8 Tiny cabanas para inspirar sua alma

Imagem
Na esteira das mudanças de anseios pelas quais passa a humanidade, vemos o incremento das chamadas " tiny houses ". Tiny vem do inglês muito pequeno, e assim foram batizaram casas ou cabanas com pouquíssimo espaço e muito aproveitamento. Seja para casas de veraneio, espaço de trabalho ou mesmo para residir, a experiência de viver apenas com o indispensável, parece ser das tendências mais interessantes dos tempos atuais. Até porque contrapõem de maneira bastante enfática toda uma sociedade de excessos em consumo e usos. Separei aqui 8 exemplos de tiny cabanas que são altamente inspiradoras para alimentar essa ideia de forma prática. Muitas delas são vendidas como forma pré-fabricada.  A primeira delas é  aVOID . Com 8 metros quadrados, o jovem arquiteto Leonardo di Chiara projetou uma pequena casa, inspirada em barcos de sua infância.   Pode ser acoplada a um trailer e, por meio de dobragens consegue múltiplas possibilidades de uso. E ainda conta com um mirante/janela na parte

Reforma esconde surpresas com garagem camuflada

Quem vê esta fachada nem imagina o que ela esconde! Uma garagem disfarçada e uma reforma que aumentou e atualizou espaços na parte posterior, mantendo a fachada que caracteriza o patrimônio histórico do local.  

Projetos de arquitetos para suas casas sempre escondem surpresas, especialmente quando não as vemos logo de saída. É o caso desta casa de campo em Posonsby, na Nova Zelândia, reformada pelo seu proprietário que é diretor da empresa australiana Matter Architects.


Um dos problemas era a falta de locais para estacionamento na rua (lá como aqui este é um problema recorrente) em uma antiga casa histórica que estava quase em ruínas. A solução? Transformar um quarto em garagem, usando um elevador interno para que coubessem dois veículos). Isso tudo sem alterar demasiadamente a fachada que é muito simpática. Uma porta simulando uma janela abre o espaço da garagem e acomoda os carros. 
O acréscimo na parte posterior foi substancial. De 90 m2 passou para quase o triplo! E com uma atualização de conceitos que a fachada para a rua não revela. Vejam a diferença nas fotos de antes e depois logo abaixo.



Os espaços amplos do interior revelam a mudança da pequena casa de campo, com o acréscimo de peças que ressaltam a amplitude e proporcionam conforto e acolhimento aos proprietários, ao mesmo tempo que preserva o patrimônio histórico das construções do local.





Fotos : Simon Devitt (site dos arquitetos)


Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais 
arqsteinleitao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 motivos para NÃO fazer arquitetura