Biblioteca em madeira revitaliza aldeia destruída por terremoto

Um terremoto na província chinesa de Yunnan destrói casas e deixa espaços comunitários vazios. O arquiteto Olivier Ottevaere e o diretor de uma ONG John Lin unem esforços com alunos da Universidade de Hong Kong e, juntamente com os alunos e comunidade, projetam e constroem três projetos em madeira como uma forma de revitalizar o local. Um deles é uma biblioteca e centro comunitário, The Pinch que mostramos aqui.


As formas geométricas das treliças de madeira se unem em graciosas e fortes estruturas que abrigam espaços de convívio das pessoas da vila e ajudam a reconstruir suas vidas destruídas pelo terremoto. Os forros servem também de espaços de convívio e lazer, aproveitadas as inclinações do terreno onde se localizam. 

A produção de madeira local foi aproveitada no processo de construção das estruturas. Processos simples que resultaram em estruturas adequadas à cultura local e muito simbólicas da mudança e reconstrução da comunidade.  




Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais
Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Zerno, uma semente para o amanhã

Um dos efeitos da pandemia que assola o mundo no começo da segunda década do século XXI é um desejo de volta a uma vida mais em contato com ...