18 de out de 2018

Usando grão de café usado para abastecer uma casa com energia

Amo tomar café. Foi um hábito que adquiri na faculdade de arquitetura, entre noites insones e rádios barulhentas para me manter acordada. Foi consolidado assim que comecei meus estágios, naqueles momentos sagrados de parar, tomar um folego e recomeçar. Entre eles quem? O cafezinho amigo!

Também comecei a me preocupar com o meio ambiente muito cedo. Tive pais que me ensinaram a não desperdiçar nada, e não apenas por economia, mas para que a sociedade em geral não fosse prejudicada.

Sim, fui uma privilegiada. Tive pais que não apenas me ensinaram hábitos de leitura como me educaram para pensar na sociedade e não apenas no meu próprio umbigo (obrigada Pai e Mãe!)

Também sou admiradora da livre iniciativa, embora muitas pessoas confundam meu desejo de maior igualdade social e inclusão respeitosa como comunismo. Deve ser falta de aprimoramento em pesquisa para saber o que significa um e outro. Então os desculpo. 

Dito isso, digo também que achei bem inteligente esta proposta de uma empresa de unir seu produto café com a pesquisa de criar um biocombustível ecológico a partir de grãos de café usados e gerar assim energia limpa para abastecer uma casa projetada para mostrar esta tecnologia. E obviamente fazer propaganda para a marca. Propaganda inteligente, diria eu.

É o que fez a Dunkin 'Donuts com esta pequena casa abastecida com um biocombustível feito com 80% de óleo extraído da borra do café.


O projeto em si não me chama muito a atenção. Existem várias propostas de casas móveis bem pequenas que me parecem bem mais interessantes do ponto de vista arquitetônico. O que realmente me chamou a atenção foi o reaproveitamento de um produto bastante usado (inclusive por mim) e que normalmente é desperdiçado no lixo.
Segundo o site da empresa, eles fizeram uma parceria com uma empresa bioquímica, para fazer o biocombustível.

As etapas seguida são:

  • Extração do excesso de oleosidade no pó de café usado.
  • Mistura dos óleos extraídos com um álcool para produção do biodiesel e glicerina como subproduto.
  • Refino  
 O exterior da pequena casa transportável foi projetado para lembrar a marca tanto nos materiais utilizados como na forma que segundo eles, lembraria uma xícara de café.
O interior traz todos os confortos de uma casa principalmente com recantos para degustar um delicioso café. As cores usadas remetem à marca.

Faça um passeio pela casa AQUI 

Vi esta matéria AQUI.

Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest