Banco em madeira com assento em vidro moldado


Acho fascinante o processo de transformação do vidro, a matéria que passa pelo fogo, assume formas, vai se moldando até atingir o ponto exato que a mente criativa concebeu. Por isso quando vi este vídeo de um Workshop da Escola de Design da WantedDesign, em 2016, no Brooklyn, Nova York, do que o designer Maxime-Louis -Courcier chamou de "brincadeira" fiquei encantada.




Ele e sua equipe trabalham com dois materiais de diferentes forças. Um volátil, fluído e difícil de moldar, o vidro. Outro mais duro, rígido, porém mais fácil de trabalhar. O que resulta dessa união? É o que vemos nos bancos em tudo inquietantes.

Objetos utilitários? Talvez nem tanto. Belos? Sem dúvida. Instigantes, com certeza!





Veja aqui uma postagem sobre vidro líquido e suas aplicações.


Nos siga também nas redes sociais
Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 motivos para NÃO fazer arquitetura

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

3 Maneiras de Decorar sua Cozinha