MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Improvisando um arranjo de mesa com plantas do jardim

Festas. Reunir a família em torno de uma mesa com a graça de ser farta a colheita. É um privilégio e sempre devemos agradecer. E a gente sempre quer agradar as pessoas que ama com comidas boas. E com beleza na apresentação. Mas e quando tem que improvisar....como faz???
Foi o que fizemos, eu e minha cunhada, em sua casa. Um arranjo de Pascoa que foi super improvisado com o que ela tinha em casa e no seu jardim. 

Primeiro passo foi a escolha do tema: Vida, muito adequado para um almoço de Páscoa.
Segundo passo: um passeio rápido pelo jardim e a escolha de um suporte. No caso, um prato retangular em cristal que tinha um tamanho correto. Um pouco de serragem de outro vaso do jardim e eis a base pronta.
Terceiro passo: escolher as plantas e fazer uma composição harmoniosa em tamanho e cor das plantas. É um trabalho de intuição. A gente vai colocando e sentindo. Quem tem alguma noção de Ikebana vai sentir mais facilidade. 
Quarto passo: Um descanso de centro sempre ajuda. Uma dica bacana é ter uns pedaços de espelhos onde colocar os enfeites de centro. O espelho amplia o efeito e sempre dá um resultado bem bacana. Se faltar peso, é só colocar algo do lado. No nosso caso, tinham umas suculentas que minha cunhada ganhou de presente em um shopping. E mais enfeites de chocolate para aludir à data. Se for Natal. coloque bolas. E aí por diante, de acordo com a data e o que tiver em casa.  

Quinto passo: O toque final da dona da casa. Cor. A personalidade de quem oferece a festa deve ficar marcada, como uma assinatura. Vejam como as plantas avermelhadas deram mais vida e beleza ao arranjo. Ponto para ela! 

Sexto passo: Belos e gostosos pratos com uma linda apresentação. E bom apetite! 

E você? Como faz seus arranjos de última hora? Tem alguma ideia bacana que queira compartilhar com a gente? Eu vou adorar saber!


Nos siga também nas redes sociais
Twitter  Flipboard  Facebook  Instagram  Pinterest  snapchat: arqsteinleitao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros