MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Inspiração para espaços


Achei esse blog BlooddoChampagne com uma coleção de fotos muito instigantes. Em geral com objetos antigos e/ou reaproveitados. Me lembra muito aquela coisa da sustentabilidade afetiva que já falei por aqui antes. 

Tem uma mistura de garimpo com casa da vó da gente. Tem cheiro de coisa da infância e cara de aconchego.

Separei algumas fotos, independente da sua funcionalidade, que me encantaram os olhos. Um exemplo é a luminária acima. Eu gostei. Esteticamente. Mas acho que seria super trabalhosa de manter limpa e meio over em iluminação sobre a mesa até porque tem MUITA lampada ali. Por alto contei umas 27! Usar lampadas de 100W nem pensar! Mas que dá um efeito cênico bonito, isso dá.

Vai dizer que esse ambiente só encanta a mim ? Não é aconchegante com a sua mistura de texturas de madeiras e com o vermelho do sofá harmoniosamente mesclado ao espaço quase neutro. Esse quase é que dá todo o charme.
E falando em cor...Esse balcão de cozinha reaproveita peças e nem por isso tem um ar de coisa antiga. Ficou super cool com as cores ! E o rodapé está uma graça. E é prática com suas prateleiras abertas e utensílios bem a mão para a pessoa que vai cozinhar.
 Gostei demais desse escritório, onde a escada, mais que um elemento de passagem é parte integrante do mobiliário. Limpo, organizado, mas ao mesmo tempo não engessado.


E essa cabeceira feita de pequenas tiras de fotos ? Mais simples impossível e por isso mesmo genial. Mostra que pequenos toques bem pensados podem substituir grandes verbas e que todos podem ter seu canto cheio de magia e criatividade.

Fotos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros