Pular para o conteúdo principal

Fórum Online (e gratuito) de Arquitetura na América Latina

A Arquitetura é uma atividade fascinante e muitas pessoas se encantam com ela. Os que a fazem e os que a usam. Mas nem sempre ela é conhecida e debatida com profundidade o que faz com que muitos imaginem que um projeto se resume à plantas ou que um arquiteto faz fachadas. E mesmo os que dela tem um conhecimento um pouco mais profundo, carecem de fóruns que debatam a pluralidade e produção de uma arquitetura que nem sempre está nos holofotes das notícias e premiações mundiais. É isso que se propõem a fazer no FOAAL 2015 (Fórum Online de Arquitetura na América Latina) que vai se realizar em setembro de 2015, que vai reunir arquitetos de renome em um fórum aberto e gratuito. 

Como apoio integralmente este tipo de iniciativa abro o espaço aqui do blog para a divulgação deste Fórum que debate a Arquitetura Latino Americana.

O que: 

O Fórum Online de Arquitetura na América Latina se coloca como instrumento de valorização, difusão e fomento ao debate da produção arquitetônica latino-americana. A internet é um dos meios mais eficazes de disseminação do conhecimento e a proposta de realização de um Fórum online internacional sobre arquitetura surge em um contexto que a América Latina tem sido reconhecida internacionalmente pelas boas práticas de arquitetura e desenho urbano.

Quando:

Nos dias 8 a 15 de setembro de 2015.  

Como:


Por meio de vídeo palestras e debates ao vivo mediados por críticos e editores de importantes revistas e portais de arquitetura da América Latina. O Fórum é um evento livre organizado por um grupo de arquitetos independentes ligados direta ou indiretamente à docência e a instituições de ensino superior.

Eixos temáticos :


  • Interiores e Humanização
  • Arquitetura e Identidade
  • Centralidades e Urbanidade
  • Periferias e Inclusão. 
"Os temas serão abordados por arquitetos e urbanistas de diversos países latino-americanos como Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Argentina, Peru e México. Todas as palestras e debates serão transcritos, formatados e diagramados pelos alunos das universidades parceiras, editadas pelo professor Fernando Lara e publicadas em meio digital pela editora Nhamerica."

Inscrições e informações

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do FOAAL 2015:
Maiores informações podem ser obtidas em:

Organizadores

Coordenação Geral: Arquiteto e Urbanista Ms. Oliveira Júnior (IESP)
Coordenação Tecnológica: Arquiteto e Urbanista Alan Araújo (Projeto ACG)
Coordenação Científica: Arquiteto e Urbanista Ms. Pedro Rossi (IESP)
Arquiteto e Urbanista Ms. Daniel Celegatti (Facisa)
Editor: Arquiteto e Urbanista PhD. Fernando Lara (University of Texas)
Colaboradores: Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo Thálita Zavaski (Unipê)
Acadêmico de Jornalismo Vítor Nery (UFPB)

Deixo mais um pouco do release para quem quiser aprofundar a leitura e as motivações de tão importante e relevante evento.

Ao longo do século XX, a América Latina manteve uma estreita relação de submissão ao pensamento arquitetônico moderno oriundo dos países centrais, em especial aos da Europa e aos Estados Unidos. A dependência cultural do “establishment” arquitetônico mundial foi responsável por décadas de isolamento intelectual entre os arquitetos latino-americanos. As limitadas condições de transporte e de comunicação também corroboraram para a ausência de diálogos transversais neste território.

O final do século XX, marcado por uma profunda mudança nas ferramentas de informação e comunicação e pela popularização do transporte aéreo, facilitou a articulação do debate e a difusão da produção arquitetônica da América Latina.

A maneira como os arquitetos locais se apropriaram dos cânones da arquitetura moderna mundial, incorporando as características peculiares do lugar no discurso das suas obras, despertou o interesse e o reconhecimento internacional pelos países centrais do ocidente.

Diante do cenário que se descortina para a arquitetura na América Latina percebe-se que o debate é o viés mais significativo para consolidar uma arquitetura divergente, com discurso subversivo de libertação cultural, que possibilite a emersão das várias facetas da nossa pluralidade de identidades.

É na efervescência deste contexto que o Fórum Online de Arquitetura na América Latina, utilizando de plataforma virtual e redes de comunicação online, pretende amplificar o alcance e as transversalidades do debate sobre a produção contemporânea dos arquitetos latino-americanos, envolvendo nomes com destacada produção arquitetônica na América Latina, desde profissionais consagrados até novíssimos arquitetos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias para adiantar o Natal

Quando tinha uns dez anos (faz tempo...) fiz um trabalho escolar de arte e propaganda. Minha ideia foi um Papai Noel adiantado, que vinha pela metade do ano para aproveitar um xis produto que não lembro qual era. Meu pai, como todo pai babão, super me elogiou e nunca esqueci por isso. Nem lembro a nota que tirei na escola. Naquela época, década de 60, o Natal começava em dezembro. Meados de dezembro. Quando eu iria imaginar que estava sendo profética e que talvez, daqui uns tempos, o Natal nem passe. Emende com outras festas. Agora já convive o tal de ralouin que é em outubro.



Natal me lembra luz. Um paradoxo entre verão, calor e imagens de muita neve e comidas quentes. Me lembra canela, bolachinhas alemãs que minha mãe fazia e que eu podia cortar as massinhas e ajudar a confeitar. Árvore sendo montada e presépio

Separei dez ideias que achei bem bacanas de enfeites e árvores que podem ser montadas de forma simples e bem criativa.


1- Do blog da Renata Tomagnini achei estas charmosas dob…

Robôs no lugar de operários na construção civil. Não é futuro

Ao ler uma reportagem sobre os canteiros de obras sem operários e sobre as inovações na execução na construção civil, não posso deixar de lembrar da célebre foto de Charles C. Ebbets de 1932. Operários comendo tranquilamente sobre uma viga no 69º andar das obras do GE Building, em Nova York. Montagem (o que parece não ser) ou verdade, a imagem nos dá calafrios ao imaginar construções sem o mínimo aparato de segurança. 

Pensar que, menos de cem anos depois desta foto, estaremos debatendo não apenas construções mais gigantescas que as do início do século XX, mas a utilização de aparatos de robotização em projetos e execução que saem cada vez mais do campo da ficção para a realidade.

Contar com drones nos canteiros de obras, conectados à tablets ou smartphones, não apenas facilita como agiliza os serviços que antes contavam apenas com trabalho humano braçal. E muitas vezes com a sorte já que se localizam em locais mais inacessíveis ao olhar.
Segundo o artigo citado no primeiro parágrafo, &q…

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.