Pular para o conteúdo principal

Biomimética - aprendendo com a natureza

Fonte
Bios (Vida) + Mimesis (imitação) deram origem à Biomimética , uma área da ciência que procura aprender com a natureza. Mas mais que imitação, ela procura aprender com a natureza. Um exemplo para a arquitetura é essa pesquisa onde a pele dos animais serve de fonte de inspiração para projetos de superfícies de edificações. 
Fonte
A natureza é pródiga em soluções, ela é um sucesso em termos de adaptabilidade e sobrevivência. (Pelo menos até agora ainda não conseguimos destruí-la). Ela tece seus caminhos por ciclos que se conectam formando uma grande rede que interage numa complexa harmonia. 

 A biomimética não consiste em propor formas de aproximação orgânica à arquitetura, ou de reinterpretar poeticamente a natureza: não se trata de desenvolver metáforas arquitetônicas da natureza. Não penso que os edifícios tenham que se assemelhar a plantas ou organismos biológicos mas sim acredito que podem funcionar como eles: podem mover-se, transferir ar e umidade, filtrar poluição, reorientar suas peles, modificar o calor e o frio, alertar aos ocupantes de mudar as condições sociais e meio-ambientais…etc.”.
Dennis Dollens

Aqui no Brasil temos como exemplo o trabalho de Marko Brajovic, um arquiteto croata que estudou em Veneza e Barcelona e mora aqui, tendo feito pesquisas na Amazônia (vide video abaixo). Ele desenvolve um trabalho bem fascinante em bambu, um material bastante versátil e de baixo impacto ambiental. É dele o projeto desse espaço de meditação. Aliás foi esse projeto que gerou esse post, instigação do colega Oscar Muller.
Espaço de meditação em bambu
Leia mais sobre Biomimética nos links abaixo:

Aliás o Oscar Muller nos brinda com as seguintes palavras sobre o video acima


"Neste vídeo do TEDxSudeste, Fred Gelli traça interessante paralelo entre nossas cidades e os bancos de corais. Assim como os humanos e as cidades, os peixes se concentram nestas áreas, usando toda a sorte de estratégias para a sobrevivência, e o desenho resultante nos dois casos tem uma similaridade impressionante. A biomimética resgata o valor do "modus operandi" holístico, econômico e cíclico próprio da natureza, que ainda não adotamos como imprescindível ao pensar na sobrevivência do bicho homem no planeta (em especial no planejamento dos nossos aglomerados urbanos), só posso arriscar que por força da inércia de um pensamento cartesiano, que há muito já sabemos ultrapassado. Ora, todos sabemos da falta de planejamento, e da perversa equação que leva a isto, que faz vítima as nossas cidades. No caso de Sampa ainda há o agravante do tamanho, e de uma situação tão caótica, que nossos legisladores e administradores estão sempre às voltas com emergências, são obrigados a correr atrás do prejuízo, e assim tem o foco sempre no passado, ao invés de trabalhar para o futuro. Mas mesmo quando acontece o acerto, mesmo quando este logra ser adotado pela sociedade, e mesmo até quando se fazem leis a suportá-lo, não há garantia de sucesso ou permanência, pois ao longo do tempo há a burla ou não aplicação da lei, os interesses escusos, a inércia do status quo, e inúmeros outros fatores competindo contra a mudança. No meu entender, para obter sucesso a longo prazo não basta encontrar a porta aberta do poder para incidir, nem uma administração disposta a realizar, é preciso fazê-lo de sorte a criar uma tendência que gere uma espiral positiva, cuja inércia garanta sua permanência. Ninguém melhor para nos ensinar como, que a mãe natureza: com ciclos holísticos e econômicos."   

Comentários

  1. Elenara,

    parabéns!

    Que post profissional! Dá uma visão breve, mas bem completa e acessível sobre o assunto.

    Tens certeza de que não és jornalista?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de Foster + Partners foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia.

Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito.

Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado. 


A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convida ao…

Buhais Geology Park, inspiração em ouriços de 65 milhões de anos

O Buhais Geology Park é um local de magnífica importância pré-histórica e geológica, localizado nos Emirados Árabes Unidos. Há evidências científicas de que foi um mar cerca de 65 milhões de anos atrás. Para expor as coleções de fósseis marinhos e outros objetos relevantes da eras da Pedra, Bronze e Ferro, o escritório Hopkins Architects projetou cinco interessantes espaços circulares, interconectados e que servem para acomodar não apenas as áreas de exposição, mas também várias instalações para visitantes, entre elas um teatro e um café. 


Segundo o site dos arquitetos, a inspiração para a forma dos espaços de exposição foram os ouriços fossilizados. Para não causar muitos danos ao meio ambiente, as edificações "foram projetados como estruturas de concreto pré-fabricado e apenas tocam levemente o solo em discos de fundação de concreto armado in-situ."



As estruturas de concreto são revestidas com painéis de aço coloridos para se adequarem à paisagem. Estes painéis, que dão a ap…

Wave House, debruçada na encosta como ondas no mar

Por onde se olha só se vê "cachotinhos" na Arquitetura. Emoldurados com vários materiais, porta gigantesca, uma que outra mudança, mas na forma quase tudo igual. Cansa, né. Talvez por isso esse projeto todo personalizado tenha me chamado a atenção. É único. Não obedece muitas fórmulas, aproveita uma vista maravilhosa no Rio de Janeiro e se debruça sobre o mar como ondas, a sua inspiração. Projeto de Mareines Arquitetura e Patalano Arquitetura

Um terreno estreito e magnifico, um projeto que aproveita a vista e usa a complexidade da cobertura de vigas curvas de madeira laminada para proteção contra o sol. Pilares de aço galvanizado suportam as vigas. 


Os espaços internos se estendem por quatro pavimentos, belamente decorados e unidos por escadas e elevador, quase todos privilegiando a vista sobre o mar e garantindo a privacidade dos moradores.


Gosto das soluções arquitetônicas que realmente se debruçam sobre o programa, sobre o terrenos e os condicionantes e vai além da receita d…