Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Arquitetura dos sentidos em Centro de Saúde para crianças

Sempre acreditei na função social da Arquitetura, no seu potencial de gerar não apenas a beleza estética, mas contribuir para a saúde e dignidade das pessoas. E quando li sobre esse projeto para a sede uma fundação que trata crianças fiquei muito sensibilizada por vários motivos. 

O primeiro deles obviamente pela possibilidade de proporcionar que mais crianças possam receber atendimento de qualidade e com espaços apropriados e qualificados. 


Arquitetura dos sentidos
O segundo deles por ser na cidade onde nasci, Lajeado no RS. Uma das sedes atuais funciona no hospital onde vim ao mundo.

E terceiro e não menos importante, ao contrário, a concepção do projeto passa por uma arquitetura que fale aos sentidos, que seja partícipe do processo de cura e resgate de uma vida em tudo mais saudável para as crianças que ali chegam e passam por tratamentos e cirurgias para que possam viver bem, não apenas do ponto de vista físico, mas principalmente emocional.

Arquitetura dos sentidos
Através de vários apelos aos sentidos, a nova sede propõe espaços de descobertas, de pertencimento, de cura. Abaixo deixo com vocês as palavras do arquiteto responsável: Jeferson Pertile Queiroz. Ele fala com propriedade sobre o projeto e a sua concepção. 
  
Acredito em arquitetura com significado, e neste projeto da FUNDEF (fundação para reabilitação das deformidades crânio faciais) procurei traduzir cada movimento do traçado arquitetônico ao significado. 
Chamado "Arquitetura dos Sentidos", procurei imaginar que o prédio fosse um organismo vivo e parte integrante do processo de cura, o prédio tem sons, cheiros, (ver painel explicativo), a cura acontece do lado de fora ao percorrer os espaços sonoros e com cheiros, a percepção sutil de cada cada movimento sensorial. 

O fragmento da fachada faz uma metáfora ao processo de reconstrução da imagem, os caminhos internos remetem a fissura palatal, o ser traduzido e a arquitetura revelada. Cada funcionário, paciente ou familiar estará envolvido no processo de construção do painel de mosaico, cada um receberá um peça para compor a fachada, cada ser envolvido é parte integrante da reconstrução. 


O ser se reconstrói, se vê na arquitetura, se espelha, não se sente mais excluído.
A Arquitetura não é só função, forma, sustentabilidade, técnica, a arquitetura é como um pássaro, sobre uma asa se apoia na outra se eleva.
A arquitetura dos sentidos, baseada em significados, traduz a imagem, agora não mais fragmentada, e sim revelada, do ser.

Arquitetura dos sentidos
Uma bela proposta que necessita ser implementada. A prefeitura doou o terreno e começa a captação de recursos. Pelo que li no site da Fundação ela atende crianças de todo estado e é 100% SUS. 

Tomara que o projeto consiga sair do papel e que contribua para a recuperação de mais e mais crianças.  

* Arq. Jeferson Pertile Queiroz - graduado em Arquitetura em 1991 pela FAUrb da UFPEL, com especialização em estabelecimentos assistenciais de saúde (CENEC) e arquitetura contemporânea UFRGS). Entre seus interesses encontramos yoga, meditação, leitura, escrita, ciclismo e viagens. Atualmente reside em Lajeado com escritório próprio - a Queiroz Arquitetura. Conta com vasta experiência na área da saúde com vários projetos premiados.   
Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos

Siga-nos também nas redes sociais



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros