Pular para o conteúdo principal

Calçadas urbanas - responsabilidade de todos

Uma cidade também é feita de obras relativamente pequenas, mas que causam um bem estar imenso aos habitantes. Uma dessas obras é manter calçadas seguras, livres de barreiras, com acessibilidade e sem armadilhas para pedestres. Semana passada tivemos aqui em Porto Alegre uma tragédia originada por uma calçada mal cuidada - idoso cai na calçada e morre atropelado por ônibus
Calçadas Urbanas
E se olharmos esses dois exemplos de calçadas vamos lembrar de alguns casos que vemos em nossas cidades. Elas não são incomuns.

Em 2005, três administrações municipais atrás, eu participei do Seminário Porto-Alegrense de Calçadas – Calçadas Seguras, Responsabilidade de Todos e na época foi feito o lançamento do projeto Calçada Nota 10. Posteriormente foi lançado o programa Minha Calçada, eu curto, eu cuido (inclusive com a mãozinha de curtir de uma conhecida rede social, numa tentativa de captar a simpatia das pessoas mais conectadas - eu creio). Este programa inclui a notificação dos proprietários para que regularizem suas calçadas, adequando-as às normas da cartilha elaborada pelo poder público. Meu edifício já passou por essa notificação um ano atrás, inclusive todos os 56 apartamentos receberam cartas de notificação da prefeitura. Tivemos que tirar barreiras como floreiras e providenciar a regularização do piso. Providências que achei bem oportunas.     
Fonte
Imagine o que é caminhar por uma calçada como essa....e tente imaginar se for uma pessoa cega, ou um cadeirante. Ou um idoso. Ou uma criança. Complicado não é mesmo?

Embora a gente saiba que os proprietários tem a obrigação de manter suas calçadas em ordem e o poder público a de fiscalizar se realmente as calçadas estão em condições, nem sempre isso funciona a contento. E por isso a vigilância da comunidade é importante e existem já várias maneiras de apontar problemas nas cidades

  • Olhem que bacana essa iniciativa chamada Curativos Urbanos.  Em locais onde encontramos barreiras, calçadas com problemas, buracos, colamos um grande curativo rosa. E ele não é difícil de fazer, no site tem um tutorial de como fazer os seus e colar na sua cidade. Aqui a página no face. Esta é uma atividade de chamar a atenção e pelo que entendo funciona se tiver um holofote, ou seja fotos em redes sociais, nos jornais, etc.

Curativo Urbano
  • Esse outro projeto chamado de Acessibility View pretende mapear as calçadas urbanas e fazer uma espécie de Google Maps dos cadeirantes. 
Fonte
  • Levantamento Panorama das Calçadas do Brasil feito pelo Mobilize. Segundo o site "as calçadas funcionam também como um "sensor" da qualidade de urbanização de uma cidade. Alguns pensadores afirmam que se pode medir o nível de civilização de um povo pela qualidade das calçadas de suas cidades. E há quem diga que as calçadas são melhor indicador de desenvolvimento humano do que o próprio IDH."  É um levantamento bem completo feito em varias cidades brasileiras e com uma completa lista de como fiscalizar e onde denunciar problemas em calçadas.  
  • Jornais também fazem sua parte. Um jornal de Porto Alegre colocou um espaço para que as pessoas possam denunciar problemas na cidade. Veja AQUI como. 
  • Mapas colaborativos de acessibilidade em Porto Alegre - AQUI
Ou seja, todos nós somos responsáveis pela qualidade de nossas cidades e do espaço que temos nelas. Mais que apenas reclamar e dizer que isso é coisa do Brasil como tantos fazem, sem no entanto agir, é muito mais eficiente usar das ferramentas existentes ou bolar outras e fazer acontecer. Colaborar é a palavra chave das sociedades civilizadas.
Exemplos de boas práticas e boas propostas existem. E o custo não é exorbitante. E o resultado é um retorno enorme em qualidade de vida das pessoas. Fica a dica.  
E se você tiver mais exemplos de colaborações que as pessoas possam fazer nas cidades, seja em forma de aplicativos, de sites, de cartilhas, compartilhe conosco nos comentários. E se tiver uma experiência conte para gente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de Foster + Partners foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia.

Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito.

Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado. 


A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convida ao…

Wave House, debruçada na encosta como ondas no mar

Por onde se olha só se vê "cachotinhos" na Arquitetura. Emoldurados com vários materiais, porta gigantesca, uma que outra mudança, mas na forma quase tudo igual. Cansa, né. Talvez por isso esse projeto todo personalizado tenha me chamado a atenção. É único. Não obedece muitas fórmulas, aproveita uma vista maravilhosa no Rio de Janeiro e se debruça sobre o mar como ondas, a sua inspiração. Projeto de Mareines Arquitetura e Patalano Arquitetura

Um terreno estreito e magnifico, um projeto que aproveita a vista e usa a complexidade da cobertura de vigas curvas de madeira laminada para proteção contra o sol. Pilares de aço galvanizado suportam as vigas. 


Os espaços internos se estendem por quatro pavimentos, belamente decorados e unidos por escadas e elevador, quase todos privilegiando a vista sobre o mar e garantindo a privacidade dos moradores.


Gosto das soluções arquitetônicas que realmente se debruçam sobre o programa, sobre o terrenos e os condicionantes e vai além da receita d…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.