Pular para o conteúdo principal

Carlos Magno, cordel e escondidinho com linguiça

 
Carlos Magno
Vou aproveitar o mote de um desafio do instagram que estou fazendo esse mês, o fmsphotoday   e mostrar para vocês uma das coisas que me faço para me divertir. 

De vez em quando vou a uma atividade cultural no Studio Clio. É muito divertido, a gente aprende bastante, come e bebe bem e de quebra ainda acaba conhecendo gente bacana e interessante. Quer mais?

Esse último foi sobre  Carlos Magno.

" A figura de Carlos Magno, o “imperador da barba florida” projetou-se na memória do Ocidente. Modelo do rex cristianissimus, do líder cruzado e do santo guerreiro, foi lembrado em crônicas, anais, textos hagiográficos, canções de gesta e novelas de cavalaria. Do antigo Reino dos Francos à Península Ibérica, e de lá para o Brasil, a memória carolíngia foi alimentada por romancistas e cantadores, e suas façanhas são apreciadas e difundidas nas cavalhadas, na literatura de cordel e neste Banquete Clio, que será conduzido pelo medievalista prof. Dr. José Rivair Macedo"

Império de Carlos Magno
O assunto já parecia bem interessante, mas a palestra superou todas as expectativas. Eu já tinha lido bastante sobre Carlos Magno e sua importância na história mundial, mas nunca tinha me dado conta o quanto a sua memória tinha perdurado em forma de tradição oral, passada de boca a boca, e contada e vibrada como se fosse um folhetim atual para quem as ouvia. As canções e livros foram passando de pais a pais e pararam acá em terras ultramarinas. 

E comecei a lembrar de coisas que tinha vivido, ouvindo as palavras do professor Rivair. 

Cavalhada
Uma vez, quando tinha uns dez anos, fomos ao interior do Rio Grande do Sul, em uma cidade serrana, ver uma cavalhada. Esses embates entre mouros e cristãos que reproduzem as lutas dos cruzados, um dos aspectos da memória de Carlos Magno que foi lembrada na palestra. E por coincidência hoje no rádio escuto uma música muito conhecida dos gaúchos que fala da tradição da bombacha e me dou conta que ela fala dessas lutas também, para ressaltar a origem moura do traje típico gaúcho. Ouçam a música AQUI.

Livros do Acervo de Paulo de Oliveira Leitão
As canções de gesta e as histórias dos 12 pares de França acabaram por perpetuar a memória desse imperador, fazendo com que ele sobreviva e ganhe novos significados em tempos e locais que o personagem histórico jamais poderia imaginar. Eram uma das histórias prediletas de Antônio Conselheiro, de Canudos. E foram influenciar a formação dos revoltosos de Contestado. Vejam nesse artigo Carlos Magno e o Contestado.  

Essa revolta do Contestado é um acontecimento relativamente pouco falado para o público em geral. 

Aconteceu no início do século XX em Santa Catarina e foi marcado pelos chamados monges barbudos (dizia-se que existiam mais de um que apareciam sob o nome de José Maria) e pelo uso do avião no combate aos revoltosos. Esse assunto tem para mim um significado especial porque meu pai teve uma vez uma ideia de fazer um documentário sobre o assunto. E isso muito antes do filme do Silvio Back.  Em função disso temos aqui em casa uma boa literatura sobre o conflito.


Carlos Magno
E para terminar a brilhante palestra ouvimos uma canção do CD Carlos Magno em Cantoria e que não consegui achar em vídeo ou áudio para colocar aqui.    

Uma vez ouvi que uma pessoa só morre de verdade quando não é mais lembrada. Os heróis são de certa maneira imortais justo porque continuam a povoar nossas mentes, nossa história e nossas ações com seus feitos e mitos. Vejam um delicioso estudo feito sobre esse tema em uma turma de 6 série que resultou em desenhos e poemas sobre o Sistema Feudal Europeu e o Cordel 




Satisfeita a mente, passamos ao banquete. Uma mesa com oito pessoas, até aquele momento desconhecidas, mas que ao final da noite já eram velhas amigas, conversando, rindo e altamente satisfeitas.

Gastronomia de Leonardo Magni e Liliana Andriola.

Cardápio
Coquetel de boas-vindas

Coxinha da asa cozida lentamente no vinho tinto
Falafel recheado com vatapá
Escondidinho de mandioquinha com ragú de linguicinha italiana (uma palavra especial: esse acepipe era dos Deuses!!!!!) e por isso mereceu um realce no título, e nem deu tempo de fotografar...

Entrada
Moqueca medieval com pão de aveia e uvas passas
Bordeaux Blanc Bellevie Chateau Franc Couplet
Região: Bordeaux, França


Prato principal
Codorna braseada com molho de morcella, purê de ervilha e farofa de ervas e castanhas
Saint Emilion Chateau Bellegrave
Região: Bordeaux, França


Sobremesa
Cartola de figo com sorvete de rapadura
Espumante Ponto Nero Brut
Região: Serra Gaucha, Brasil



Studio Clio

E você? O que faz para se divertir? Conta aqui prá gente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maior ponte sustentável em madeira conecta pessoas na Holanda

A  província de Groningen, na Holanda é conhecida por ser a capital ocidental do ciclismo . Para unir as localidades de  Winschoten e Blauwestad foi construída a maior ponte sustentável em madeira da Europa, a  ponte Pieter Smit , com 800 metros de comprimento. Ela cruza águas, uma rodovia e uma zona ecológica e possibilita que pedestres e ciclistas as cruzem e acessem por três locais. A construção foi feita com madeira certificada, iluminada por lâmpadas led de baixo consumo. Além disso, houve a preocupação de plantar árvores para que ela não atrapalhasse a rota dos morcegos locais. Outros pássaros também foram lembrados com caixas (na parte de baixo da ponte) e paredes de areia para ninhos. Fonte   Imagens: Blauwestad Nos siga também nas redes sociais Twitter   Flipboard   Facebook   Instagram   Pinterest

John Lautner - um arquiteto que aliou beleza à funcionalidade

Walstrom House Gosto de pesquisar casas com um toque de aconchego e que possam servir de inspiração para futuras residências compartilhadas com amigos , e esta imagem me chamou a atenção no  pinterest . Pensamos em algo no estilo Tiny Houses , mas não descartamos ideias incríveis como as desta casa. Olhando o interior, me apaixonei e fui em busca de mais informações sobre ela e seu autor. Foi assim que descobri John Lautner .   Walstrom House - foto de Jon Buono Esta casa de madeira, batizada de Walstrom House, foi construída em 1969, em Santa Monica, na Califórnia. Seu arquiteto foi  John Lautner , um dos primeiros aprendizes de Frank Lloyd Wright, no primeiro grupo de Taliesin Fellows. Nascido em 1911, e sendo sua mãe, Catheleen Gallagher, desenhista de interiores e talentosa pintora, a teve como influência na sua opção pela arquitetura.  Sua carreira foi marcada por grandes aprendizados. Além do mestre FLW, também manteve parcerias com Samuel Reisbord, Whitney R. Smith e Douglas H

Bairro flutuante e sustentável na Holanda

Que tal morar em um bairro sustentável e sobre as águas? Já existe em Amsterdã, na Holanda, um bairro assim, criado pelos seus habitantes. Seu nome é  Schoonschip - o termo holandês para “navio limpo”. Um projeto ainda pequeno, 46 casas autossuficientes em 30 arcas flutuantes.  As residências são aquecidas por painéis solares e bombas de calor, possuem telhado verde e logo as águas residuais dos banheiros será aproveitada em energia. O escritório  Space & Matter  foi contratado para desenvolver o plano urbano para o bairro sobre as águas.  Desenvolveram um projeto comunitário de comunidade inteligente circular que resultou nas 30 arcas que ligam as casas ao bairro com todas as infraestruturas técnicas necessárias para o funcionamento da comunidade.  Os moradores fizeram as casas com os arquitetos de suas preferências.  Além do planejamento urbano, Schoonschip é também sustentável no aspecto social: seus moradores atuam em comunidade para melhorar e coordenar seu bairro. Compartilh

Errar é humano, não resolver é insano

Errei sim. Adoraria dizer que fui perfeita e eficiente a maior parte da minha vida. Mas não seria verdade. Procurei ser, o que me dá um certo crédito.  Mas sempre surgem aqueles momentos em que algo dá errado. Seja no projeto ou na obra.  No projeto, as causas mais frequentes, na minha experiência, são problemas na medição dos espaços e um briefing não muito completo. São etapas fundamentais para o bom andamento de qualquer projeto. Uma das maneiras que procuro agilizar, nas medidas, é buscar o maior número possível de informações sobre o espaço a ser medido. Muitas vezes garimpo fotos de venda e procuro, se não existe planta disponível, fazer uma planta baixa baseada nas fotos. Poucas vezes erro. Mas mesmo assim, ainda me passo nas medidas. São muitos detalhes que devem ser checados, é preciso organização e muitas fotos auxiliando a memória. A entrevista com cliente é outro ponto a ser observado. Muitas vezes quem paga não é o que decide. Observar e entender as dinâmicas das pessoas n