Pular para o conteúdo principal

Arte serve pra gente se sentir gente

Arquitetando Ideias
Hoje foi um dia massacrante. Dedicado ao que chamo de burocracia da morte. No momento de maior sensibilidade de um ser humano, quando se perde alguém querido e se tem vontade de sumir do mundo, a vida te chama a cuidar de seguros, pecúlios, contas bancárias e para tudo há que autenticar, juntar papel, falar sobre quem foi. É como se ficasse remexendo em uma ferida a toda hora. E foi nesse sentimento que me permiti passear no centro da cidade. Primeiro vendo um exposição de Vik Muniz

Um trabalho instigante, uma ironia em forma de objetos que muitas vezes chocam mas fazem refletir. O que mais me impactou: uma mandala. Uma reinterpretação de formas biológicas, de pequenos espaços de nós que formam uma harmonia que fala de transcendência. Somos sim pequenos, somos efêmeros, mas ao mesmo tempo somos poesia e por isso mesmo eternos. 
Depois uma visita ao memorial do Érico Veríssimo. Érico é para mim quase um pai da leitura. Fez parte de minha adolescência, passeei por suas obras como se histórias minhas fossem. Esse prédio antigo na rua da Praia em Porto Alegre já abrigou uma Casa Cor e hoje resgata a memória de nosso grande autor.
Uma sala onde pode-se mergulhar em suas obras. Ouvir histórias infantis, ver as cidades que ele imaginou com tantos detalhes. Lembro que em suas memórias li que ele fazia mapas dos locais que criava, com tantos detalhes que eles criavam asas e se tornavam quase reais.

Um dos livros que mais me marcou. O Senhor Embaixador. Li e reli muitas e muitas vezes. E em todas me encantei com a história daqueles que tentam fazer novas histórias e acabam repetindo as velhas.
E obviamente me encantei com o lado gateiro do Érico.
arquitetando ideias
E no mesmo prédio o museu da eletricidade. Simbolismos ou sinais? A vida é feita de luz. Da luz que deixamos, da luz que dos que foram, da luz que mostra o caminho e nos ajuda a achar o rumo. 

Para que serve a arte. Para nos trazer de volta ao ser gente. Quando o mundo teima em nos despersonalizar e embrutecer, a arte nos traz ao encontro do significado real da vida: o sentir.
arquitetando ideias
Autor e fotos : Elenara Leitão 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de Foster + Partners foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia.

Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito.

Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado. 


A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convida ao…

Buhais Geology Park, inspiração em ouriços de 65 milhões de anos

O Buhais Geology Park é um local de magnífica importância pré-histórica e geológica, localizado nos Emirados Árabes Unidos. Há evidências científicas de que foi um mar cerca de 65 milhões de anos atrás. Para expor as coleções de fósseis marinhos e outros objetos relevantes da eras da Pedra, Bronze e Ferro, o escritório Hopkins Architects projetou cinco interessantes espaços circulares, interconectados e que servem para acomodar não apenas as áreas de exposição, mas também várias instalações para visitantes, entre elas um teatro e um café. 


Segundo o site dos arquitetos, a inspiração para a forma dos espaços de exposição foram os ouriços fossilizados. Para não causar muitos danos ao meio ambiente, as edificações "foram projetados como estruturas de concreto pré-fabricado e apenas tocam levemente o solo em discos de fundação de concreto armado in-situ."



As estruturas de concreto são revestidas com painéis de aço coloridos para se adequarem à paisagem. Estes painéis, que dão a ap…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…