Pular para o conteúdo principal

Equilíbrio e criatividade também na comida

Já tinha falado para vocês que eu ia participar de uma atividade bem bacana, uma aula com a nutricionista Maria Cecília Corsi. Foi  Um dia saudável com os blogueiros do Viva Positivamente, aprendendo que O sal nosso de cada dia pode sim ser usado de maneira mais equilibrada e usando de temperos para realçar os sabores: Mais sabor, por favor! – alimentação sem sódio
Eu e a Maria Cecília Corsi que, além de super competente, é uma pessoa super querida e entusiasmada pelo seu trabalho. Não cansou de nos dar explicações detalhadas de como preparava os alimentos e de como fazer uma alimentação equilibrada 
O espaço da LivBistrô, grata surpresa com um ambiente super bem decorado, aconchegante e cheio de detalhes lindos

Eu e a amiga Luciana Kotaka 

Os alimentos e tudo o que fazemos na vida dependem dessa relação equilibro e criatividade. O vilão da vez é o sódio, tempero super importante na história da humanidade. Tão importante que está não apenas no saleiro, mas em muitos alimentos que nem imaginamos a quantidade. Sodio nem tudo que parece é

Blogueiros do Viva Positivamente atentos às lições para repassar aos leitores
Maria Cecília nos mostrando como uma mistura de temperos pode ajudar a realçar o sabor dos alimentos e ajuda a diminuir a quantidade de sódio na preparação dos alimentos -Sem sal com temperoMais sabor, por favor!

O evento foi justamente uma aula prática de como saber usar os temperos e utilizar de recursos encontrados em qualquer cozinha para cozinhar com Menos sódio, mais sabor e muitas receitas.

Fomos brindados com uma amostra da gastronomia que se pode praticar em uma dieta saudável e prazerosa. Porque cá entre nós, escolher ser magro e saudável é bom, mas todo exagero é nocivo, não é verdade? Aliás, o bom é que a gente aprenda a curtir o sabor dos alimentos, a fazer combinações que nos agradem e que também fiquem bonitas aos olhos. Dieta não é sacrifício. Eu particularmente não gosto do nome regime. Chamo de reeducação alimentar, o aprender a gostar de comida saudável e que me faça feliz. Comida light e com pouco sol pode ser saborosa? Sim, pode. Afinal uma Alimentacao saudável, divertida e sustentável é tudo o que se quer.

Curiosos para saber o que comemos? Uma amostra nas fotos abaixo

Blini com calda de frutas vermelhas e castanha do pará

Frutas, iogurte grego à moda Cecília Corsi (um dos segredos mais aguardados) e grãos

Filé mignon com crosta de pão e ervas, mousseline de banana da terra e shitake

Risoto integral (dois tipos de arroz, integral e selvagem) de aspargos com lula e cebola caramelada (com coca cola!). Essas cebolas foram um capítulo a parte - eu amei e ainda não fiz, mas me aguardem...Cebolas em rodelas bem finas, mais castanhas na frigideira sem gordura, vai juntando coca cola aos poucos, e segundo a Cecília pode ser diet. Gente....o sabor é maravilhoso... 
Sopa creme de cenoura com rúcula e pão de linhaça

Salada mix de grãos com ricota, abobrinha e molho de aceto reduzido...com...coca cola! Outra grata surpresa, o sabor ficou realmente delicioso. Aliás eu já usei muito anos atrás coca cola para fazer frango no forno. Pedaços de frango temperado, cebolas e batata regados com coca cola que cubra tudo. Forno. Fica muito bom!Mas no molho, com aceto balsâmico, nunca tinha pensado...
E de sobremesa sagu de manga com maracujá, gengibre e raspa de limão siciliano. Em matéria de sagu, gaúcho é exigente, sabem que aqui se come muito sagu da nona desde pequenos. Então, o sagu dietético não é assim uma Brastemp como o resto dos pratos. Não fica tão soltinho como os que gosto, mas dá para encarar numa boa. Diria que os muito fanáticos por doce podem comer e se deliciar. Os doceiros gourmet vão ficar só no desejo, mas também nem tudo é perfeito, né....

Então, o evento Vivapositivamente com menos sódio nos rendeu uma experiência muito interessante. E para quem acha incoerente uma empresa como a Coca Cola promover encontros sobre vida saudável, recomendo a leitura de Viva positivamente um outro lado da coca cola

Blogueiros do Viva Positivamente reunidos para participar do hangout em que a Maria Cecília esclareceu mais dúvidas. E o mais bacana é que o vídeo está logo ali abaixo e você pode ouvir dela mesma muitas das perguntas que foram feitas. 
 

Foi tão bacana que muitos de nós já saímos de lá fazendo em nossas casas ( e usando de nossa criatividade) as receitas que aprendemos por lá. Eu encarei os crespinhos de chocolate e o pão de linhaça. E fizeram o maior sucesso. As receitas estão aí abaixo para quem quiser se arriscar. Mas vou querer saber também como se saíram! E se tiverem algum truque bacana sobre como cozinhar com equilíbrio e criatividade, usando menos sódio, fala prá gente aí nos comentários!
Minhas experiências culinárias com as receitas que aprendi em SP

E aqui um video do nosso encontro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maior ponte sustentável em madeira conecta pessoas na Holanda

A  província de Groningen, na Holanda é conhecida por ser a capital ocidental do ciclismo . Para unir as localidades de  Winschoten e Blauwestad foi construída a maior ponte sustentável em madeira da Europa, a  ponte Pieter Smit , com 800 metros de comprimento. Ela cruza águas, uma rodovia e uma zona ecológica e possibilita que pedestres e ciclistas as cruzem e acessem por três locais. A construção foi feita com madeira certificada, iluminada por lâmpadas led de baixo consumo. Além disso, houve a preocupação de plantar árvores para que ela não atrapalhasse a rota dos morcegos locais. Outros pássaros também foram lembrados com caixas (na parte de baixo da ponte) e paredes de areia para ninhos. Fonte   Imagens: Blauwestad Nos siga também nas redes sociais Twitter   Flipboard   Facebook   Instagram   Pinterest

John Lautner - um arquiteto que aliou beleza à funcionalidade

Walstrom House Gosto de pesquisar casas com um toque de aconchego e que possam servir de inspiração para futuras residências compartilhadas com amigos , e esta imagem me chamou a atenção no  pinterest . Pensamos em algo no estilo Tiny Houses , mas não descartamos ideias incríveis como as desta casa. Olhando o interior, me apaixonei e fui em busca de mais informações sobre ela e seu autor. Foi assim que descobri John Lautner .   Walstrom House - foto de Jon Buono Esta casa de madeira, batizada de Walstrom House, foi construída em 1969, em Santa Monica, na Califórnia. Seu arquiteto foi  John Lautner , um dos primeiros aprendizes de Frank Lloyd Wright, no primeiro grupo de Taliesin Fellows. Nascido em 1911, e sendo sua mãe, Catheleen Gallagher, desenhista de interiores e talentosa pintora, a teve como influência na sua opção pela arquitetura.  Sua carreira foi marcada por grandes aprendizados. Além do mestre FLW, também manteve parcerias com Samuel Reisbord, Whitney R. Smith e Douglas H

Errar é humano, não resolver é insano

Errei sim. Adoraria dizer que fui perfeita e eficiente a maior parte da minha vida. Mas não seria verdade. Procurei ser, o que me dá um certo crédito.  Mas sempre surgem aqueles momentos em que algo dá errado. Seja no projeto ou na obra.  No projeto, as causas mais frequentes, na minha experiência, são problemas na medição dos espaços e um briefing não muito completo. São etapas fundamentais para o bom andamento de qualquer projeto. Uma das maneiras que procuro agilizar, nas medidas, é buscar o maior número possível de informações sobre o espaço a ser medido. Muitas vezes garimpo fotos de venda e procuro, se não existe planta disponível, fazer uma planta baixa baseada nas fotos. Poucas vezes erro. Mas mesmo assim, ainda me passo nas medidas. São muitos detalhes que devem ser checados, é preciso organização e muitas fotos auxiliando a memória. A entrevista com cliente é outro ponto a ser observado. Muitas vezes quem paga não é o que decide. Observar e entender as dinâmicas das pessoas n

Venha o inferno ou águas altas, a vida tem que ser divertida

"Venha o inferno ou águas altas, a vida tem que ser divertida." Continuo com o mesmo processo de busca de inspirações para escrever no blog: a intuição, o sentimento. Olho, pesquiso e de repente uma imagem me diz alguma coisa. Foi o caso dessa biblioteca no jardim . A primeira coisa que pensei foi: que coisa maravilhosa, queria uma assim para mim!! Quero saber mais quem fez isso!! E cheguei aos arquitetos do  Mjölk Architekti .  Passeei pelo site deles, olhando as obras, procurando mais informações sobre o seu trabalho, sua maneira de ver o mundo. Arquitetura não é isolada da sociedade. Não existe projetar sem escolhas ou posicionamentos. Cada obra é um reflexo das ideias e maneira dos projetista enxergarem o mundo. E por isso mesmo é tão fascinante. Cada desafio é respondido de maneiras diversas por cada profissional. Exatamente por isso, gostei demais das descrições que eles fazem sobre o ser arquiteto:  "O trabalho do arquiteto não é fácil. Ele contém várias operações