Pular para o conteúdo principal

Arquitetura dos sentidos em Centro de Saúde para crianças

Sempre acreditei na função social da Arquitetura, no seu potencial de gerar não apenas a beleza estética, mas contribuir para a saúde e dignidade das pessoas. E quando li sobre esse projeto para a sede uma fundação que trata crianças fiquei muito sensibilizada por vários motivos. 

O primeiro deles obviamente pela possibilidade de proporcionar que mais crianças possam receber atendimento de qualidade e com espaços apropriados e qualificados. 


Arquitetura dos sentidos
O segundo deles por ser na cidade onde nasci, Lajeado no RS. Uma das sedes atuais funciona no hospital onde vim ao mundo.

E terceiro e não menos importante, ao contrário, a concepção do projeto passa por uma arquitetura que fale aos sentidos, que seja partícipe do processo de cura e resgate de uma vida em tudo mais saudável para as crianças que ali chegam e passam por tratamentos e cirurgias para que possam viver bem, não apenas do ponto de vista físico, mas principalmente emocional.

Arquitetura dos sentidos
Através de vários apelos aos sentidos, a nova sede propõe espaços de descobertas, de pertencimento, de cura. Abaixo deixo com vocês as palavras do arquiteto responsável: Jeferson Pertile Queiroz. Ele fala com propriedade sobre o projeto e a sua concepção. 
  
Acredito em arquitetura com significado, e neste projeto da FUNDEF (fundação para reabilitação das deformidades crânio faciais) procurei traduzir cada movimento do traçado arquitetônico ao significado. 
Chamado "Arquitetura dos Sentidos", procurei imaginar que o prédio fosse um organismo vivo e parte integrante do processo de cura, o prédio tem sons, cheiros, (ver painel explicativo), a cura acontece do lado de fora ao percorrer os espaços sonoros e com cheiros, a percepção sutil de cada cada movimento sensorial. 

O fragmento da fachada faz uma metáfora ao processo de reconstrução da imagem, os caminhos internos remetem a fissura palatal, o ser traduzido e a arquitetura revelada. Cada funcionário, paciente ou familiar estará envolvido no processo de construção do painel de mosaico, cada um receberá um peça para compor a fachada, cada ser envolvido é parte integrante da reconstrução. 


O ser se reconstrói, se vê na arquitetura, se espelha, não se sente mais excluído.
A Arquitetura não é só função, forma, sustentabilidade, técnica, a arquitetura é como um pássaro, sobre uma asa se apoia na outra se eleva.
A arquitetura dos sentidos, baseada em significados, traduz a imagem, agora não mais fragmentada, e sim revelada, do ser.

Arquitetura dos sentidos
Uma bela proposta que necessita ser implementada. A prefeitura doou o terreno e começa a captação de recursos. Pelo que li no site da Fundação ela atende crianças de todo estado e é 100% SUS. 

Tomara que o projeto consiga sair do papel e que contribua para a recuperação de mais e mais crianças.  

* Arq. Jeferson Pertile Queiroz - graduado em Arquitetura em 1991 pela FAUrb da UFPEL, com especialização em estabelecimentos assistenciais de saúde (CENEC) e arquitetura contemporânea UFRGS). Entre seus interesses encontramos yoga, meditação, leitura, escrita, ciclismo e viagens. Atualmente reside em Lajeado com escritório próprio - a Queiroz Arquitetura. Conta com vasta experiência na área da saúde com vários projetos premiados.   
Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos
Arquitetura dos sentidos
 Arquitetura dos sentidos

Siga-nos também nas redes sociais



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Espaço de marketing diferenciado usando contêiner

Um exemplo de como contêineres usados podem ser reaproveitados é o que vemos nesta proposta de construção modular da agência Work of Substance para a empresa Goodman, onde foram usados quatro módulos que formam seis espaços diferentes. 

Leia também : Conteiner - pense neles como solução


Interessante como conseguiram usar os conteineres de maneira aberta com grandes aberturas que unem o espaço interno com a natureza fora deles. 


Leia também: bar muito legal usando conteiner

Belos espaços de contemplação também são criados no andar superior. Com a vantagem da construção poder ser reutilizada em outros sítios, sem deixar maiores intervenções no local onde estava. 
Nos siga também nas redes sociais

TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest
snapchat: arqsteinleitao

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…