Pular para o conteúdo principal

De bule em bule, o café se faz cheirar


Quem não guarda em sua memória afetiva algum cheiro gostoso que lembre aconchego? Eu lembro do cheiro do café passado em bules de louça, ainda com coador de pano. O pó era colocado com esmero, a água na chaleira não podia chiar que água quente estraga café e chimarrão (sabedoria de avó). O pó ia se transmutando em contato com a água e começava a cheirar. Cheiro bom. Cheiro gostoso que entrava pelas narinas e tomava conta do lar.

As casas de ontem eram lares. Pelo menos as que lembro. Tinham fogão a lenha e as pessoas cozinhavam com fogo. Tinham uma mesa bem grande no centro da cozinha onde mãos operosas amassavam o pão que se comia com o café quentinho saído do pano. E o leite que tinha nata e também vinha em bules.... 

bule - substantivo masculino  - ant. pequeno frasco de louça da Índia, de gargalo estreito. / recipiente habitualmente bojudo e/ou em forma de tronco de cone e com asa, tampa e bico, de barro, porcelana ou metal etc., em que se faz e/ou serve chá, café, chocolate, tisana etc.
Os bules...para mim só tinham um formato. Quando muito eram coloridos. Mal sonhava com os mais requintados, desses de prata que ficavam escondidos na cristaleira e só saiam de seu esconderijo quando chegava visita mais requintada.

E quando eu ia imaginar que até iam servir um dia de suporte para lâmpadas????
Foram os chineses e, mais tarde, os japoneses que tornaram mais conhecidos os bules no ocidente. Tetsubin é o bule japonês de metal. Originalmente, o bule era feito de cerâmica, muitas vezes ricamente ornamentado e ainda hoje é comum na cultura ocidental oferecer como presente de casamento um serviço de chá composto pelo bule, um conjunto de chávenas e seus pires e, muitas vezes, um açucareiro e uma leiteira. (fonte)
Na minha memória de criança os bules eram como esses. Serviam para bebidas e quando muito para suporte de utensílios de cozinha. Minto. Essa coisa de achar outra utilidade para as coisas práticas é coisa dos dias de hoje.
Ter a ideia de usar os bules antigos da vovó para enfeitar com ternura uma mesa, fazendo as vezes de vasos de flores alegres, traz um ar de carinho para nossas casas. 
E os mais requintados? Aqueles das visitas especiais? Acho que ainda continuam sendo usados assim porque poucas pessoas os tem. E menos ainda usam suas peças mais valiosas para se presentear. Vivemos em sociedades esquisitas. Deixamos para outros nossos tesouros mais caros, ao invés de aproveita-los todos os dias... 
Mas olhem só como o bule pode deixar a sisudez de lado e assumir as formas mais divertidas e lúdicas!

Podem seu simples e elegantes.
E podem ser absolutamente modernos e também elegantes.
E completamente tecnológicos!  
Na verdade não importa a forma, mas o conteúdo. Que continue a nos abastecer a alma, mais que o corpo. Que nos deixe lembranças de carinhos e momentos belos e gostosos. 

Fonte das imagens

Gostou? Tem alguma sugestão? 

Comenta e conta para a gente a sua opinião. 
Nos siga também nas redes sociais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Interno I - escada como elemento formal destacado

A escada como elemento formal de ligação entre os dois andares desta reforma que o escritório do arquiteto italiano Alfredo Vanotti executou chama a atenção pela beleza e fluidez.Feita em ferro e pintada em branco ela não apenas é ponto focal, como serve de divisória para os espaços de estar e cozinha.
O espaço amplo servia de escritório e agora abriga área social no térreo e dormitório com banheiro no piso superior. Tudo isso em um estilo enxuto e ao mesmo tempo aconchegante.Coerente com a proposta do arquiteto de que a sua arquitetura deve falar por si mesma.
Nos siga também nas redes sociais
TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest