cobertura em bambu para criar uma varanda coberta para ser usada nos dias quentes. Para os dias frios, a parte inferior, com paredes de painéis de cimento e poliestireno de alta densidade, abriga como sala de estar.

Camuflando a casa na floresta

Uma casa de vidros, com uma visão magnifica da natureza como se dela fizesse parte. E para isso se camufla de espelhos fazendo com que dela pouco se enxergue. Mas o que se vê já compensa todo o projeto.

Quando vi este projeto de Tatiana Bilbao Estudio na Yatzer me apaixonei. Um perfeito refúgio em uma encosta mexicana onde juro que moraria eternamente.  




Na verdade a casa é feita de três volumes separados que abrigam diferentes funções. Cada prédio é feito com diferentes materiais: vidro, terra e madeira.




O volume com espelhos no exterior tem o formato de uma casa tradicional, dessas de desenhos de crianças. Um volume com os telhados definidos que, não fosse o revestimento externo, seria considerada normal. Mas o espelho faz com que ela se confunda com o ambiente, apenas se revelando quando seu interior é aberto.

E que interior!


 Os quartos feitos com terra batida e tijolos de argila também se conformam com o ambiente externo de maneira harmônica, trazendo para o conjunto uma atmosfera que propicia ao relaxamento e desfrute de bons momentos.



  •  Veja AQUI outras usando espelho como revestimento.


Mas e os pássaros????

Sim, fico pensando que além da estética temos que pensar no custo ambiental de nossas intervenções arquitetônicas. Existem alguns produtos como o vidro que evita a colisão de pássaros, estudos foram feitos como o de Liana Cézar Barros, da Faculdade de Engenharia Mecânica da UNICAMP, chamado a ‘Morte de pássaros por colisão com vidraças’ (fonte), uso de adesivos, cortinas e até ângulos diferenciados para que os pássaros possam se orientar quanto às barreiras.

Fotos de Rory Gardiner

Gostou? Compartilhe em suas redes sociais 
Nos siga também nos outros canais


snapchat: arqsteinleitao 

Comentários

  1. GENTE, PELO AMOR DE DEUS!!! Como querer camuflar uma casa com vidros espelhados que refletem o exterior, ou seja, que vai dar às aves a impressão de que o meio ambiente continua. Como uma ave vai ver que há uma barreira física ali. É um verdadeiro assassinato. Uma insanidade. Terão que criar barreiras visuais para essas aves em toda a casa (de 5 em 5 cm), em todo o lugar que estão usando vidros (transparentes ou reflexivos/espelhados). Triste ver que o humano se presta a criar tal artefato sem pensar nas outras formas de
    vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, é verdade. Várias de nossas intervenções na natureza acabam por prejudicar e até matar outras formas de vida. A comida é um exemplo. Prédios muito altos, outro. Há que se ter bom senso para estudar o meio ambiente e propor alternativas que minimizem os danos. Mas há que se lembrar que a própria natureza é feita de "assassinatos" e agressões entre espécies. Abraços e super obrigada pelo comentário tão sensível.

      Excluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros