Pular para o conteúdo principal

Arquitetando aquarelas - urban sketchers

Projetar também é narrar uma história. Estes dias li essa definição em 8 hábitos de projeto de arquitetura e gostei demais. E fechou com outro livro que li esse mês, chamado "O Caminho estreito para os confins do Norte". Nele um dos personagens registra cenas de guerra para que fiquem na memória. Narrativas boas e cruéis, a vida se faz também nos desenhos que a representam. Imaginem então minha fascinação ao ler um livro que fala de como desenhar, pintar e contar histórias coloridas.      

Existem várias técnicas para se registrar momentos e histórias seja na Arquitetura, seja na Arte, seja simplesmente pelo prazer de desenhar. Uma delas é a aquarela.  
E mais que um livro didático sobre técnicas, a leitura do Aquarela para Urban Sketchers é um passeio divertido e instigante pela possibilidade de. 

Possibilidade de conhecer e aprender como se fosse uma diversão. Cá entre nós, eu não concebo outra maneira de mergulhar em algo senão assim. Primeiro passo para me fazer estudar com afinco: chamar a minha atenção de maneira prazerosa. Este livro conseguiu.  
Definições como : "Mais do que uma técnica, aquarela é uma atitude" e "aprender a ver é uma forma maravilhosa de dar início ao seu trabalho como pintor" carregam muito do que penso a respeito da expressão gráfica (e da vida).  


Eu não sou uma artista e não sei se vou retornar às pinturas com ecoline, mas me deu uma baita vontade de fazer isso só de ler como as cores se organizam e como podemos combina-las para contar nossas histórias.

E lembre que "seus desenhos são formados pelos fragmentos das impressões que você tem" e sendo assim "agarre o momento antes que ele desapareça levando consigo todas as suas cores." 


A aquarela não é simplesmente uma técnica – é quase uma atitude! Não importa se você é um artista, um urban sketcher ou alguém apaixonado por desenho: familiarizar-se com essa linguagem se tornará um desafio motivador capaz de introduzi-lo a um universo expressivo completamente novo.

Aquarela para urban sketchersComo desenhar, pintar e contar histórias coloridas



O AUTOR
Felix Scheinberger (Frankfurt, Alemanha, 1969) é designer e ilustrador. Seu
trabalho está voltado principalmente para o setor editorial de livros, com
eventuais contribuições para jornais, revistas e cenografia. Deu aulas de
ilustração na Hochschule für Angewandte Wissenschaften [Universidade de
Ciências Aplicadas de Hamburgo], na Alemanha, e exerceu a função de vicepresidente da Illustratoren Organisation desse país durante vários anos.

Leia também:




Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterestsnapchat: arqsteinleitao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Espaço de marketing diferenciado usando contêiner

Um exemplo de como contêineres usados podem ser reaproveitados é o que vemos nesta proposta de construção modular da agência Work of Substance para a empresa Goodman, onde foram usados quatro módulos que formam seis espaços diferentes. 

Leia também : Conteiner - pense neles como solução


Interessante como conseguiram usar os conteineres de maneira aberta com grandes aberturas que unem o espaço interno com a natureza fora deles. 


Leia também: bar muito legal usando conteiner

Belos espaços de contemplação também são criados no andar superior. Com a vantagem da construção poder ser reutilizada em outros sítios, sem deixar maiores intervenções no local onde estava. 
Nos siga também nas redes sociais

TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest
snapchat: arqsteinleitao

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…