A escolha do lote mais confortável e econômico para construir

 

escolha do terreno



Comprar o terreno para edificar um sonho. Uma edificação, antes de ser construída, é feita de intenções e expectativas. E elas começam já na escolha do lote. Idealmente, as pessoas deveriam poder contar com ajuda profissional de um arquiteto desde esta primeira etapa. Mas, normalmente já chegam com o terreno comprado, normalmente sem as informações técnicas mais relevantes para a perfeita adequação de suas necessidades. Constatamos então problemas clássicos, como insolação, restrições específicas de condomínios, árvores que não permitem abater, pedras que só explodindo, arruamentos com escoamento pluvial mal feito, criando córregos que atravessam a propriedade, e estas coisas todas sempre atendendo à Lei de Murphy, a pedra justamente onde o cliente quer a garagem...

Isso sem falar daqueles clientes que compraram não terrenos, mas edificações pretendendo reformas impossíveis, dadas as condições físicas e técnicas, ou mesmo legais. Pensando nisso, alguma orientação prévia seria utilidade pública!

Qual o melhor lote, segundo a sabedoria popular?

Lote Plano Face Norte


Cliente chega todo faceiro já dizendo: “Meu lote é planinho, e face norte!”

Esta é uma frase que todo arquiteto escuta, sempre carregada de orgulho por quem a profere. O cliente crê que adquiriu o melhor terreno do bairro, mas nem sempre corresponde exatamente a verdade.

Quer saber porquê?

Alagamentos


Terrenos muito planos apontam o risco de alagamentos, exigindo redobrada atenção quanto a sua drenagem. Isso já não acontece se o lote tem alguma inclinação, sendo a única exceção possível, o cume da área mais alta na região. Nos terrenos muito planos convém erguer um pouco as fundações, e tomar o cuidado de direcionar corretamente o escoamento das águas pluviais.

O lote mais confortável e econômico para construir, tem alguma inclinação para a frente, preferivelmente pouca. Isto garante naturalmente que não vai haver acúmulo de água, também com a exceção do último lote no fundo do vale.

Insolação


Também acontece erros recorrentes quanto à insolação. É preciso dar o melhor aproveitamento para os recuos obrigatórios, que todos os códigos de edificação impõem, normalmente mais fortes na fachada e nos fundos, sendo que estas áreas livres de edificações só são bem aproveitadas quando consideram a incidência da insolação.

A face norte foi muito valorizada quando esta orientação garantia boa incidência solar no jardim frontal das residências, onde as crianças brincavam à vista do avô de pijamas, que cumprimentava os vizinhos sentado numa cadeira de balanço à sombra do pórtico que também cobria a entrada. Os automóveis ficavam escondidos em uma garagem nos fundos, face sul do terreno, junto da área de serviços, e das roupas secando em varais.

Hoje, o desejo mais comum é ter a área de lazer nos fundos, para o desfrute com mais privacidade. Ninguém quer uma piscina no recuo frontal, a casa agora se fecha para a rua, no recuo frontal no máximo se deixa ver o automóvel.

Um terreno face sul, portanto, é mais conveniente, por garantir melhor insolação na área de lazer, e por facilitar o contato das áreas de serviços com a rua, pois estas são as que melhor aproveitam as sombras provocadas pela edificação na face sul.

Leia mais em insolaçao em poucas palavras 

escolha lote mais confortável e econômico


A escolha do lote mais confortável e econômico para construir sempre vai depender das suas necessidades e não são uma receita de bolo que possa ser seguida sem análises mais aprofundadas do que se quer e do que se pode construir. Pense nisso!


Texto em parceria com o arquiteto Oscar Muller



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 motivos para NÃO fazer arquitetura

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

3 Maneiras de Decorar sua Cozinha