Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2012/01/15

Arquitetando sabores ...risoto caprese

Essa semana fiz um curso com a Helen Longhi Wagner para aprender a fazer risotos. Eram duas técnicas e três sabores :


1)Tecnica " Speciale" - Risotto di Vino Rosso e Gorgonzola
2)Tecnica Classica - Risotto Caprese e Risotto di Albicocca, Brie e Parma (damascos, queijo brie e presunto crudo tipo Parma).

E o que isso tem a ver com Arquitetura ? Tudo !!! Primeiro que a anfitriã, tia da Helen, é arquiteta e foi minha colega de faculdade. Segundo que a Helen mora em Florença que respira Arte e terceiro que o ambiente do curso era maravilhoso, coroado com recordações de viagens, mapas da Itália com seus sabores...tutti bueno. Imaginem seis gurias, mais a Helen e o seu namorado, que é cantor. Enquanto ela cozinha e nos explicava as técnicas, ele tocava violão e cantava....E após a degustação, devidamente harmonizada com vinhos tintos e prosecco.

E olha no que fui me meter...Hoje, dia chuvoso, manso, sábado, fui para cozinha tentar fazer o Risoto Caprese.


Ingredientes:

Óleo para colocar um fio que tape o fundo da panela
Cebola picadinha para refogar até que saia o cheiro
Arroz arbóreo (próprio para risoto). Para nós quatro quatro coloquei uma caneca e meia e foi muito, mas para quem come bem, está de bom tamanho
Vinho branco seco (nada muito caro, né). Cobre um dedo o arroz
Brodo - caldo de legumes feito em casa (quer fazer pronto ? Faça, mas não é a mesma coisa). Diversos legumes usamos, água e sem sal. Use quente
Manteiga sem sal, uma colher de sopa, amolecida, vai uns 10 minutos depois de começar a ferver
Sal a gosto, vá provando e coloque menos que no final vai o queijo, tente imaginar o sabor pronto (viu como a arquitetura entra, tem que ter sentimento...)
E depois da manteiga, faltando uns três minutos para ficar pronto vai o...
Tomate cereja cortado em dois (reserve um pouco para colocar por cima depois de pronto)
Manjericão fresco (ahhh!!! olhem o meu da horta do nono andar!!!) cortado com as mãos
Fogo médio. Vá provando e sentindo. Eu gosto meio Al Dente, mas meu pessoal gosta bem cozido...
Depois de pronto, apague o forno e misture BEM FORTE queijo parmesão ralado (não de pacotinho, né) e mussarela de búfala em pedaços. E bom apetite !
Ficou igual ao da Helen ??? Ainda não que estou só começando e me passei na quantidade do brodo, podia ter colocado menos, mas ainda assim ficou maravilhoso ! O cheirinho do manjericão é dos DEUSES ! Segundo a minha mãe fez com que ela voltasse à infância.

E para não fugir demais aos assuntos do blog, que tal uma inspiração em cozinhas lindas ? 

FONTE

FONTE

FONTE

FONTE
   

Comentários
2 Comentários

2 Opiniões:

Não sei nada do fazer,mas sei apreciar;me apaixonei pelo pé de manjericão.

Eu não sou uma maravilha na cozinha.
Em compensação, adoro conhecer os mais variados ingredientes.

Adoro ver este programa:
http://www.cheftv.com.br/programacao/trish-cozinha-em-paris
Além da Trish cozinhar ela vai a feira,ao mercado...

Boa Tarde!

Beijinhos

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More