MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Casa - mais que abrigo

Casa é abrigo. Função primeira da Arquitetura. Serve para nos proteger do tempo, dos estranhos. É uma espécie de ninho onde nos sentimos pertencentes.

Tem vezes na história da humanidade, tristes tempos, em que casa vira ainda mais abrigo.  

Todos já devem ter ouvido falar da segunda guerra mundial e da perseguição que se fez a judeus, ciganos e minorias. Um desses relatos chegou até nós sob a forma de diário. O diário de uma adolescente. Anne Frank.


Anne Frank
Anne Frank, autora do diário em que contava os horrores da perseguição nazista contra os judeus, morre de tifo e inanição no dia 12 de março de 1945. Ela e a família foram enviadas a um campo de concentração nazista depois que seu esconderijo foi denunciado por um vizinho. Fonte

Fonte
Hoje em dia milhões de pessoas passam pela casa onde encontrou refúgio durante alguns anos. Não é um expoente de arquitetura, mas é um símbolo muito maior da luta, da liberdade, do nunca mais que grita nas gargantas de tantos que abominam guerras e perseguições.  







Casa de Anne Frank

Graças a uma porta secreta, Anne, sua família e alguns amigos conseguiram sobreviver um pouco a mais. Para nos contar a história. De sua família restou seu pai. Anne morreu em um dia 12 de março. Mas nos deixou seu relato e sua história.

E analisar as plantas, fotos e espaços de sua prisão nos mostra que prisão de verdade mora dentro de cada um de nós que deixa que morram seus sonhos.  
Fonte

Fonte

Fonte
Leia aqui uma parte dos diários de Anne Frank

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros