Pular para o conteúdo principal

Isonomia grega em almoço cultural

Aprendizado cultural com gastronomia. Fórmula super cheia de sucesso do Studio Clio que reúne em seus almoços temas super interessantes. Essa semana por exemplo, estive em um sobre Atenas e a cultura da isonomia.

A Grécia me tem, sem sombra de dúvida. Tenho com ela e sua história uma relação que vem desde a infância. E se, outras vidas existirem, algumas delas devo ter vivido por lá. Na Antiguidade Clássica, por suposto.

A isonomia grega tinha tudo a ver com a harmonia. O corte de excessos. O poder distribuído da maneira mais justa para as suas concepções da época. Não, não era a ideal. Muitos não participavam, muitos se locupletavam. Mas em qual época da história se chegou ao ideal? Se alguém souber me avise, eu ainda não descobri.   

ISO (Mesmo) + Nomia (Normas) - Mesmas normas/regras para todos. Um principio básico perseguido pelo ser humano em sua história civilizatória. Vimos até uma rudimentar forma de estabelecer um sorteio de cargos executivos, uma forma talvez interessante de escolha dos representantes nesse época de tantos questionamentos.

Atenas: cultura da isonomia Francisco Marshall


Neste almoço foram examinados os aspectos culturais relacionados ao regime político vivido em Atenas no século V a.C., entre eles a isonomia, também chamada democracia. Com repertórios de arte e arqueologia, apresentados pelo prof. Dr. Francisco Marshall e com gastronomia Mandarinier.

Cardápio
Entrada
Ensopado de grão de bico e pimentão ( dos DEUSES gregos, obviamente! Mas sou suspeita porque adoro grão de bico)

Principal
Filé suíno com ameixa, molho de aceto balsâmico e mel com purê de ervilhas (aqui o ponto crucial, não como suínos, então fiquei no purê e ameixas...)

Sobremesa
Torta de iogurte e pêssego (essa sobremesa era absolutamente divina!)


E regado a vinho Picada 15 Malbec (também maravilhoso)
E esse almoço ainda teve um significado especial. Um encontro com minha amiga super querida dos tempos de ginásio, a Lisete Goller. Nos conhecemos no Colégio Sévigné e eu senti por ela uma imensa afinidade. Quando me mudei para Brasília trocávamos longas cartas, cheias de criatividade. Ainda guardo comigo um livro que ela criou sobre as nossas histórias de colégio. E fomos nos reencontrar no Facebook. Como ela voltou de uma viagem pela Grécia e Turquia (querem ver os relatos de suas viagens? Leiam o super interessante As mil e uma viagens) aproveitamos para colocar as novidades em dia. 
E ainda ganhei esses mimos! Um sabonete de óleo de oliva, um maravilhoso doce grego (!), um caderno do Museu de Ankara com um maravilhoso marcador de livros e dois bibelôs de gatos, para minha coleção! Vai dizer que essa amiga não vale ouro??? 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

O que seria o tal conceito no projeto de arquitetura?

Uma das coisas mais importantes para que uma edificação possa ser considerada arquitetura é ter um conceito, uma proposta. E isso só é possível se existir um programa para AQUELE problema, AQUELE cliente, AQUELE terreno. É a partir desses condicionantes que o arquiteto pode gerar uma solução que seja a mais adequada possível. Elenara Leitão - arquitetura é mais que desenho.Tenho para mim que um dos maiores desafios da profissão arquitetura seja definir com consistência um conceito e segui-lo com coerência até o resultado final. 
Mas o que seria exatamente o conceito de um projeto arquitetônico?Há quem o defina como a ideia mestra que vai nortear as decisões projetuais. Aquela ideia que surge da reflexão sobre os condicionantes estudados para muitos. Ou um insight milagroso que surge da mente do projetista e que vai gerar formas ou padrões que tragam algum significado, para outros.

Podemos ver pelas frases de arquitetos muitas de suas ideias mestras que geraram os conceitos de seus proje…