Pular para o conteúdo principal

Carlos Magno, cordel e escondidinho com linguiça

 
Carlos Magno
Vou aproveitar o mote de um desafio do instagram que estou fazendo esse mês, o fmsphotoday   e mostrar para vocês uma das coisas que me faço para me divertir. 

De vez em quando vou a uma atividade cultural no Studio Clio. É muito divertido, a gente aprende bastante, come e bebe bem e de quebra ainda acaba conhecendo gente bacana e interessante. Quer mais?

Esse último foi sobre  Carlos Magno.

" A figura de Carlos Magno, o “imperador da barba florida” projetou-se na memória do Ocidente. Modelo do rex cristianissimus, do líder cruzado e do santo guerreiro, foi lembrado em crônicas, anais, textos hagiográficos, canções de gesta e novelas de cavalaria. Do antigo Reino dos Francos à Península Ibérica, e de lá para o Brasil, a memória carolíngia foi alimentada por romancistas e cantadores, e suas façanhas são apreciadas e difundidas nas cavalhadas, na literatura de cordel e neste Banquete Clio, que será conduzido pelo medievalista prof. Dr. José Rivair Macedo"

Império de Carlos Magno
O assunto já parecia bem interessante, mas a palestra superou todas as expectativas. Eu já tinha lido bastante sobre Carlos Magno e sua importância na história mundial, mas nunca tinha me dado conta o quanto a sua memória tinha perdurado em forma de tradição oral, passada de boca a boca, e contada e vibrada como se fosse um folhetim atual para quem as ouvia. As canções e livros foram passando de pais a pais e pararam acá em terras ultramarinas. 

E comecei a lembrar de coisas que tinha vivido, ouvindo as palavras do professor Rivair. 

Cavalhada
Uma vez, quando tinha uns dez anos, fomos ao interior do Rio Grande do Sul, em uma cidade serrana, ver uma cavalhada. Esses embates entre mouros e cristãos que reproduzem as lutas dos cruzados, um dos aspectos da memória de Carlos Magno que foi lembrada na palestra. E por coincidência hoje no rádio escuto uma música muito conhecida dos gaúchos que fala da tradição da bombacha e me dou conta que ela fala dessas lutas também, para ressaltar a origem moura do traje típico gaúcho. Ouçam a música AQUI.

Livros do Acervo de Paulo de Oliveira Leitão
As canções de gesta e as histórias dos 12 pares de França acabaram por perpetuar a memória desse imperador, fazendo com que ele sobreviva e ganhe novos significados em tempos e locais que o personagem histórico jamais poderia imaginar. Eram uma das histórias prediletas de Antônio Conselheiro, de Canudos. E foram influenciar a formação dos revoltosos de Contestado. Vejam nesse artigo Carlos Magno e o Contestado.  

Essa revolta do Contestado é um acontecimento relativamente pouco falado para o público em geral. 

Aconteceu no início do século XX em Santa Catarina e foi marcado pelos chamados monges barbudos (dizia-se que existiam mais de um que apareciam sob o nome de José Maria) e pelo uso do avião no combate aos revoltosos. Esse assunto tem para mim um significado especial porque meu pai teve uma vez uma ideia de fazer um documentário sobre o assunto. E isso muito antes do filme do Silvio Back.  Em função disso temos aqui em casa uma boa literatura sobre o conflito.


Carlos Magno
E para terminar a brilhante palestra ouvimos uma canção do CD Carlos Magno em Cantoria e que não consegui achar em vídeo ou áudio para colocar aqui.    

Uma vez ouvi que uma pessoa só morre de verdade quando não é mais lembrada. Os heróis são de certa maneira imortais justo porque continuam a povoar nossas mentes, nossa história e nossas ações com seus feitos e mitos. Vejam um delicioso estudo feito sobre esse tema em uma turma de 6 série que resultou em desenhos e poemas sobre o Sistema Feudal Europeu e o Cordel 




Satisfeita a mente, passamos ao banquete. Uma mesa com oito pessoas, até aquele momento desconhecidas, mas que ao final da noite já eram velhas amigas, conversando, rindo e altamente satisfeitas.

Gastronomia de Leonardo Magni e Liliana Andriola.

Cardápio
Coquetel de boas-vindas

Coxinha da asa cozida lentamente no vinho tinto
Falafel recheado com vatapá
Escondidinho de mandioquinha com ragú de linguicinha italiana (uma palavra especial: esse acepipe era dos Deuses!!!!!) e por isso mereceu um realce no título, e nem deu tempo de fotografar...

Entrada
Moqueca medieval com pão de aveia e uvas passas
Bordeaux Blanc Bellevie Chateau Franc Couplet
Região: Bordeaux, França


Prato principal
Codorna braseada com molho de morcella, purê de ervilha e farofa de ervas e castanhas
Saint Emilion Chateau Bellegrave
Região: Bordeaux, França


Sobremesa
Cartola de figo com sorvete de rapadura
Espumante Ponto Nero Brut
Região: Serra Gaucha, Brasil



Studio Clio

E você? O que faz para se divertir? Conta aqui prá gente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa Kiah, um santuário sustentável forte e positivo com home office

Uma herança que a pandemia de 2020 nos lega é uma maior consciência com os nossos espaços residenciais. Fomos obrigados a conviver full time em nossas casas, as usando como local de trabalho e não apenas como dormitórios. Isso fez com que o olhar se tornasse muito agudo para as necessidades e as deficiências a corrigir. Não a toa o boom de reformas e mudanças daqueles que podem se dar a este luxo no período após muitos meses isolados. Eu mesma tenho escrito menos no blog e isso é consequência direta de toda a gama de emoções que afloraram neste período onde portas se fecham e janelas se abrem .  Por isso achei interessante como assunto de volta, trazer esta casa australiana que contempla exatamente essa necessidade de focar em espaços de qualidade em uma casa de campo. Um casal, seus três gatos e a vontade de um "santuário forte e positivo" que incluiu, na reforma da residência, um dormitório que fosse mais que um local de dormir e um espaço para trabalhar com conforto e aleg

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de  Foster + Partners  foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia. Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito. Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado.  A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convi

Calungas, a representação da escala nos desenhos

Fonte Embora as fotografias de Arquitetura raramente tenham seres humanos, as representações gráficas dos projetos as tem. As calungas. Este nome esquisito foi o que aprendi a nominar a representação humana nos desenhos, a tal da escala humana, que mostra de maneira mais clara como os espaços se conformam em proporção aos nossos corpos.  Fonte Hoje é muito comum que tenhamos blocos de seres humanos, animais e plantas em todos os programas gráficos. E há sites onde podemos buscar figuras das mais diversas etnias e movimentos para humanizar nossas plantas e perspectivas. Me lembrei das calungas ao falar com um colega arquiteto, bem mais jovem que eu, que me mostrou fotos de projetos da década de 80, com simpáticas figuras, simulando movimentos. E, para minha surpresa, ele nunca tinha ouvido falar do termo calunga. Como eu nunca tinha parado para pensar sobre isso, fui dar uma rápida pesquisada e achei que o termo tem origem africana  e talvez tenha vindo em função das b

Apartamento pequeno para jovem casal

Mescla de materiais e cores claras fazem deste pequeno apartamento, um ambiente muito agradável para um jovem casal. Projeto do estúdio  Art Ugol . Mesmo sendo um imóvel pequeno, o projeto consegue manter a privacidade com áreas de cozinha e estar bem resolvidas e que parecem amplas. A planta baixa nos mostra que existe uma pequena entrada com o banheiro e área de cozinha localizados a esquerda, onde se pode ver as áreas de colunas hidráulicas. Os arquitetos localizaram grandes armários na entrada, um deles servindo de divisória para um nicho onde, sobre um estrado com gavetões, colocaram o quarto. Na verdade a cama, que é escondida com uma grande cortina que confere privacidade ao ambiente. Para harmonizar com a área de estar, criaram um painel em madeira que serve como um grande rodapé divisor da parede, gerando dinamismo e ao mesmo tempo aconchego e iluminação. A cozinha é ampla com o uso de madeira e branco que são usados em todo o apartamento. Estes materiais são que