Pular para o conteúdo principal

Fotógrafos sobre a fotografia Olhe, pense e tire fotos como os mestres - indicação de livro


Gosto muito de Fotografia. Nunca me dediquei a ponto de dominar técnicas da arte fotográfica, sempre fui daquelas amadoras que gostam de registrar momentos. Em tempos de facilidades de captar imagens e da super exposição que vivemos hoje, o que difere um verdadeiro profissional da fotografia? Nada como tentar saber através das palavras de 50 grandes fotógrafos. É o que encontramos nessa viagem pelas ideias e visões de grandes mestres no livro de Henry Carroll chamado de Fotógrafos sobre a fotografia. 


São páginas muito bem elaboradas mesclando a experiência e os meios de como chegaram aos seus resultados e artes com fotos de sua produção.

É absolutamente fascinante como a visão de cada um vem traduzida em suas fotos. Em cada clique, seja de um instante marcante, seja de um fato aparentemente simplório, o olhar de quem empunha a câmera cristaliza um momento. E o eterniza. 


Lembro dos tempos em que a fotografia era algo mais distante da realidade imediata. Na década de 60, máquinas particulares eram muito raras. Só quem tinha condições de chamar (e pagar) um fotógrafo, podia deixar marcados seus momentos mais significativos. Depois passamos para as máquinas automáticas, mas mesmo assim a revelação de um filme levava muito tempo. Meses e até anos. Para a instantaneidade de hoje, levamos algumas décadas. Hoje registramos tudo, até demais. E pouco transformamos isso em registros mais perenes. A maioria de nossas recordações estão em smartphones e quando muito nas nuvens de armazenamento. 

Sempre lembro de que uma das coisas que as pessoas mais lamentaram perder no furacão Katrina foram seus álbuns de fotos. Como será daqui uns anos, será que teremos ainda locais físicos onde guardar recordações, nesses tempos em que as pessoas voltaram a relutar tirar fotos (vejam como os jovens mais descolados se retratam). 

A maioria de nós, no entanto, tira fotos compulsivamente. Poucos de nós dominamos não só as técnicas, mas a capacidade criativa de transformar um simples registro em algo verdadeiramente significativo.

O que nos difere? Nós, os leigos, dos profissionais talentosos?


Talvez a diferença possa ser percebida nas palavras dos mestres. Não, não são uma receita de bolo. São uma maneira de tentar entender como funcionam suas mentes ao clicar. O que lhes importa, o que ressaltam, quais as diferenças entre eles...

Um mundo absolutamente fascinante da criação. Uma viagem pelas fotos e seus conceitos. Em cada um um processo diferente. Em cada um uma trajetória diversa. Suas fotos revelam seus olhares.


"Uma imagem é um segredo sobre um segredo, quanto mais ela informa menos você a conhece." Arbus




Fotógrafos sobre a fotografia: Olhe, pense e tire fotos como os mestres

Henry Carroll


Você acha que conhece fotografia? Pense novamente. Por meio de uma cuidadosa seleção de citações, imagens e entrevistas, este livro revela o que os mestres consideram mais importante em seu trabalho. Com o texto instrutivo e perspicaz de Henry Carroll, autor do best-seller internacional Leia isto se quer tirar fotos incríveis, você descobrirá como os gigantes de cada gênero desenvolveram seus estilos visuais distintivos e as ideias que sustentam sua prática.
Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Interno I - escada como elemento formal destacado

A escada como elemento formal de ligação entre os dois andares desta reforma que o escritório do arquiteto italiano Alfredo Vanotti executou chama a atenção pela beleza e fluidez.Feita em ferro e pintada em branco ela não apenas é ponto focal, como serve de divisória para os espaços de estar e cozinha.
O espaço amplo servia de escritório e agora abriga área social no térreo e dormitório com banheiro no piso superior. Tudo isso em um estilo enxuto e ao mesmo tempo aconchegante.Coerente com a proposta do arquiteto de que a sua arquitetura deve falar por si mesma.
Nos siga também nas redes sociais
TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest