MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Segunda pele renova antiga casa urbana - House with Big Window

Uma reforma muito interessante faz com que uma casa deteriorada do século XIX ganhe uma nova vida e com recursos que garantem eficiência energética.

Projeto dos arquitetos italianos Alessandro Armando e Manfredo Robilant a casa chamada de "House with Big Window" se localiza em Cambridge Massachusetts e foi renovada pelo uso de uma segunda pele, ou seja painéis translúcidos que permitem que a luz natural penetre, mas garantem o isolamento. E segundo eles com um custo acessível.
 

Casa antes da reforma
Acho muito interessante esse tipo de solução porque desde muito tenho a noção de que a sustentabilidade passa pelo reaproveitamento e readequação de nossas cidades e suas construções. Acho bem interessantes soluções pontuais como criar novos bairros, novas cidades e /ou novas construções com toda a tecnologia sustentável que dispomos. Mas não podemos descartar ou implodir o que já existe. Muito mais racional se conseguirmos reaproveitar e readequar, não é verdade?

Segundo o que pude pesquisar em alguns sites a solução nessa casa foi feita "através da fixação de novos painéis de isolamento para paredes e protegendo esta nova camada com um envelope externo, que é feito de painéis de plástico translúcido. O espaço entre os painéis isolantes e o envelope externo permite que o ar flua no verão. Novos painéis isolantes foram fixados sob o invólucro de plástico , de modo a criar uma capa hermética que protege a casa no inverno e a mantém fresca no verão". E é bem interessante que todos os painéis podem ser vistos e revelam toda a intervenção.

Internamente foram reaproveitadas a madeira de mogno e os ambientes expressam claridade e espaço amplo.



Fonte
Fotos
Saiba mais sobre o processo construtivo AQUI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros