Pular para o conteúdo principal

Blocos de concreto na arquitetura: economia e bom gosto




Embora muita gente ainda tenha preconceito com este tipo de material, os blocos de concreto vêm sendo cada vez mais utilizados em projetos de arquitetura, decoração, paisagismo e design de interiores.

Seu uso já é bastante difundido principalmente fora do país: é comum vê-los sem reboco nem pintura compondo a fachada ou as paredes de diversos prédios (principalmente de grande porte).

Em alguns casos, eles também são utilizados como suporte estrutural de edificações, substituindo pilares e vigas de concreto.

Um dos mais emblemáticos projetos com blocos de concreto é o de uma casa assinada em 1955 pelo arquiteto americano Frank Lloyd. Ela foi construída apenas com este material, sem necessidade de assentamento com argamassa.

O resultado é incrível. Mostra que é possível amenizar o aspecto bruto dos blocos, mantendo o bom gosto e a elegância e conferindo um ar moderno à construção.

No Brasil, muitos arquitetos também aderiram à tendência. Em 2016, uma pequena moradia em São Paulo, que havia sido reformada com blocos de concreto em estilo industrial, foi eleita uma das melhores construções do mundo pelo prêmio Building of the Year. 



Mas você deve estar se perguntando o que levou esse material a se tornar o queridinho da vez.

A verdade é que, para além da aparência contemporânea e arrojada, os blocos de concreto ganham muitos pontos em praticidade, economia e sustentabilidade quando comparados a outros materiais.

Algumas das suas características explicam o porquê:

  • Por terem faces planas e furadas, os blocos exigem menos aplicação de argamassa, e também podem receber placas cerâmicas diretamente sobre sua superfície, quando bem assentados. Assim, reduzindo a quantidade de argamassa, tinta e mão de obra, a construção sai mais barata.
  • São materiais extremamente resistentes, reduzindo as chances de prejuízos no transporte e perdas no canteiro de obras.
  • Podem ser muito bem reaproveitados a partir de sobras de antigas obras ou do canteiro do vizinho, o que contribui para o meio ambiente (e para o seu bolso).
  • Os blocos do tipo vazado são ótimos para receber instalações elétricas, evitando cortes e desperdício de material.

A desvantagem é que uma unidade de bloco de concreto costuma ser mais cara que a de tijolo comum, mas certamente o investimento compensa a longo prazo.


E aí, ficou com vontade de utilizar esse elemento para dar um up na arquitetura da sua casa? Opções são o que não faltam!

Nossa dica é começar com projetos mais simples, como uma estante de blocos furados, divisória de ambientes, adega de vinhos ou até mesmo uma linda parede verde, com plantas entremeadas.

Se gostar do visual, vale ampliar para outros ambientes, repaginando uma peça inteira da sua casa com blocos de concreto branco aparentes, por exemplo. Sua imaginação é o limite.

Mas antes de botar a mão na massa, fique atento e veja aqui como calcular quantos blocos por metro quadrado são necessários para construir uma parede. Assim você garante que saia tudo nos conformes!

Gostou do artigo? Aproveite e veja também 13 ideias de estantes vazadas e seus enfeites! 

  • Este artigo é uma parceria com a Mavens of London
Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias para adiantar o Natal

Quando tinha uns dez anos (faz tempo...) fiz um trabalho escolar de arte e propaganda. Minha ideia foi um Papai Noel adiantado, que vinha pela metade do ano para aproveitar um xis produto que não lembro qual era. Meu pai, como todo pai babão, super me elogiou e nunca esqueci por isso. Nem lembro a nota que tirei na escola. Naquela época, década de 60, o Natal começava em dezembro. Meados de dezembro. Quando eu iria imaginar que estava sendo profética e que talvez, daqui uns tempos, o Natal nem passe. Emende com outras festas. Agora já convive o tal de ralouin que é em outubro.



Natal me lembra luz. Um paradoxo entre verão, calor e imagens de muita neve e comidas quentes. Me lembra canela, bolachinhas alemãs que minha mãe fazia e que eu podia cortar as massinhas e ajudar a confeitar. Árvore sendo montada e presépio

Separei dez ideias que achei bem bacanas de enfeites e árvores que podem ser montadas de forma simples e vem criativa.


1- Do blog da Renata Tomagnini achei estas charmosas dob…

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…