MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Tendência de inovação na Construção Civil - Qualidade


O movimento mundial pela qualidade é outra das tendências marcantes de nossa época. Ele se caracteriza por várias etapas que incluem a inspeção, controle por meios estatísticos, gerenciamento de processos e a ampliação do conceito da empresa e seu papel na comunidade, inclusive quanto ao seu aspecto social e ecológico. A grande inovação é a centralização do foco na satisfação das necessidades e desejos do cliente. Mais do que nunca o cliente é rei.
fonte
No ocidente as normas ISO tem tido um crescimento e aceitação muito grande. Talvez a padronização dos procedimentos preconizadas nas normas sejam uma resposta mais objetiva e mais eficiente para o pensamento ocidental. As normas deveriam sofrer um constante e ágil aprimoramento para evitar o engessamento do modo de produção e gerenciamento e aprimorar sua capacidade de incorporar inovações. Outro risco talvez fosse o acomodamento e o esquecimento das noções de melhoria contínua por parte das empresas e funcionários. A questão das normas é muito polêmica, pois tanto podem induzir ao envelhecimento e acomodação de técnicas gerenciais como podem servir de propulsor para estruturação de empresas que necessitem de uma organização que as leve ao sucesso. O ideal seria que a adoção das normas ISO, mais que um argumento de marketing, fruto da exigência por parte dos clientes, passasse  a servir como base para um sistema de Qualidade Total. Outro fator que prejudica a implantação dos programas de qualidade é a própria natureza da construção civil que é uma indústria com menos possibilidade de flexibilidade e agilidade na sua linha de produção. Seu produto final é estático e o próprio cliente final não possui um grau de exigência muito grande.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros