Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Espaços para o sexo

Desde a antiguidade os locais reservados aos prazeres carnais foram se sofisticando. Dos antigos lupanares, com suas camas de pedra, como esse visto em Pompéia (Itália) passaram pelos antigos cabarés até chegar aos modernos motéis. De locais de encontros clandestinos, passaram a locais frequentados por casais "legais"  e mesmo para festas mais inocentes. Ou nem tanto.

Lupanario em Pompéia  Fonte
Mas na verdade eles exigem uma complexidade de planejamento. Sua localização deve privilegiar fácil acesso, mas ser ao mesmo tempo discreta. Sua ambientação deve primar pelo apelo à fantasia e a um certo luxo, sem descuidar de materiais muito resistentes e fáceis de limpar e conservar. O acesso de camareiras deve ser rápido e discreto. E devem reservar alguma área com acessibilidade para casais que assim a necessitem.

Em geral associamos motel com profusão de espelhos, decoração meio over e um apelo nada sutil ao seu uso. Mas não é obrigatório que assim seja. 

Fonte

Os espaços dedicados ao sexo sempre foram tratados como intimidade. 

Mesmo em um período da história em que as casas não permitiam aos casais essa privacidade, muitos procuravam os matos para poderem estar  a sós. Os casais mais ricos tinham camas com cortinas. Na medida em que o sexo foi ficando mais liberado para ser falado e os espaços das casas foram se compartimentando, os casais passaram a ter seus momentos de intimidade mais reservados. Mas a magia da paixão ainda exige uma certa fantasia que extrapola as quatro paredes da casa da gente. 

Abaixo um link para um estudo bem interessante sobre a evolução desses espaços  


Do boudoir ao motel um estudo


Comentários

  1. Excelente o texto do link!

    Que achado, Elenara!

    ResponderExcluir
  2. E tem gente que prefere uma rede.

    E haja saúde e T pra aguentar uma cama de pedra.

    Boa Tarde!

    ResponderExcluir
  3. Oscar !

    Os achados estão na net, basta pesquisarmos com afinco.

    Nô,

    Rede é bom também. Eu creio que deviam haver espécies de colchões de palha naquela época...

    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros