Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2015/05/14

Entre livros se vive e se voa - ideias para estantes

Quando eu acho que a leitura digital vai começar a vencer o livro de papel, eis que a vida me mostra que não. Que ainda há muito espaço para novas leituras, para conhecer novos escritores e para me deliciar com novas leituras. 

Definitivamente livro  é presente diário em nossas vidas. Nem que seja em forma de figuras para colorir. Aliás, para pensar essa moda de precisar de algo tão simples para deixarmos nossa mente divagar, e de preferência, longe das tecnologias que tanto nos consomem a atenção.
Cada vez que me reúno com leitores, vemos que temos todos algumas características parecidas. Somos apaixonados por lançamentos. E somos igualmente apaixonados pelos sebos. Vá lá se saber como pensam esses loucos pelas palavras escritas.

Todos, ou quase todos, imaginamos o paraíso como uma grande biblioteca. Assim como já disse Borges. Todos acumulamos livros. Muitos e muitos livros! Há alguns que compram apartamentos para conseguir guardá-los. Há os que temam o destino de seus livros assim que eles mesmos não estiverem mais aqui. E infelizmente parece que a doação de bibliotecas não está sendo assim tão fácil. Ou não do jeito que os antigos donos gostariam. Os livros acabam sendo espalhados.

Talvez seja esse o melhor destino dos livros. Alçarem voo. Alcançarem mais e mais mentes. E não ficarem se empoeirando nas prateleiras e estantes.  
Enquanto nos equilibramos entre a difícil fronteira do guardar e doar, todos nós, os amantes de livros amamos ver ideias de como tê-los conosco. Como guardá-los em nossas casas. 

Sejam bibliotecas maiores, com acervos mais robustos, sejam poucos volumes, tê-los bem organizados em belas estantes faz nossos olhos e corações brilharem com mais prazer. Ora se faz!
Mesmo entre os mais descolados, que acreditam na reciclagem e na economia circular e que, pela lógica, deviam ser mais propensos às trocas, mesmo entre esses se encontram aqueles que não conseguem se desfazer tão facilmente de seus amados livros. E para eles sempre existe a solução dos paletes ou mesmo de estantes usando garrafas. Se bem que para estas últimas recomendo cuidar do peso....   
E os pequenos? Filhos de peixe, leitores serão. Pelo menos assim esperam seus pais e avós. Para eles existem várias ideias de cantinhos de leitura, e gostei especialmente deste em papelão. Em formato de casa, ele permite brincadeiras ao mesmo tempo que faz aquela gostosa armadilha do bem que acaba por fomentar o gosto de ler.

 Voar. Deixar a mente flutuar por mundos que crescem em nossas mentes. fazer aquela viagem para dentro das ideias, das palavras que brotam na mente e alma do escritor e que migram para a mente e alma do leitor, ganhando vida própria e novas interpretações. 

Este talvez o maior fascínio da leitura. Sim, entre livros se vive. E se voa!
Fonte das fotos - Pinterest Livros
 

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More