Pular para o conteúdo principal

Equilíbrio de vida - e com reciclagem!

A gente sempre procura na vida o que? Equilíbrio! Eu pelo menos procuro e sou super agradecida ao Viva Positivamente que me permite aprender bastante sobre vida saudável. E todos nós precisamos muito disso para aguentar o ritmo de vida, para cuidar das obras e ter pique para projetar. E não estou falando apenas em ficar sarada ou perder peso. Estou falando em viver mais e bem. 

Já tinha falado que ia em um piquenique no Rio nos jardins do MAM. Gente, foi tudo de bom! Para começar nós fomos recebidos em um local lindo e que foi preparado com tanto carinho! Além da toalha xadrez, o nosso piquenique estava repleto de mobiliário feito de reciclagem. Desde a escada que abrigava nossas bolsas até os bancos feitos de engradados de bebidas. Mesas de apoio de madeira de demolição, enfeites de garrafa pintadas. Cadeiras sem as pernas que eram super comodas para sentar no chão. E uma cama de paletes que era a maior delícia! A cada olhar a gente tinha uma surpresa linda para encantar os olhos! E o coração.     

O objetivo do encontro era ouvir uma palestra do Dr. Victor Matsudo e da nutricionista Claudia Cravo. Eles nos falaram sobre esse delicado processo que é o balanço energético. O equilíbrio de comer com prazer e de forma saudável e da extrema necessidade da gente se movimentar. E não apenas em academias, mas se mexer sempre que for possível. Levantar para atender um telefone, deixar o carro na garagem ou uma quadra distante. Subir escadas. Enfim, quebrar o hábito de ficar sentado na frente do computador, da TV, da vida. E qual a importância disso??? Mais e melhor tempo de vida! No vídeo abaixo os dois nos falam mais sobre esse assunto tão importante. Inclusive na fertilidade masculina. Curiosos??? Vejam o vídeo.  
Enquanto nós ouvíamos o que eles tinham para nos informar, fomos brindados com as mais variadas guloseimas - duas eu realmente adorei! Frutas com nozes e saladas de verdes com flores. Muito charmoso!  
Eu gosto de frutas e verdes, mas também tinham opções de doces e salgados muito gostosos para mostrar que a gente pode sim comer com prazer desde que moderadamente se não quiser engordar. Enfim, eu concordo com essa visão de que a gente não precisa se restringir de forma tão sacrificada. A vida pode sim ser levada com alegria e se pode sim comer com beleza e sabor e mesmo assim atingir um equilíbrio de vida.
Então, nada como um belo local e pessoas super bacanas como os formadores de opinião que integram o projeto Viva Positivamente da Coca Cola para a gente se reabastecer de uma energia boa. E aprender mais.
Todo mundo que vive o mundo da Arquitetura e afins, sabe o quanto é importante se cuidar do pique. Varar noites em claro projetando, correr daqui para lá atrás de fornecedores e materiais, gerenciar obras e seu problemas (!!!) e principalmente manter a mente clara para que a criatividade flua. Assim temos sim que estar atentos ao nosso equilíbrio energético, saber o que comer de dia. E principalmente o que comer nas noites. Sabem a velha máxima de comer como rei, almoçar como classe média e jantar como mendigo? Pois é, a noite nada de exageros de comida. De preferência. E segundo o Dr. Matsudo um dos melhores horários para se exercitar é justamente pelas 20:00. Mas não precisa se preocupar com isso, o que realmente importa é não ficar parado. Veja AQUI mais impressões que a Chris Ferreira anotou da palestra. 

E fiquei super feliz quando o Dr. Matsudo falou dos espaços urbanos para fazer exercícios e citou as calçadas saudáveis como exemplo de como se pode aumentar atividade física quando se dispõem de equipamento urbanos adequados. Eu já tinha falado sobre isso em Construindo Cidades Saudáveis
Vou confessar para vocês que eu tinha um desejo de luxo de muitos e muitos anos atrás.Quando viajar de avião não era tão fácil, eu achava que o máximo do luxo seria viajar para almoçar em outra cidade distante e voltar no mesmo dia. E eu imaginava especificamente Rio ou São Paulo. Realizei mais esse sonho de adolescência, indo "pequinicar" no Rio! E em super boa companhia como podem ver na foto abaixo

Viver positivamente é saber extrair da vida alegrias e prazer com harmonia e muito equilíbrio de vida.

Comentários

  1. Eu também Carlinha! Foi maravilhoso estar com vocês nesse ambiente lindo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Elenara, o piquenique foi ótimo mesmo. Tudo perfeito: a decoração, as comidinhas, as pessoas, o assunto abordado. Amei!
    Linkei o seu post lá no meu.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir
  3. Também adorei teu post! Adoro ver como cada um tem uma visão e capta informações que complementam o que a gente viu! Obrigada pelo link, já linquei o teu também para que mais pessoas possam ler e saborear o nosso piquenique!
    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós !

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

13 ideias para quem ama gatos

Há pouco passou uma sexta feira. Era 13. Gosto das sextas feiras. Gosto do 13. Gosto dos gatos. Gosto dos gatos pretos, esses que tanto foram perseguidos como companheiros de bruxas.

Gatos são da casa -repetem como mantra os que não conhecem os gatos. Os gatos são deles mesmos. E de quem os conquistar. Ou de quem eles resolverem amar. 

Amor de gato é diferente do amor de cão. E não menos dramático. Gatos não toleram atrasos. Não aceitam menos que a nossa entrega. De preferência sem muito chamego, a não ser na hora que desejam. 

Gatos são hedonistas por natureza. Existem para viver com languidez e serem acariciados. Mimados. Paparicados. Gatos são aristocratas. Mesmo que revirem latas de lixo. 

Desconfiem da humildade felina. Ao primeiro toque de boa vida, se tornam preguiçosamente orgulhosos.   
“Um gato vive um pouco nas poltronas, no cimento ao sol, no telhado sob a lua. Vive também sobre a mesa do escritório, e o salto preciso que ele dá para atingi-la é mais do que impulso para a cultu…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Mobiles, com ar de carnaval e fantasia

"Tanto riso, oh quanta alegria"....cantava essa música nos carnavais de antigamente lembrando dos Pierrots e Arlequins que brincavam no salão. E vendo esse mobile não pude deixar de sorrir e imaginar que gostaria de ter um assim no meu quarto, marcando a época dos confetes e serpentinas. 

Longe se vai o tempo em que pulava nos salões, em que saia na avenida de cidades do interior em blocos, em que ficava vidrada na frente da TV assistindo os desfiles de escolas de samba. Mas ainda muito me agrada as cores, a possibilidade de fantasia, do brincar, do poder ser algo diferente nem que se seja por uns dias.
E porque não trazer para dentro de casa essa fantasia em forma de mobile? Reuni alguns lindos que, com boa intenção e paciência, podem ser feitos em casa. Cor, movimento, criatividade. Eis a receita.
Pode deixar sair a poesia, pode reunir retalhos ou balas e guloseimas. O que importa é a brincadeira. Como no carnaval. 
Estrelas do céu enfeitam a vida das estrelas da terra. Amei …