2 de mai de 2012

Parceria - chave do sucesso

Eu sempre costumo dizer que a chave de uma boa obra é a relação harmoniosa entre projetista - cliente - mão de obra e .... fornecedores. Vejam esse estudo que fala sobre isso.
A construção civil é um ambiente todo delicado. O projetista trabalha com sonhos e vende um artigo que vai ser realidade no futuro. A mão de obra é tida e havida como  não qualificada, embora um bom mestre de obras leve muitos anos para se formar. Os fornecedores gastam fortunas em marketing e muitos se esquecem do fundamental: o pós venda. E o cliente sofre o estresse de ter uma expectativa, passar por um período de gastos (muitos gastos) até chegar a receber pelo que pagou.
E por isso para nós profissionais, a formação de parcerias, boas parcerias, é uma das chaves do sucesso. Contar com uma mão de obra que te deixa na mão, seja por abandonar uma obra ou não comparecer na hora marcada, é uma das piores coisas que pode nos acontecer. Não podemos ficar na obra o tempo todo. Damos as ordens e confiamos que sejam realizadas. Fiscalizamos é obvio, mas precisamos contar com a palavra e ética das pessoas com quem trabalhamos. Sejam pedreiros, eletricistas ou lojas de materiais de construção. E aí reside a diferença nos orçamentos. Aquele mestre que parecia caro no inicio, mas que não faz retrabalhos, é assíduo e responsável acaba custando mais barato que o outro, que cobrou tão menos, mas abandonou a obra ao sentir que teria que refazer o que não fez certo.
O marceneiro que cobrou um x a mais talvez seja relembrado uns anos depois quando seus móveis estão ainda perfeitos, ao invés de cheios de defeitos.

Então, na Construção Civil, lembre-se dessa máxima: confiança é uma das chaves do sucesso.