15 de set de 2012

Biblioteca chinesa que é pura poesia


Eu me encantei com essa biblioteca do atelier de 
Design Li Xiaodong. Ao invés de fazer um prédio dentro da vila, procurou um local no meio da natureza, onde a própria caminhada já fizesse parte da descoberta. Porque uma biblioteca é uma descoberta constante. Se me pedissem um local para ficar, sem poder sair, escolheria uma biblioteca e talvez uma bem próxima dessa aí, a LiYuan.

O material utilizado são galhos que a população usa para aquecer seus fogões e eles se enriqueceram no trabalho magistral do projeto, que fez da poesia e respeito do ambiente seu ponto mais alto.

Aliás faz parte da filosofia desse estúdio a busca por essa excelência, ao declarar que "Cada projeto é único e deve adicionar característica espiritual edificante do projeto para o ambiente construído. E o projeto deve refletir um equilíbrio global de qualidade estética, a ordem tectônica, detalhamento precisos com o programa."






Fonte: archdaily.com e Archdezart.com/Fotos : Li Xiaodong