Pular para o conteúdo principal

Casa de verão - feita para gente ser criança

Nossa primavera quente já faz uma previsão do que pode ser o verão. E verão quente lembra praia, lembra campo, lembra férias e pé no chão.

Eu vejo as casas que as pessoas estão fazendo no litoral que mais parecem reprodução luxuosa das casas da cidade e sempre me causa estranhamento. Não são casas onde se possa entrar molhado ou sujo de areia. Parecem aqueles vestidos engomados que se colocam nas crianças em festas delas e ficam dizendo: não se suje, não brinque, não seja criança...
Particularmente acho que casas de verão tem que ter aberturas. Portas e janelas que nos mantenham em contato com o lá fora. Quanto mais térreas melhor, já bastam os elevadores de todo dia e a falta de contato com a terra firme.

Devem se abrir ao mundo e nós com ela. Devem nos abrir ao mundo. Sacadas amplas, local de estar em contato com a rua, ver quem passa, receber e dar alô aos vizinhos...
Um quarto gostoso, bem claro, daqueles que a gente tem vontade de ficar e ler um bom livro sem hora de acabar. Um quarto que convide ao namoro, ao relax, ao se deixar ser.
Materiais rústicos, antiderrapantes de preferência, para que as crianças e nós possamos correr por dentro da casa. Ou apenas andar de pés no chão, livres das amarras dos sapatos.
E cor ! Muita cor para lembrar que é tempo de sol. Mesmo se a casa for com mais espaços e de maior luxo, que seja o luxo de usar aquela velha mesa da vovó repaginada. Se for a original melhor. E não esqueça dos revestimentos emborrachados para poder sentar molhado. Coisa mais chata é estar se cuidando nas casas onde fomos apenas relaxar.
 Se o bolso anda curto, uma casa pequeninha resolve bem. Afinal o abrigo é para a noite e olhe lá. A maior parte do tempo pode ser passada ao ar livre mesmo.
 Espaços para expandir a nossa criatividade são bem vindos. Um adesivo ou pintura de quadro negro podem fazer aquele poeta dentro de você aflorar.
Enfim, ambientes claros, com muita luz, com muitas aberturas, materiais resistentes à abrasão, antiderrapantes, com toques de aconchego, tecidos emborrachados, muito conforto e liberdade. O resto é ser criança novamente!
Fotos Pinterest - Summer house



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias para adiantar o Natal

Quando tinha uns dez anos (faz tempo...) fiz um trabalho escolar de arte e propaganda. Minha ideia foi um Papai Noel adiantado, que vinha pela metade do ano para aproveitar um xis produto que não lembro qual era. Meu pai, como todo pai babão, super me elogiou e nunca esqueci por isso. Nem lembro a nota que tirei na escola. Naquela época, década de 60, o Natal começava em dezembro. Meados de dezembro. Quando eu iria imaginar que estava sendo profética e que talvez, daqui uns tempos, o Natal nem passe. Emende com outras festas. Agora já convive o tal de ralouin que é em outubro.



Natal me lembra luz. Um paradoxo entre verão, calor e imagens de muita neve e comidas quentes. Me lembra canela, bolachinhas alemãs que minha mãe fazia e que eu podia cortar as massinhas e ajudar a confeitar. Árvore sendo montada e presépio

Separei dez ideias que achei bem bacanas de enfeites e árvores que podem ser montadas de forma simples e vem criativa.


1- Do blog da Renata Tomagnini achei estas charmosas dob…

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.